A mediação como meio eficaz no tratamento da alienação parental

O presente trabalho tem a pretensão de trazer à discussão os possíveis benefícios advindos do emprego da mediação no tratamento da alienação parental, que tem a possibilidade não somente de solucionar superficialmente os conflitos, mas sim de efetivamente garantir à criança e ao adolescente que um d...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: SOUZA, Cristiana Mendes de
Advisor: MEIRA, Daniel e Silva
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/24052
Portuguese abstract:O presente trabalho tem a pretensão de trazer à discussão os possíveis benefícios advindos do emprego da mediação no tratamento da alienação parental, que tem a possibilidade não somente de solucionar superficialmente os conflitos, mas sim de efetivamente garantir à criança e ao adolescente que um dia sofrera com a alienação, de viver em ambientes harmônicos, bem como ter uma convivência familiar saudável. A alienação parental hoje é regulamentada pela Lei 12.318/2010 que, em seu projeto de lei, previa a possibilidade de as partes utilizarem-se da mediação para a solução do litígio, contudo o artigo foi vetado de forma descabida. O trabalho realizado na mediação vai além da solução material do conflito. Em casos como este, que envolvem pessoas, sentimentos, ressentimentos, mágoas, as razões verdadeiras dos conflitos muitas vezes ficam escondidas e disfarçadas em forma de anseios materiais, de modo que verdadeira solução deve tratar estas razões ocultas. Através da escuta ativa, da empatia, da atitude de acolhimento, da reciprocidade escuta-fala e demais técnicas, a mediação vem dando abertura para efetivas soluções dos mais diversos tipos conflitos, de modo que deveria estar incluso nesse leque o tratamento de tão sui generis conflito, como o advindo da alienação parental, tema delicado e que requer especial tratamento.