Relação entre consciência fonológica e o sucesso na alfabetização: um estudo com crianças alfabetizadas

A presente pesquisa estuda a relação entre a consciência fonológica e o sucesso na alfabetização investigando as habilidades de consciência fonológica de um grupo de 12 crianças já alfabetizadas e com bons desempenhos em leitura e escrita, aferidos por avaliação externa em grande escala, a Provinha...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Macilene Vilma Gonçalves
Advisor: Isabel Cristina Alves da Silva Frade
Referee: Marco Antonio de Oliveira, Ceris Salete Ribas da Silva
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Federal de Minas Gerais
Portuguese subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/1843/FAEC-84VPAD
Portuguese abstract:A presente pesquisa estuda a relação entre a consciência fonológica e o sucesso na alfabetização investigando as habilidades de consciência fonológica de um grupo de 12 crianças já alfabetizadas e com bons desempenhos em leitura e escrita, aferidos por avaliação externa em grande escala, a Provinha Brasil, que mediu a aquisição do sistema de escrita alfabético e o nível de letramento de crianças do 2º ano do ensino fundamental, além do reconhecimento dos professores. Diferentemente de outros estudos que trabalharam com a predição, com o controle e com o treino explícito em consciência fonológica, antes do processo de aquisição da leitura e da escrita, com verificação posterior dos resultados, investigamos a presença ou ausência de habilidades de consciência fonológica após o processo de aquisição da leitura e da escrita. Na pesquisa, verificamos o nível de consciência fonológica dos sujeitos relacionando este resultado com o desempenho em alfabetização. Os resultados foram cruzados com alguns aspectos pedagógicos envolvidos na trajetória escolar dos sujeitos, tais como métodos, materiais didáticos, relatórios sobre desenvolvimento e oportunidades de treinamento em consciência fonológica. Como pressupostos teóricos foram incorporados estudos que revelaram pelo menos duas tendências: estudos que defendem a consciência fonológica como preditora e garantia do sucesso em alfabetização e estudos que compõem a corrente interativa, que vê alguns níveis de consciência fonológica como essenciais, e, outros, como a consciência fonêmica, como decorrência ou conseqüência da aprendizagem da leitura e da escrita. Nossos resultados mostraram, como em estudos anteriores, que alguns níveis de consciência fonológica parecem preceder a aquisição da língua escrita, mas sugeriram que outros, como a consciência fonêmica, seria desenvolvida após a leitura e a escrita, e que, portanto, não poderia garantir por si só, nem ser preditora do sucesso em alfabetização. A partir da análise da trajetória escolar dos sujeitos, nossa pesquisa parece ter levantado novas possibilidades de investigação em relação à existência de muitas outras variáveis que podem interferir no fenômeno multifacetado que é a alfabetização, além da consciência fonológica.
This research studies the relationship between phonological awareness and success in investigating the literacy skills of phonological awareness in a group of 12 literate children and with good performance in reading and writing, measured by evaluation on a large scale, Provinha Brasil, which measured the acquisition of alphabetic writing system and the level of literacy for children from the second year of basic education beyond the recognition of the teachers. Differently of other studies that had worked with the prediction, the control and the explicit training in phonological awareness, before the acquisition of reading and writing with subsequent verification of the results, we investigated the presence or absence of phonological awareness skills after the process of acquisition of the reading and the writing. In the research, we verify the level of phonological awareness of the citizens relating this result with the performance in literacy. The results were crossed with some pedagogical aspects involved in the school trajectory of the citizens, such as methods, materials, reports on development and opportunities for training in phonological awareness. As theoretical assumptions were incorporated into studies that showed at least two trends: studies that defend the phonological awareness as predictor of the success in literacy and studies that comprise this interactive, that shows some levels of phonological awareness as essential and others, such as the phonemic awareness, as a result or consequence of learning to read and write. Our results showed, as in previous studies, that some levels of phonological awareness appear to precede the acquisition of written language, but suggested that others, such as phonemic awareness, would be developed after reading and writing, and therefore could not by themselves guarantee only it, or be predictive of success in literacy. From the analysis of the school trajectory of the citizens, our research seems to have raised new possibilities of inquiry in relation to the existence of many other variables that may interfere with the multifaceted phenomenon that is literacy, in addition to phonological awareness.