Desvendando os sentidos de estamira: uma análise linguística e sociocultural

O presente trabalho tem como objetivo compreender os sentidos do documentário Estamira, de Marcos Prado, considerando os aspectos linguísticos, sociais e culturais subjacentes à linguagem. Diagnosticada com esquizofrenia, distúrbio caracterizado sobretudo por uma fala incoerente, Estamira oscila ent...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Nito, Marina
Advisor: Lustosa, Solange de Carvalho
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
Online Access:https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/11969
Citation:NITO, Marina. Desvendando os sentidos de estamira: uma análise linguística e sociocultural. 20 f. 2017. Monografia (Especialização em Revisão de Texto) – Instituto CEUB de Pesquisa e Desenvolvimento, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2017.
Portuguese abstract:O presente trabalho tem como objetivo compreender os sentidos do documentário Estamira, de Marcos Prado, considerando os aspectos linguísticos, sociais e culturais subjacentes à linguagem. Diagnosticada com esquizofrenia, distúrbio caracterizado sobretudo por uma fala incoerente, Estamira oscila entre uma fala delirante e um discurso crítico sobre a sociedade. Sendo o filme construído principalmente a partir dessas falas, a pesquisa busca explorar como se dá o processo de construção de sentidos nesse texto. Em um primeiro momento, o trabalho se fundamenta em teorias da Linguística, de autores como Marcuschi, Lustosa e Hasan, para a compreensão do gênero textual filme-documentário. Em seguida, a pesquisa recorre aos Estudos Culturais, com base principalmente nas contribuições de Woodward, a fim de analisar conceitos socioculturais relevantes para o processo de representação e comunicação, como identidade, diferença e sujeito. A partir dessas concepções, é possível compreender como a linguagem se vincula às relações de poder em uma sociedade, servindo, muitas vezes, para a exclusão e a estigmatização do outro. Além disso, a pesquisa demonstra a importância do aspecto macroestrutural no contexto de análise de um texto e no processo de construção de sentidos.