Influência do alto nível socioeconômico na prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares

Educação Física

Access type:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Costa, Anderson Carvalho
Other Authors: França, Valmir Souza
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
Online Access:http://repositorio.ucb.br:8080/jspui/handle/10869/4828
Citation:COSTA, Anderson de Carvalho da; FRANCA, Valmir Souza de. Influência do alto nível socioeconômico na prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares. 2014. 21f. Monografia (Graduação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2014.
Portuguese abstract:O exemplo familiar de má alimentação, e os novos meios de lazer caracterizados por sedentarismo são fatores que influenciam na prevalência de sobrepeso e obesidade em idades cada vez mais precoce. Esses e outros fatores, geralmente, têm influência do nível socioeconômico do indivíduo. Desse modo, o objetivo do presente estudo foi avaliar a influência do alto nível socioeconômico na prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares. Por meio de uma revisão da literatura nacional, incluiu-se 24 estudos disponíveis nas bases de dados: pubmed, Scielo e Liliacs. Assim, constatou-se que há uma grande influência do alto nível socioeconômico na prevalência de sobrepeso e obesidade, em vista que, apesar de, na maioria das vezes, essa classe ser, em tese, mais esclarecida, ela apresenta um maior acesso as tecnologias como jogos eletrônicos e comodismos em detrimento da atividade física, e ainda possui uma alimentação caracterizada por fastfoods e comidas industrializadas, contribuindo para o excesso de peso. A atuação na escola do professor de Educação Física na conscientização dos problemas causados pela má alimentação e os benefícios da prática de atividade física, bem como o modo de trabalho para a motivação e gosto pela atividade física podem ser ferramentas eficientes na prevenção e até mesmo remediação do excesso de peso e suas doenças associadas.