Comparação de desenvolvimento orientado a agentes para jogos educacionais: um estudo de caso

A tecnologia de agentes tem sido reconhecida como um paradigma promissor em sistemas educacionais da nova geração. Entretanto, o esforço e inflexibilidade de algumas metodologias próprias para agentesacarretam num alto custo, tempo e adaptação de escopo. Este trabalho visaavaliar alternativas de des...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Vítor Manuel Fragoso Ferreira lattes
Advisor: Vera Maria Benjamim Werneck lattes
Co-advisor: Rosa Maria Esteves Moreira da Costa lattes
Referee: Alexandra Maria Monteiro Grisolia lattes, Eduardo Kinder Almentero lattes
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Computacionais
Portuguese subjects:
English subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=8922
Portuguese abstract:A tecnologia de agentes tem sido reconhecida como um paradigma promissor em sistemas educacionais da nova geração. Entretanto, o esforço e inflexibilidade de algumas metodologias próprias para agentesacarretam num alto custo, tempo e adaptação de escopo. Este trabalho visaavaliar alternativas de desenvolvimento de um jogo educacional médico orientado a agentes, através da aplicação de um estudo de caso, com o intuito de verificar se metodologias próprias para implementação de sistemas multiagentes trazem benefícios no resultado final da implementação do jogo, e também se os resultados alcançados na comparação de processos de desenvolvimento de cunho tradicional e ágil fazem diferença no resultado final. Desta forma, este trabalho compara três metodologias baseadas nos conceitos da Engenharia de Software através de um estudo de caso, sendo elas: O-MaSE que é uma metodologiatradicional de desenvolvimento de sistemas multiagentes e utiliza um processo de desenvolvimento tradicional; AgilePASSI que é baseada no processo de desenvolvimento ágil e específica para sistemas multiagentes; e, por último, Scrum que é uma metodologia ágil, não sendo específica para implementação de sistemas multiagentes
English abstract:The agent technology has been recognized as a promising paradigm in educational systems of the new generation. However, the effort and inflexibility of some specific methodologies entail a high cost, time and adaptation scope. This work aims to validate options for developing an educational medical game oriented agents by applying an experiment in order to verify that methodologies specific to implement multi-agent systems provide benefits in the result of the implementation of the game, and also the results achieved by comparison of traditional and agile development processes makes a difference in the outcome. Thus, this paper compares three approaches based on the concepts of software engineering through an experiment, as follows: O-MaSE is a traditional methodology for the development of multi-agent systems and uses a traditional development process; AgilePASSI which is based on agile and specific development for multi-agent systems; and finally, Scrum that is an agile methodology, not specific to implementation of multi-agent systems.