Organizações hospitalares e o controle do trabalho profissional : estudo de múltiplos casos em hospitais da região norte do Estado do Paraná

Partindo do referencial teórico sobre as estruturas das organizações de Henry Mintzberg (2003), a pesquisa buscou compreender o desequilíbrio observado entre a administração e os grupos profissionais em hospitais e como este desequilíbrio se aprofunda quanto maior a presença profissional, implicando...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2005
Main Author: Mariluz Gomez Esteves
Advisor: Paulo da Costa Lopes
Referee: Luiz Antônio Felix, Maria do Carmo Haddad
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Estadual de Londrina. Centro de Estudos Sociais Aplicados. Programa de Pós-Graduação em Administração; Universidade Estadual de Maringá.
Online Access:http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000111986
Portuguese abstract:Partindo do referencial teórico sobre as estruturas das organizações de Henry Mintzberg (2003), a pesquisa buscou compreender o desequilíbrio observado entre a administração e os grupos profissionais em hospitais e como este desequilíbrio se aprofunda quanto maior a presença profissional, implicando na posse de um conjunto de instrumentos de gestão voltados ao controle do trabalho profissional. Para tal realizou-se um estudo de múltiplos casos incorporados de 7 hospitais de média e alta complexidade da 17º Regional de Saúde, na região norte do Estado do Paraná. Foi verificado, inicialmente, se estes hospitais estão ordenados como organizações profissionais e se utilizam os instrumentos de gestão necessários ao controle do trabalho profissional. A pesquisa verificou, através da trajetória dos gestores e do processo de construção de seus saberes, o nível de profissionalismo dos mesmos. Finalmente, correlacionou-se as características dos hospitais, com as características dos gestores. Os resultados confirmaram a presença de diferentes estágios estruturais destas organizações, com uso diferenciado dos instrumentos de gestão, nem sempre coerente com as necessidades demonstradas pelo nível de profissionalização da assistência. O estudo das trajetórias dos gestores mostrou uma compreensão e um uso diferenciados dos instrumentos de gestão para o controle do trabalho profissional, apontando para a presença de diferentes níveis de contextualização dos saberes do meio hospitalar pelos gestores. A correlação entre as características dos hospitais e as dos gestores demonstrou a importância do nível de profissionalismo do gestor para o processo de construção dos instrumentos de gestão necessários ao controle do trabalho profissional.
English abstract:Starting from the theoretical reference about the organizations design of Henry Mintzberg (2003), the research tried to understand the imbalance observed between administration and professional groups in hospitals and how this imbalance grows as the professional presence increases. For this, a study of multiple incorporated cases was made in the 7 middle and high complexity hospitals of the 17th Health Regional, in the North region of Paraná State. It was initially verified whether these hospitals are setup as professional organizations and whether they use management instruments necessary to control the professional work. The research verified the level of professionalism through the administrators' career path and the construction process of their knowledge. Finally, the characteristics of the hospitals were correlated with the administrators' characteristics. The results confirmed the presence of different design stages of these organizations, with the use of different management instruments, not always coherent with the necessities demonstrated by the level of the assistance professionalism. The study of the administrators' career path showed different comprehension and use of the management instruments to control the professional work, pointing to the presence of different levels of contextualization of hospital environment knowledge by the administrators. The correlation between the characteristics of hospitals and the administrators' characteristics showed the importance of the administrator's professionalism level to the building process of the management instruments necessary to control the professional work.