As trincheiras, as vazantes, as correntes... segredos que ningu?m ensina: a constru??o do perfil psicol?gico feminino no drama de Chico Buarque de Holanda

A tese aborda a quest?o do feminino em duas pe?as dram?ticas de Chico Buarque de Hollanda, Calabar: o elogio da trai??o (1973) e Gota d ?gua (1975), sob os postulados da teoria cr?tica de Carl Gustav Jung e de te?ricos p?s-junguianos, mediante os conceitos de inconsciente coletivo e dos arqu?tipos d...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Ortolan, Leandro Henrique lattes
Advisor: Moreira, Alice Therezinha Campos lattes
Document type: Doctoral thesis
Language:por
Published: Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul
Program: Programa de P?s-Gradua??o em Letras
Department: Faculdade de Letras
Portuguese subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1997
Citation:ORTOLAN, Leandro Henrique. As trincheiras, as vazantes, as correntes... segredos que ningu?m ensina: a constru??o do perfil psicol?gico feminino no drama de Chico Buarque de Holanda. 2011. 267 f. Tese (Doutorado em Letras) - Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
Portuguese abstract:A tese aborda a quest?o do feminino em duas pe?as dram?ticas de Chico Buarque de Hollanda, Calabar: o elogio da trai??o (1973) e Gota d ?gua (1975), sob os postulados da teoria cr?tica de Carl Gustav Jung e de te?ricos p?s-junguianos, mediante os conceitos de inconsciente coletivo e dos arqu?tipos do animus e da anima nele inseridos. A an?lise do g?nero no drama de Chico Buarque ? desenvolvida a partir do pressuposto de que a constitui??o ps?quica da mulher ? formada tamb?m por uma contraparte masculina animus -, que possibilita a ela, atrav?s dessa sua ―virilidade‖, um melhor desenvolvimento (ou n?o) de sua personalidade total. Analogamente, o var?o tamb?m possui em sua psique uma contraparte feminina anima -, que lhe possibilita uma melhor aproxima??o (ou n?o) com seu outro lado mais sens?vel e receptivo. Nesse sentido, ver-se-? de que maneira esses dois arqu?tipos se manifestam respectivamente em personagens femininas principalmente B?rbara, da pe?a Calabar e Joana, da pe?a Gota d ?gua e tamb?m em personagens masculinas, j? que ambos, mulher e homem, est?o intimamente ligados.