Efeito de manipueira sobre Meloidogyne incognita em ensaios in vitro e em tomateiros em casa de vegetação

Objetivou-se estudar o efeito nematicida de manipueira no controle de Meloidogyne incognita. Testes in vitro foram divididos em dois ensaios inteiramente casualizados: 1. manipueira a 100%, 75%, 50% e 25% em 12 repetições; 2. manipueira a 15%, 10%, 8%, 6%, 4% e 2% em 5 repetições. O ensaio em vasos...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Nasu, Érica G.C.
Other Authors: Pires, Ely, Formentini, Heloísa M., Furlanetto, Cleber
Document type: Article
Language:por
Published: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Online Access:http://repositorio.unb.br/handle/10482/27913
https://dx.doi.org/10.1590/S1982-56762010000100005
Citation:Trop. plant pathol.,v.35,n.1,p.032-036,2010
Portuguese abstract:Objetivou-se estudar o efeito nematicida de manipueira no controle de Meloidogyne incognita. Testes in vitro foram divididos em dois ensaios inteiramente casualizados: 1. manipueira a 100%, 75%, 50% e 25% em 12 repetições; 2. manipueira a 15%, 10%, 8%, 6%, 4% e 2% em 5 repetições. O ensaio em vasos seguiu o delineamento inteiramente casualisado com manipueira a 10%, 25% e 50% em 5 repetições. Para ambos os ensaios utilizou-se o tratamento somente água como testemunha positiva e Carbofuran (50 mg.L-1 de ingrediente ativo (i.a.) ou 2 g de produto comercial/vaso) como negativa. Para os ensaios in vitro foram avaliados nematóides vivos e mortos e número de galhas em plantas inoculadas. Para os ensaios em vaso foram avaliadas as variáveis altura de plantas, comprimento de raízes, número de galhas, número de ovos e fator de reprodução (FR). Os resultados in vitro demonstraram que os tratamentos com manipueira até 10% de diluição apresentaram 100% de controle. O ensaio com tomateiros previamente inoculados demonstrou que o tratamento manipueira 50% causou um melhor desenvolvimento da parte aérea das plantas de tomate. Os tratamentos manipueira a 10% e 25% foram mais efetivos no controle de M. incognita em vasos.
The aim of this work was to study the nematicidal effect of manipueira on the control of Meloidogyne incognita. In vitro tests were split into two completely randomized assays: 1. manipueira 100%, 75%, 50% and 25% in 12 replications; 2. manipueira 15%, 10%, 8%, 6%, 4% and 2% in 5 replications. The pot assay followed a completely randomized design with the treatments manipueira 10%, 25% and 50% in 5 replications. For both assays the positive control was water and the negative control was the nematicide Carbofuran (50 mg.L-1 of active ingredient (a.i.) or 2 g of commercial product/pot). For in vitro assays the variables assessed were live or dead nematodes and number of galls on inoculated plants. For the pot assay the variables evaluated were plant height, root length, number of galls, number of eggs and reproduction factor (RF). The in vitro results indicated that only the manipueira treatments from 100% to 10% dilution showed maximum control. The pot assay demonstrated that the treatment manipueira 50% caused better development of tomato shoots than the others. However, manipueira 10% and 25% were more effective against of M. incognita in pots.