A influência das variáveis macroeconômicas sobre o retorno das empresas de capital aberto : uma abordagem setorial

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado para obtenção do grau de Bacharel no curso de Ciências Econômicas da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC.

Access type:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Estevão, Joana de Aguiar
Advisor: Fabris, Thiago Rocha
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Portuguese subjects:
Online Access:http://repositorio.unesc.net/handle/1/3530
Portuguese abstract:Este trabalho tem como objetivo geral analisar a relação, de longo prazo, existente entre as variáveis macroeconômicas e as séries dos lucros trimestrais (bruto, líquido e por ação) das empresas de capital aberto brasileiras por setores, durante o período de 2000 a 2014. Ou seja, verificou-se se o sistema composto pelas séries. Desta forma, a metodologia utilizada refere-se aos testes de estacionariedade de Dickey Fuller, modelo de cointegração proposto por Jonhansen (1988), modelo correção de erros. Observa-se um interesse crescente, da literatura especializada, em utilizar métodos pertinentes as séries temporais para realizar previsões dos lucros das empresas. Os resultados encontrados apontam que as variáveis macroeconômicas investimento, PIB, risco país, taxa de juros, inflação e balança comercial convergem com as séries dos lucros, ou seja, possuem uma relação de equilíbrio no longo prazo.