Como olhar e pensar o corpo jovem José Geraldo Soares Damico

O artigo é parte de uma dissertação de mestrado que discutiu alguns dos modos pelos quais jovens mulheres significam e vivenciam, contemporaneamente, o cuidado com o corpo. Inscreve- se nos campos dos estudos de gênero, nas vertentes que têm proposto aproximações críticas com a perspectiva pós-estru...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Damico, José Geraldo Soares
Document type: Article Other
Language:por
Portuguese subjects:
English subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/118094
Portuguese abstract:O artigo é parte de uma dissertação de mestrado que discutiu alguns dos modos pelos quais jovens mulheres significam e vivenciam, contemporaneamente, o cuidado com o corpo. Inscreve- se nos campos dos estudos de gênero, nas vertentes que têm proposto aproximações críticas com a perspectiva pós-estruturalista de Michel Foucault. Utiliza a abordagem metodológica da análise de discurso para examinar discussões travadas por 18 jovens de 13 a 15 anos, alunas de uma escola pública no Rio Grande do Sul, que integraram grupos focais cujas reuniões se desenvolveram durante dois meses, em 2004. Utilizo a metáfora do caleidoscópio para multiplicar o olhar sobre o corpo.
English abstract:This article is part of a dissertation that discussed some of the ways in which young women give meaning to, learn and experience the body care in contemporary society. It is inscribed in the fields of gender studies, and particularly within the critical strands aligned with Michel Foucault’s poststructuralist perspective. It uses the methodological approach of discourse analysis to examine discussions with 18 girls between the ages of 13 and 15, students from a public school in the state of Rio Grande do Sul, who joined focal group meetings developed during two months in 2004. I use the kaleidoscope metaphor to multiply the views on the body.