Avaliação do impacto microbiológico por Campylobacter spp. no baixo curso do rio São João, Rio de Janeiro, Brasil

A campilobacteriose, apesar de pouco estudada, pode representar um problema de Saúde Pública em nosso País, tendo em vista as precárias condições sanitárias de boa parte da população. Entretanto, sua aquisição, manutenção e transmissão no Brasil só poderão ser estimadas e valorizadas a partir de inv...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Esteves, Wagner Thadeu Cardoso
Advisor: Ferreira, Aldo Pacheco, Siciliano, Salvatore
Document type: Master thesis
Language:por
Online Access:https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/2406
Citation:Rio de Janeiro s.n 2009 87p
Portuguese abstract:A campilobacteriose, apesar de pouco estudada, pode representar um problema de Saúde Pública em nosso País, tendo em vista as precárias condições sanitárias de boa parte da população. Entretanto, sua aquisição, manutenção e transmissão no Brasil só poderão ser estimadas e valorizadas a partir de investigações criteriosas, incluindo não só as pesquisas zoonóticas em humanos e animais, mas também relacionadas ao ambiente. Durante o período de agosto de 2007 a dezembro de 2008 investigou-se, a presença de Campylobacter spp. como potencial indicador microbiológico de contaminação em amostras de água do baixo curso do rio São João RJ. O sítio de estudo, localizado na Região dos Lagos, serve como modelo de regiões que apresentam importantes atividades turísticas e econômicas, possuindo grande afluxo populacional, que promove desequilíbrios e impactos ao ecossistema. O trabalho incluiu também a pesquisa deste microrganismo na água de abastecimento da população local, poços, e fezes de voluntários, tendo sido isolados 28 representantes deste gênero. No processo de isolamento e identificação realizou-se a metodologia clássica fenotipica seguida da análise genotípica onde foram caracterizadas as seguintes espécies: C. jejuni (50 por cento), C. coli (21,43 por cento) e Campylobacter sp. (28,57 por cento). O alto índice de isolamento deCampylobacter no rio São João, (em todos os pontos de coleta) indica acontaminação por essas bactérias e sua possível manutenção natural no ambiente. Todavia sua total ausência na água distribuída pela rede pública sugere efetividade no processo de tratamento, já que a água é retirada da lagoa de Juturnaíba, um dos pontos que apresentou maior percentual de positividade para este gênero dentro do nosso estudo. O estabelecimento no futuro de um manejo mais adequado para esse manancial representará a melhoria da qualidade de vida da população do entorno, diretamente exposta, proporcionando também a redução dos problemas de saúde pública decorrentes do uso de água contaminada.
English abstract:The campylobacteriosis, although little studied, may represent a public health problem in our country, given the precarious health conditions of much of the population. However, its acquisition, maintenance and transmission in Brazil can only be estimated and valued from research on, including not only the research zoonoses in humans and animals, but also related to the environment. During the period August 2007 to December 2008 it was investigated, the presence of Campylobacter spp. as a potential indicator of microbiolocal contamination in water samples in the lower course of the São João river - RJ. The site of study at Lake´s Region, serves as a model for regions that have major economic and tourist activities, with major population influx, which promotes imbalances and impacts on ecosystems. The work also included a search of this microorganism in the water supply of the local population, wells, and feces of volunteers, 28 isolates were representatives of this genus. In the process of isolation and identification was held on classic phenotypic methods followed by genetic analysis which were characterized the species: C. jejuni (50%), C. coli (21.43%) and Campylobacter sp. (28.57%). The high rate of isolation of Campylobacter in the river São João, (in all the collection points) indicates that contamination by these bacteria and their possible retention in the natural environment. However its total absence in the water distributed by public, suggests efficacy in the treatment process, due to the fact that water is removed from the lagoon of Juturnaíba, a point which had a higher percentage of positivity for this genus within our study. The future establishment of a more appropriate management for this source will improve the quality of life of the surrounding area, directly exposed, providing also the reduction of public health problems arising from the use of contaminated water.