Experiências pessoais e formativas de jovens universitários no curso de Direito : Vademecum, vem comigo

A presente pesquisa foi desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, linha de pesquisa Organização Escolar, Formação e Práticas Pedagógicas, e investigou como os jovens universitários do Curso de Direito, na cidade de Diamantino-MT, narram suas Experi...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Santos, Éverton Neves dos lattes
Advisor: Monteiro, Filomena Maria de Arruda lattes
Referee: Monteiro, Filomena Maria de Arruda lattes, Oliveira, Ozerina Victor de lattes, Bragança, Inês Ferreira de Souza lattes, Negreiros, Cláudia Landin lattes
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Federal de Mato Grosso
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Department: Instituto de Educação (IE)
Knowledgement areas:
Online Access:http://ri.ufmt.br/handle/1/158
Citation:SANTOS, Éverton Neves dos. Experiências pessoais e formativas de jovens universitários no curso de Direito : Vademecum, vem comigo. 2015. 187 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Cuiabá, 2015.
Portuguese abstract:A presente pesquisa foi desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, linha de pesquisa Organização Escolar, Formação e Práticas Pedagógicas, e investigou como os jovens universitários do Curso de Direito, na cidade de Diamantino-MT, narram suas Experiências pessoais e formativas e como estas são significadas a partir da entrada no curso. A perspectiva teórico-metodológica aproxima-se da pesquisa narrativa, conforme Clandinin e Connelly (2011), Mello (2005) e outros. Os significados foram compostos a partir de um conjunto de narrativas, produzidas pelos participantes e pelo pesquisador (notas de campo e textos de campo). Da literatura tomamos como base os estudos sobre as Experiências em Larrosa Larrosa (2002, 2004), Dewey (1994, 2008); já sobre jovens: Spósito (1997, 2005), Corrochano (2013), Dayrell (2000), Abramavoy e Esteves (2007), Abramo (1997) e outros. Em relação à Educação Jurídica: Wolkmer (1997), Warat (2000,2001), Lyra Filho (1986), Souza Júnior (1984, 1987, 2008), Streck (2004). Além de Freire (1987, 2011, 2005) e Gadamer (1997, 2002). A pesquisa abrangeu seis jovens ingressantes no Curso de Direito da Universidade do Estado de Mato GrossoUNEMAT- Campus de Diamantino. Ao reconstruir as experiências vividas, foram compostos os seguintes eixos temáticos: 1- “Vidas, Tempos e Escola: Percurso Escolar dos jovens”, no qual demonstra Experiências no/do percurso escolar, isto é as percepções dos tempos de escola; 2- “Por que Direito?: Tempos, contextos de uma escolha”, aqui subdividido em duas perspectivas: “A Família: sentidos e significados, razões de uma escolha”; “Eu vou fazer direito”: entre inspirações, status e afetos, isto é quais fatores externos de algum modo motivaram a escolha pelo Curso de Bacharelado em Direito; 3- “Jovens no Curso de Direito: Vademecum, vem comigo”, trata das Experiências que os jovens ingressos estão vivenciando no curso superior, desde a questão da identidade do “ser jovem” às reflexões da Educação Jurídica ofertada. Os resultados revelaram a complexidade da vida, do nosso tempo e das escolhas, os dilemas e as dificuldades enfrentadas no cotidiano pelos participantes. Igualmente revelam que as experiências e memórias dos jovens não seguem uma trajetória linear. As narrativas demonstram que as dificuldades da vida, o apoio, sentidos e significados da família, o status social, as inspirações, desejos, possibilidades e afetos construídos a partir e além da escola permearam as narrativas, de modo que a continuidade na formação do ser jovem e universitário perpassam as histórias contadas de um ontem, do presente e projetadas no vindouro
This research was conducted at the Graduate Program in Education at the Federal University of Mato Grosso, Research School Organisation line, Training and Pedagogical Practices, and investigated the problem of how university students of the Law School in the city of Diamantino, MT , narrate their personal experiences and training and how these are meant from entering the course. The theoretical-methodological perspective approaches the narrative research as Clandinin and Connelly (2011), Mello (2005) and others. The meanings are composed from a set of accounts, produced by the investigator and the participant (field cards and field texts). Literature take as a basis the studies on the experiences in Larrosa Larrosa (2002, 2004), Dewey (1994, 2008); already on young: Spósito (1997, 2005), Corrochano (2013), Dayrell (2000), and Abramavoy Esteves (2007), Abramo (1997) and others. Regarding the Legal Education: Wolkmer (1997), Warat (2000.2001), Lyra Filho (1986), Souza Júnior (1984, 1987, 2008), Streck (2004). In Freire (1987, 2011, 2005) and Gadamer (1997, 2002). The research covered six (6) entering young at Law Course at the State University of Mato Grosso-UNEMAT- campus DiamantinoMt. By reconstructing the experiences were the following themes compounds: 1- Experiences in / of schooling, which will bring the perceptions of school days; 2- The contexts of choice at Law Course, which subdivided the role of family, sense and meaning; "I'm going to do right": between inspirations, Status and Affections, ie external factors which somehow motivated the choice of the course of Bachelor of Law; 3- Young at Law Course : Vademecum , come with me " , deals with the experiences that young people are experiencing tickets in the upper reaches , from the question of the identity of " being young " in reflection of the Legal Education offered . The results revealed the complexity of life , of our time and choices , dilemmas and difficulties faced in daily life by the participants. Also show that the experiences and memories of young people do not follow a linear path . The stories demonstrate that the difficulties of life, support , senses and family meanings , social status , inspirations , desires, possibilities and affections constructed from and beyond the school permeated the narrative , so that the continuity of the formation of the young college permeate the stories of yesterday , present and projected into the future