MAS Ontology: uma ontologia de métodos orientados a agentes

A modelagem orientada a agentes surge como paradigma no desenvolvimento de software, haja vista a quantidade de iniciativas e estudos que remetem à utilização de agentes de software como solução para tratar de problemas mais complexos. Apesar da popularidade de utilização de agentes, especialistas e...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Felipe Cordeiro de Paula lattes
Advisor: Vera Maria Benjamim Werneck lattes
Co-advisor: Neide dos Santos lattes
Referee: Rosa Maria Esteves Moreira da Costa lattes, Luiz Marcio Cysneiros lattes
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Computacionais
Portuguese subjects:
English subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=8211
Portuguese abstract:A modelagem orientada a agentes surge como paradigma no desenvolvimento de software, haja vista a quantidade de iniciativas e estudos que remetem à utilização de agentes de software como solução para tratar de problemas mais complexos. Apesar da popularidade de utilização de agentes, especialistas esbarram na falta de universalidade de uma metodologia para construção dos Sistemas Multiagentes (MAS), pois estas acabam pecando pelo excesso ou falta de soluções para modelar o problema. Esta dissertação propõe o uso de uma Ontologia sobre Metodologias Multiagentes, seguindo os princípios da Engenharia de Métodos Situacionais que se propõe a usar fragmentos de métodos para construção de metodologias baseados na especificidade do projeto em desenvolvimento. O objetivo do estudo é sedimentar o conhecimento na área de Metodologias Multiagentes, auxiliando o engenheiro de software a escolher a melhor metodologia ou o melhor fragmento de metodologia capaz de modelar um Sistema Multiagentes.
English abstract:The agent-oriented modeling emerges as a paradigm in software development, considering the amount of initiatives and studies that refer to the use of software agents as a solution to address more complex problems. Despite the popularity of using agents, experts bump in the lack of universality of a methodology for the construction of Multiagent Systems (MAS), as they end up sinning by excess or lack of solutions to model the problem. This thesis proposes the use of an Ontology based in Methodologies for Multi-Agent Systems, following the principles of Situational Method Engineering, which proposes to use fragments of methods for constructing methodologies based on the specificity of the development project. The aim of this work is to consolidate the knowledge in the area of Multiagent Methodologies by helping the software engineering to choose the best methodology or the best fragment method able to model a specific Multiagent System.