Memória entre livros: a biblioteca como lugar de memória

O presente artigo tem por objetivo principal mostrar que, dentro de uma visão tradicional, a função básica da biblioteca é de preservar, organizar e disseminar conhecimentos. Faz uma breve passagem sobre a história das bibliotecas e suas funções e evolução, no período entre a Antiguidade e a Moderni...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Batista, Aline Herbstrith
Other Authors: Giusti, Carmen Lúcia Lobo
Document type: Article
Published: Anais do V Seminário Internacional de Memória e Patrimônio
Portuguese subjects:
Online Access:http://repositorio.ufpel.edu.br/handle/ri/227
Portuguese abstract:O presente artigo tem por objetivo principal mostrar que, dentro de uma visão tradicional, a função básica da biblioteca é de preservar, organizar e disseminar conhecimentos. Faz uma breve passagem sobre a história das bibliotecas e suas funções e evolução, no período entre a Antiguidade e a Modernidade, não só em sua forma organizacional, mas também na difusão de seus conteúdos nas diferentes funções sociais que elas exerceram. Enfatiza que as bibliotecas são lugares de memória em razão da sua capacidade de expressar a memória de determinados grupos, pois a contém em seus inúmeros suportes, e também pelo espaço de armazenamento de materiais produzidos em tempos e localidades diversos; desempenham o papel de guardiã do conhecimento, não no sentido de guardar para si o patrimônio produzido por homens do passado, mas, de através dele, possibilitar o acesso ao passado.