Realismo ofensivo na guerra do Paraguai: uma abordagem teórica sobre o maior conflito armado da história da América Latina

Análise, sob a ótica do Realismo Ofensivo, do maior embate bélico da história da América Latina: a Guerra do Paraguai. Pesquisadas as relações de poder existentes entre os estados da região platina no período que antecedeu a guerra, bem como sua importância para a deflagração do conflito. Através da...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Aguiar, Estevam Rodrigues
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
Online Access:https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/9773
Citation:AGUIAR, Estevam Rodrigues. Realismo ofensivo na guerra do Paraguai: uma abordagem teórica sobre o maior conflito armado da história da América latina. 2008. 88 f. Monografia (Graduação) - Faculdade de Ciências Sociais e Jurídicas, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2008.
Portuguese abstract:Análise, sob a ótica do Realismo Ofensivo, do maior embate bélico da história da América Latina: a Guerra do Paraguai. Pesquisadas as relações de poder existentes entre os estados da região platina no período que antecedeu a guerra, bem como sua importância para a deflagração do conflito. Através da incursão histórica e do levantamento de dados provenientes dos países participantes da guerra, foram comprovadas benefícios e limitações de uma abordagem teórica sobre um conflito histórico. As premissas da vertente ofensiva da teoria Realista foram aplicadas sobre o panorama sistêmico que regia as relações entre os países na época da guerra. Verificada a participação de atores externos e como se configurava a balança de poder no período anterior e durante a consecução do embate. A visão realista ofensiva foi utilizada como ferramenta para se entender o que levou os estados do Prata a recorrerem ao uso da força para a solução de suas controvérsias.