A maternidade, o momento do nascimento do primeiro filho e a situação da mulher no mercado de trabalho no Brasil: uma análise do salário e da adequação escolaridade/ocupação por grupos socioeconômicos

O século XX marca a entrada das mulheres no mercado de trabalho. Apesar do aumento expressivo na paiticipação laboral feminina nas últimas décadas, existem difercnças de inserção laboral entre as mulheres que são mães e aquelas que não são mães. A maternídade é uma questão chave nos estudos dessas d...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Maira Andrade Paulo
Advisor: Bernardo Lanza Queiroz
Co-advisor: Laeticia Rodrigues de Souza
Referee: Simone Wajnman, Ana Paula de Andrade Verona, Flavia Lucia Chein Feres, Andre Junqueira Caetano
Document type: Doctoral thesis
Language:por
Published: Universidade Federal de Minas Gerais
Portuguese subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9JNGUG
Portuguese abstract:O século XX marca a entrada das mulheres no mercado de trabalho. Apesar do aumento expressivo na paiticipação laboral feminina nas últimas décadas, existem difercnças de inserção laboral entre as mulheres que são mães e aquelas que não são mães. A maternídade é uma questão chave nos estudos dessas diferenças. A literatura aponta que a presença de lhos está relacionada com uma menor panicipação no mercado de trabalho (Angrist, 1998; Cruces & Galiani, 2003; Pazello, 2006; Souza et al, 2011), com um menor salário (Waldfogel, 1997; Waldfogel, 1998; Buding & England, 2001; Pazello, 2006) e com um certo tipo de ocupação prossional (Hoem et al, 2006; Dias, 2007). Essas diferenças também variam de acordo com o nivel socioeconómico e de escolaridade das mulheres. Entre as mulheres mais escolarizadas, uma estrategia utilizada para conciliar tilhos e trabalho tem sido o adiamento da fecundídade. Há estudos na literatura internacional que apontam que, entre as mulheres com possibilidade de alta taxa de retorno ao investimento em capital humano, há um prêmio salarial quando o nascimento de um primeiro lho ocorre em um momento de estabilidade prossional (Amuedo Dorantes & Kiirnnel, 2005; Herr, 2007; Miller, 2009). O objetivo geral da tese é investigar, parao Brasil, a relação entre a maternidade/ o momento do nascimento do primeiro lho e a situação da mulher no mercado de trabalho, analisando o salario e a adequação escolaridade/ocupação das mulheres de diferentes níveis socioeconómicos ao longo das últimas três décadas. Como objetivos especificos, pretende-se: 1) analisar a evolução das taxas de primeiro nascimento de acordo com o nível de escolaridade das mulheres; 2) analisar a relação entre a matcmidade/momento do nascimento do primeiro lho e o salário/hora auferido no mercado de trabalho pelas mulheres de diferentes níveis socioeconómicos; 3) analisar a relação entre a maternidade/momento do nascimento do primeiro lho e a adequação entre a escolaridade alcançada pelas mulhercs e a ocupação na qual estão inseridas de acordo com o nivel socioeconómico. Os dados do Censo Demográco de 1980, 1991, 2000 e 2010 se-räo utilizados para a execução do primeiro objetivo, enquanto os dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio) de 1984, l992, 1998, 2004 e 2009 serão utilizados na análise da matemidadc e a PNAD 2009 será utilizada na análise do momento do nascimento do prìmeiro lho sobre as variáveis de mercado de trabalho.
The century XX marks the entrance of women in the labor market. Although the great increase in the female labor participation in the last few decades, it is important to pay attention on the differences in labor characteristics between rnothers and non-mothers. A comprehension of these differences must take the maternity into account. The literature points that the presence of children is related to lower participation in the labor market (Angrist, 1998; Cruces & Galiani, 2003; Pazello, 2006; Souza et al, 2011), lower wage (Waldfogel, l997; Waldfogel, 1998; Buding & England, 2001; Pazello, 2006) and to a certain type of professional occupation (Hoem et al, 2006; Dias, 2007).Those differences also vary by socioeeonomic and education level of women. Among those women with higher educational level, the postponement of the maternity has been taking as a strategy to conciliate children and work. The international literature has pointed that, in the case of women with high possibility of tax return to an investment in human capital, they must have a wage prize when the birth of the rst child occurs in a moment of professional stability (Amuedo Dorantes & Kimmel, 2005; Herr, 2007; Miller, 2009). The main objective of the thesis is to investigate, in Brazil, the relationship between the maternity/moment at birth of first child and the situation of the women in the labor market, analyzing the Wage and the mismatch between years of schooling and occupation of the women of different socioeconomics levels throughout the last three decades. The specíc objectives of the work are: 1) to analyze the evolution of the taxes of the rst births among women with different years ofschooling; 2) to analyze the relationship between the maternity/the moment of birth of first child and the received Wage/hour in the labor market for women of different socioeconomics levels; 3) to analyze the relationship between the maternity/the moment of birth of rst child and the mismatch between years of schooling and occupation. The Demographíc Census data of 1980, 1991, 2000 and 2010 will be used in the execution of objective 1, while the data of the PNAD (National Research for Sample of Domicile) of 1984, 1992, l998, 2004 and 2009 Will bc used in the analysis of the maternity, and PNAD 2009, in the analysis of the moment at birth of first child.