Descrição arquivística em processo judicial eletrônico : estudo de caso em processos da Justiça Federal do Rio Grande do Sul

A monografia apresenta os resultados de uma pesquisa realizada na documentação judicial da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, como estudo de caso para a descrição arquivística de processos judiciais. Verifica a possibilidade de uso das informações existentes nos sistemas processuais para a descri...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Löw, Marieta Marks
Advisor: Enríquez Vivar, Jorge Eduardo
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
Spanish Subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/28450
Portuguese abstract:A monografia apresenta os resultados de uma pesquisa realizada na documentação judicial da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, como estudo de caso para a descrição arquivística de processos judiciais. Verifica a possibilidade de uso das informações existentes nos sistemas processuais para a descrição da documentação judicial destinada ao arquivo permanente. Discute a relação entre documentação judicial e memória, e apresenta possibilidades de uso dessa documentação para a pesquisa histórica. Reforça a importância das políticas de descrição e difusão dos acervos para acesso amplo à documentação, tanto pela instituição, como pela sociedade, permitindo a construção de conhecimento. Entende que o uso dos sistemas eletrônicos permite a ampliação da difusão da informação arquivistica. Sugere um quadro de arranjo para a documentação da instituição. Propõe uma separação da documentação em fundos, seções, séries e subséries para os níveis superiores à unidade do processo judicial. Resulta em uma descrição-modelo multinível seguindo a Norma Brasileira de Descrição Arquivística, para os níveis fundo, seção, série e subsérie, dos processos estudados.
English abstract:La monografía presenta los resultados de una investigación realizada en los documentos judiciales de la Justicia Federal de Rio Grande del Sur, como caso de estudio para la descripción archivística de la documentación. Examina la posibilidad de utilizar sistemas de información existentes para la descripción de la documentación destinada al archivo permanente. Describe la relación entre la documentación judicial y la memoria, y los posibles usos de dicha documentación para la investigación histórica. Refuerza la importancia de las políticas de la descripción y difusión de los archivos para un mayor acceso a la documentación, por la institución y por la sociedad, lo que permite la construcción del conocimiento. Considera que el uso de sistemas electrónicos permite la difusión amplia de información de archivo. Propone un cuadro de clasificación para la documentación de la institución. Presenta una separación de la documentación por fondos, secciones, series y subseries en los niveles arriba a la unidad del proceso judicial. Resulta en una descripción modelo multinivel por la norma brasileña de descripción archivística, a los niveles de fondo, sección, serie y subserie, y de los procesos en estudio.