Viradas e marcações : a participação de pessoas de classe média nos grupos de maracatu de baque-virado do Recife-PE

O maracatu de baque-virado é uma manifestação de cultura popular que, por muito tempo, foi desprestigiada e perseguida pelas classes dominantes em Pernambuco e que estava predominantemente associada às camadas subalternas das cidades do Recife e de Olinda. Nos últimos anos, contudo, o maracatu passo...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Leal Esteves, Leonardo
Advisor: Selma Ferreira Albernaz, Lady
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Federal de Pernambuco
Portuguese subjects:
Online Access:https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/531
Citation:Leal Esteves, Leonardo; Selma Ferreira Albernaz, Lady. Viradas e marcações : a participação de pessoas de classe média nos grupos de maracatu de baque-virado do Recife-PE. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Portuguese abstract:O maracatu de baque-virado é uma manifestação de cultura popular que, por muito tempo, foi desprestigiada e perseguida pelas classes dominantes em Pernambuco e que estava predominantemente associada às camadas subalternas das cidades do Recife e de Olinda. Nos últimos anos, contudo, o maracatu passou a despertar um forte interesse em pessoas de classe média em Pernambuco. Observa-se uma inserção cada vez maior destas pessoas em grupos novos, chamados em geral de grupos de percussão , assim como, uma crescente participação destes novos interessados em grupos antigos, conhecidos como maracatus-nação . Esta pesquisa foi realizada, então, com o objetivo de compreender práticas, interesses e tensões ligados a estas atuais relações das pessoas de classe média com o maracatu de baque-virado. Aparentemente, após um longo período de discriminação e de perseguição, o maracatu passou a oferecer a possibilidade de distinção e de acúmulo de capital social e econômico para estas pessoas. Mas estas viradas em alguns aspectos do âmbito cultural parecem ser acompanhadas de marcações no nível social, na medida em que a aproximação que estas pessoas passaram a estabelecer em relação ao popular parece, algumas vezes, reforçar a distância social que as separa das classes subalternas