Sentimentos das mães de recém-nascidos prematuros : implicações para a enfermagem

Estudo qualitativo do tipo estudo de caso com o objetivo de conhecer os sentimentos das mães de bebês prematuros em UTIN. Utilizou-se para coleta uma entrevista semi-estruturada. A questão norteadora foi: como você se sente tendo seu filho internado? Investigou-se 20 mães de bebês com idade gestacio...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2004
Main Author: Fraga, Iara Teresinha Gama
Other Authors: Pedro, Eva Néri Rubim
Document type: Article Other
Language:por
Portuguese subjects:
English subjects:
Spanish Subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/23540
Portuguese abstract:Estudo qualitativo do tipo estudo de caso com o objetivo de conhecer os sentimentos das mães de bebês prematuros em UTIN. Utilizou-se para coleta uma entrevista semi-estruturada. A questão norteadora foi: como você se sente tendo seu filho internado? Investigou-se 20 mães de bebês com idade gestacional entre 31 e 36 semanas, em outubro e novembro de 2001. As informações analisadas pela técnica de Análise de Conteúdo de Bardin identificaram duas categorias: sentimentos e acontecimentos. Nos resultados apareceram os sentimentos: tristeza, medo, culpa, confiança e esperança. Ao término do estudo propicia-se uma reflexão para a prática do cuidado ao binômio mãe/bebê.
English abstract:This is a qualitative case study about the feelings of mothers of prematurely born babies that were at the Neonatal Intensive Care Unit (NICU). Data was collected through semi-structured interviews. The research’s main question was: how do you feel about your child being hospitalized? Twenty mothers of premature babies with gestational ages from 31 to 36 weeks were investigated. Bardin’s technique of content analysis was used. Two categories emerged from the mothers’ reports: feelings and events. The results brought up feelings such as sadness, fear, guilt, confidence and hope. To complete the study the author provides a reflection about care procedures to the mother/baby binomial.