Acidentes de trabalho em plataformas de petróleo da Bacia de Campos, Rio de Janeiro, Brasil

Nas plataformas de petróleo, sistemas complexos em termos de tecnologia e organização do trabalho, as condições de trabalho são perigosas, resultando em acidentes de trabalho e, por vezes, em verdadeiras catástrofes. Este artigo resulta da investigação de acidentes de trabalho nas plataformas de pet...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2001
Main Author: Freitas, Carlos Machado de
Other Authors: Souza, Carlos Augusto Vaz de, Machado, Jorge Mesquita Huet, Porto, Marcelo Firpo de Souza
Document type: Article
Language:por
Published: Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca
Online Access:https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/33132
Citation:FREITAS, Carlos Machado de et al. Acidentes de trabalho em plataformas de petróleo da Bacia de Campos, Rio de Janeiro, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 17, n. 1, p. 1-14, 2001.
Portuguese abstract:Nas plataformas de petróleo, sistemas complexos em termos de tecnologia e organização do trabalho, as condições de trabalho são perigosas, resultando em acidentes de trabalho e, por vezes, em verdadeiras catástrofes. Este artigo resulta da investigação de acidentes de trabalho nas plataformas de petróleo da Bacia de Campos, no Estado do Rio de Janeiro. Teve como objetivo inicial fornecer subsídios para que representantes dos trabalhadores e instituições públicas pudessem ter elementos técnicos para aprofundar no futuro as investigações e desenvolverem estratégias de controle e prevenção de acidentes. A metodologia de investigação procurou ampliar a análise para além das causas imediatas dos acidentes, visando caracterizar falhas subjacentes de natureza organizacional e gerencial, ou mesmo condicionantes macroestruturais. Os resultados apontam tanto para o agravamento das condições de segurança, como para a necessidade imediata de os órgãos públicos envolvidos na vigilância em saúde do trabalhador e das empresas de exploração do petróleo mudarem suas técnicas de investigação de acidentes de modo a permitir estratégias de controle e prevenção mais amplas no seu escopo e impacto.
English abstract:The offshore oil industry is characterized by complex systems in relation to technology and organization of work. Working conditions are hazardous, resulting in accidents and even occasional full-scale catastrophes. This article is the result of a study on work-related accidents in the offshore platforms in the Campos Basin, Rio de Janeiro State. The primary objective was to provide technical back-up for both workers’ representative organizations and public authorities. As a methodology, we attempt to go beyond the immediate causes of accidents and emphasize underlying causes related to organizational and managerial aspects. The sources were used in such a way as to permit classification in relation to the type of incident, technological system, operation, and immediate and underlying causes. The results show the aggravation of safety conditions and the immediate need for public authorities and the offshore oil industry in Brazil to change the methods used to investigate accidents in order to identify the main causes in the organizational and managerial structure of companies.