Ecologia parasitária de isópodos e biologia reprodutiva em tibiro, Oligoplites spp (Osteichthyes: carangidae) das águas costeiras de Natal, Rio Grande do Norte

Oligoplites palometa (Cuvier) and Oligoplites saurus (Bloch & Schneider) (Osteichthyes: Carangidae) are coastal pelagic fish species. The objective of this study was to investigate the effect of parasitism by isopods and the reproductive biology of the leather jack, Oligoplites spp. A total of...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Araújo, Gustavo Soares de
Advisor: Chellappa, Sathyabama
Co-advisor: Chellappa, Naithirithi Tiruvenkatachary lattes
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas
Department: Biodiversidade; Biologia Estrutural e Funcional.
Portuguese subjects:

English subjects:

Knowledgement areas:
Online Access:http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13039
Citation:ARAÚJO, Gustavo Soares de. Ecologia parasitária de isópodos e biologia reprodutiva em tibiro, Oligoplites spp (Osteichthyes: carangidae) das águas costeiras de Natal, Rio Grande do Norte. 2008. 117 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade; Biologia Estrutural e Funcional.) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Portuguese abstract:As espécies Oligoplites palometa (Cuvier) e Oligoplites saurus (Bloch & Schneider) (Osteichthyes: Carangidae) são peixes costeiros pelágicos. O objetivo do presente trabalho foi estudar o parasitismo por isópodos e a biologia reprodutiva em tibiro, Oligoplites spp. Foram capturados cento e treze exemplares de Oligoplites spp durante o período de janeiro de 2005 a julho de 2007 nas águas costeiras de Natal, RN. Foram realizadas as medidas morfométricas e merísticas, a análise macroscópica para coleta dos parasitos isópodos e a retirada das gônadas para o estudo dos aspectos reprodutivos. Foi encontrada uma nova espécie de ectoparasito, Cymothoa spinipalpa (Isopoda: Cymothidae), sobre a língua na cavidade oral em ambas as espécies de Oligoplites. Os índices parasitários de C. spinipalpa indicaram uma alta prevalência sendo de 51,4% para O. saurus e de 64,1% para O. palometa. Em O. palometa existe uma correlação significativa entre peso do hospedeiro e o número de parasito como também entre o comprimento total do hospedeiro e o número de parasito. As fêmeas de C. spinipalpa tiveram seu comprimento limitado pelo ambiente físico disponível na cavidade bucal do hospedeiro. Foi encontrada uma diferença significativa na proporção sexual de O. palometa, com um maior número de machos em relação ao número de fêmeas. Os isópodos têm especificidade pela cavidade oral dos hospedeiros. A análise macroscópica das gônadas permitiu a identificação de quatro estádios distintos de maturação em ambos os sexos de O. palometa: imaturo, em maturação, maduro e esvaziado
English abstract:Oligoplites palometa (Cuvier) and Oligoplites saurus (Bloch & Schneider) (Osteichthyes: Carangidae) are coastal pelagic fish species. The objective of this study was to investigate the effect of parasitism by isopods and the reproductive biology of the leather jack, Oligoplites spp. A total of 113 individuals of Oligoplites spp (35 of O. saurus and 78 of O. palometa) were captured during the period between January, 2005 and July, 2007 from the coastal waters of Natal, RN. The morphometric and meristic characters were registered; macroscopic analyses were done to collect the isopod parasites and the gonads were observed to verify the reproductive aspects. The crustacean isopod parasite, Cymothoa spinipalpa (Isopoda: Cymothidae) was encountered on the tongue in the oral cavity in both fish hosts. The parasitic indices of C. spinipalpa showed high values of prevalance of 51,4% for O. saurus and 64,1% for O. palometa. The host presented significant correlations between body mass and body length of O. palometa and the number of parasites. Body lengths of female C. spinipalpa were small due to the limited space available in the oral cavity of the host. There was a significant difference in the sex ratio of O. palometa, males outnumbered the females. The isopod parasites showed specificity to the oral cavity of hosts. Macroscopic analyses of gonads showed four stages of gonadal development for both sex of O. palometa: immature, maturing, mature and spent