A gestão por competência na percepção dos funcionários de nível operacional do Banco do Brasil : um estudo no Centro de Serviços e Logística de Brasília

A gestão por competências tem sido bastante difundida como estratégia para empregar talentos e subsidiar a aquisição e o desenvolvimento de competências necessárias à sobrevivência e à competitividade das organizações no atual cenário econômico. O Banco do Brasil emprega essa estratégia desde 2005....

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Shintaku, Nairlídia Gonçalves de Sousa
Advisor: Slongo, Luiz Antonio
Co-advisor: Esteves, Priscila Silva
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
English subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/70072
Portuguese abstract:A gestão por competências tem sido bastante difundida como estratégia para empregar talentos e subsidiar a aquisição e o desenvolvimento de competências necessárias à sobrevivência e à competitividade das organizações no atual cenário econômico. O Banco do Brasil emprega essa estratégia desde 2005. Entende-se que o conhecimento da percepção de seus funcionários em relação à gestão por competência e de seus aspectos fundamentais (conhecimentos, habilidades e atitudes) é importante para que a organização aprimore seus métodos de gestão de pessoas e atinja seus objetivos estratégicos. Assim, este trabalho objetiva investigar como os funcionários de nível operacional percebem a gestão por competências no seu cotidiano. Foi selecionado um grupo de funcionários do Centro de Serviços e Logística (CSL) – Brasília, os quais foram entrevistados para apoiar a pesquisa. A fim de melhor compreender essa percepção, e obter maior proximidade com o tema em questão, utilizou-se o método exploratório. A pesquisa é de natureza qualitativa, pois se limita a retratar apenas a perspectiva dos funcionários lotados no CSL - Brasília sem a preocupação em quantificar dados. Após a análise das entrevistas, foi possível perceber que entre os funcionários entrevistados, a noção do conceito de competência ainda está em desenvolvimento, ora se aproximando da ideia de capacidades, ora se confundindo com a prescrição de tarefas.
English abstract:Competency management has been widespread as a strategy to employ and support the talent acquisition and development of necessary skills for organizations’ survival and competitiveness in the current economic scenario. The Bank of Brazil uses this strategy since 2005. It´s recognized that knowing about the perception of the employees in relation to management by competence and its fundamental aspects (knowledge, skills and attitudes) is important for the organization to enhance their methods of managing people and achieve its strategic objectives. Thus, this study aims to investigate how the operational employees perceive the competency management skills in their daily lives. In order to better understand their perception and get closer to the subject in question, was used the exploratory method. The research is based on the interview of a group of employees of the Center for Services and Logistics (CSL) in Brasília chosen as a sample. This is a qualitative research, as it hasn't the concern to quantify data, it portrays only the views of the CSL - Brasilia's employees. After analyzing the interviews, it was revealed that the notion of the concept of competence is still in development among the interviewed, sometimes their concepts approaches to the meaning of capabilities, sometimes, of tasks.