Fotoxidação de oleos de soja e de milho acondicionados em embalagens plasticas

Orientador: Jose de Assis Fonseca Faria

Access type:openAccess
Publication Date:1995
Main Author: Espinoza-Atencia, Eli
Advisor: Faria, José de Assis Fonseca, 1950-
Referee: Moraes, Iracema de Oliveira, Gonçalves, Lireny Guaraldo, Menezes, Hilary Castle de, Quijano, Jose Anibal Trujillo, Esteves, Walter, Rusing, Olavo
Document type: Doctoral thesis
Language:por
Published: [s.n.]
Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia de Alimentos
Program: Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos
Portuguese subjects:
Online Access:http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254551
Citation:ESPINOZA-ATENCIA, Eli. Fotoxidação de oleos de soja e de milho acondicionados em embalagens plasticas. 1995. 153f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/254551>. Acesso em: 20 jul. 2018.
Portuguese abstract:Resumo: Objetivou-se nesta pesquisa estudar e avaliar a influência fotoquímica de fontes de luz fluorescente e ultravioleta analisando o grau de oxidação de óleos de soja e milho em função da intensidade da energia luminosa incidente e do tempo de exposição utilizando-se filtros ópticos "cut on" e de densidade neutra. A avaliação da ação fotoquímica foi realizada numa câmara isotérmica a 30ºC. O efeito de absorvedor de W foi estudado utilizando materiais de embalagem feitos com polietileno tereftalato (PET) com e sem benzotriazóis. Estudou-se a estabilidade do óleo de soja e de milho acondicionados nas embalagens sob três condições de iluminação: 1700, 700 e 400 lux, durante 10 meses mediante análises físicas, químicas e sensoriais. Os comprimentos de onda < 455 nm aumentaram a velocidade de oxidação dos óleos de soja e milho. Observou-se duas faixas distintas de comprimentos de onda, uma com maior efeito fotoquímico entre 299-400 nm e outra com menor efeito entre 455-645 nm. Os filtros de densidade neutra equivalente a 1,5 e 2,0, reduziram a velocidade de oxidação a níveis muito baixos, comparados às amostras mantidas no escuro. Verificou-se que a foto-oxidação do óleo com valores de peróxido iniciais mais altos,. é mais intensa e independente da capacidade protetora da embalagem. As embalagens de policloreto de vinila CPVC) que proporcionaram melhor proteção ao óleo de soja. em relação à luz. em ordem decrescente. foram: transparente com cobertura de alumínio> amarela> vermelha> verde. A adição do absorvedor de W (benzotriazol) em embalagens de PET no nível máximo permitido (0,6%), não aumentou significaivamente (p< 0.06) a estabilidade do óleo exposto à luz fluorescente. Conclui-se que é necessário proteger os óleos comestíveis contra a ação da radiação W e da luz visível entre 400-550 nm. A vida útil do óleo de soja acondicionado em embalagens de PVC e PET. sob a iluminação de 1700. 700 e 400 luxo foi de 128. 165 e 205 dias para embalagens de PVC e de 140. 180 e 222 dias para embalagens de PET. Para o óleo de milho foi de 219. 275 e 310 dias par a embalagens de PVC e de 241. a97 e 343 dias para embalagens de PET, respectivamente.
English abstract:Abstract: The main objetive of this research was to study the photochemical influence of different light sources through the analysis of the oxidation of soybean and corn oils as a function of the intensity of the incident luminous energy time of exposure, transmission curves and other parameters related to packaging materials. Optical filters (cut on) and filters of neutral density used. The evaluation of the photochemical effects on the oils was done at 30ºC. The effect of a UV absorber (benzotriazole) when added to the polyethylene terephthalate (PET) resin was also studied. The photo-oxidation of soybean and corn oils stored under were illumination at 1700, 700 and 400 lux for 10 months was evaluated using physical chemical and sensory analyses. The photo oxidative effect per unit of radiant energy was calculated and its value correlated to the wavelength. By determining the transmission curves of the oils, it was observed that the light energy was absorbed in the band of short wavelength. The oxidation rate decreased with increasing the wavelength of the light source. The influence of the wavelength as controlled by the different types of filters on the photo-oxidation was similar for both oils. The decrease in light intensity by the use of neutral density filters caused, an exponential decrease in the oxidation rate of the oils. The addition of a UV absorber to the poliester resin did not produce a significant increase (p < 0.05) in the stability of the oils. By using the sensory data. The shelf life of the oils in the PET botlles was calculated from exponential equations, as a function of light intensity (lux). It can be concluded that the photo-oxidation of vegetable oil is a complex subject. The effect of light on the rate of oxidation can be minimized considerably by using adequate types of packaging in terms of light and oxygen barrier.