Os desenhos animados de Walt Disney como fontes para o ensino de história

Objetiva-se verificar como os alunos interpretam os desenhos de Walt Disney criados entre 1942-1944 que tratam da Segunda Guerra Mundial. Os desenhos utilizados são: Der Fuehrer’s Face, Education for Death e Commando Duck. Os alunos participantes da pesquisa estudam na escola estadual Dr. Lourenço d...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Priscila Estevo de Oliveira
Advisor: Márcia Elisa Teté Ramos .
Referee: Éder Cristiano de Souza, Marlene Rosa Cainelli
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Estadual de Londrina. Centro de Letras e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História Social.
Online Access:http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000210770
Portuguese abstract:Objetiva-se verificar como os alunos interpretam os desenhos de Walt Disney criados entre 1942-1944 que tratam da Segunda Guerra Mundial. Os desenhos utilizados são: Der Fuehrer’s Face, Education for Death e Commando Duck. Os alunos participantes da pesquisa estudam na escola estadual Dr. Lourenço de Almeida Senne na cidade de Marília - SP, e integram três turmas de oitavas séries (hoje a nomenclatura seria “nono ano”) do período matutino. O fundamento da pesquisa é partir da ideia de que para que ocorra um ensino e aprendizado histórico de qualidade é necessário apreender como os alunos pensam a história (BARCA, 2005; 2008), bem como que o chamado “adolescente” precisa ser visto sem preconceitos, como sujeito sócio histórico e protagonista de seu conhecimento (PAIS, 2003; 2009) e a cultura midiática em seu movimento tensional tanto de influência como de reelaboração (MARTÍN-BARBERO, 2001, 2002; 2009). Considera-se o conhecimento prévio do estudante para saber o que pensam sobre estes materiais midiáticos, se como fontes de verdade ou fontes históricas. Acredita-se que esta temática é importante, na medida em que a construção do conhecimento histórico implica no trabalho com as fontes históricas, ou seja, como entendimento de que qualquer fonte histórica deve ser vista em seu contexto de produção, interpretação sobre dado fenômeno histórico e pretensões. Busca-se pautar-se em uma metodologia que embora se utilize de dados quantitativos, baseia-se em uma abordagem qualitativa (LAVILLE; DIONNE, 1999). Optou-se por desenhos de Walt Disney pelo fato de que estes, como materiais da cultura midiática, têm grande probabilidade de integrar o universo cultural do aluno, mesmo sendo criados no século passado.
English abstract:The objective is to see how the students interpret the Disney cartoons created between 1942-1944 dealing with the Second World War. The cartoons used are: Der Fuehrer’s Face, Education for Death and Commando Duck. Participating students research study on the state school Dr. Lourenço de Almeida Senne in the city of Marília-SP, and integrate three classes of the 8th series of the morning time. The basis of the research is from the idea that to occur a teaching and quality of historical learning is necessary to understand how students think the history (BARCA, 2005; 2008) and the so-called “teenager” needs to be seen without prejudices such as socio-historical subject (PAIS, 2003; 2009) and the media culture in its movement both tension of strength, reworking (MARTÍN-BARBERO, 2001, 2002; 2009). It is considered prior knowledge the student to know what they think about these media materials is as true sources or historical evidence. It is believed that this issue is important, insofar as the construction of historical knowledge implies working with the historical evidence, that is, as understanding that any historical source should be seen in its production context, interpretation of certain historical phenomenon and claims. The aim is to be based on a methology that although use of quantitative data, is based on a qualitative approach (LAVILLE; DIONNE, 1999). We chose to Disney cartoons because they like material of media culture, are likely to integrate the cultural universe of the student, even being created in the last century.