Alguns aspectos etológicos da Haematobia irritans em Roraima

Foram estudados alguns aspectos etológicos da Haematobia irritans (L.) (Diptera: Muscidae) em Roraima. Observou-se a flutuação da população da mosca em bovinos de pelagem clara e escura e a cronologia do período de incubação das larvas em fezes frescas de bovinos, criadas em gaiolas especiais tendo...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:1990
Main Author: Nelson Carlos Pinto Collares
Advisor: Romario Cerqueira Leite
Referee: Jose Divino Lima, David Pereira Neves
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Federal de Minas Gerais
Portuguese subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8QLP2F
Portuguese abstract:Foram estudados alguns aspectos etológicos da Haematobia irritans (L.) (Diptera: Muscidae) em Roraima. Observou-se a flutuação da população da mosca em bovinos de pelagem clara e escura e a cronologia do período de incubação das larvas em fezes frescas de bovinos, criadas em gaiolas especiais tendo sido colhidas no pasto. O objetivo foi verificar o efeito da variação climática (temperatura, umidade relativa do ar, precipitação pluvial e dias de chuva) em seu ciclo biológico.Os trabalhos foram iniciados em 31.05.88 e concluídos em 16.05.89, com observações e colheita de amostras a cada 14 dias. Foram estabelecidos alguns parâmetros para utilização em combate estratégico da mosca, especialmente os relativos às condições climáticas, determinadas em decêndios, onde verificou-se que o maior número de eclosões, nas gaiolas, deu-se quando se registrou a temperatura de 26,3°C, URA de 83%, precipitação p1uvial de 21 mm em 3 dias de chuva.Observou-se que, quando a temperatura média atingiu 26,5° C, 27,0°C, 27,5°C, 28,0°C, 28,5°C e 29.0°C, todas as moscas nasceram antes de 15, 14, 13, 12, 11, 10 dias, respectivamente. Observou-se, também, a preferência da mosca por bovinos de pelagem escura.