Práticas de uso da linguagem com o gênero discursivo regras de jogo: um trabalho com sequência didática para o aprimoramento da capacidade linguístico-discursiva

Aiming to develop a contextualized practice in this research, we focused on the theme "Working with the speech genre Game Rules in reading and writing teaching," once we recognize genres as teaching and learning instruments, because we understand that they present the real conditions of so...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Esteves, Leliane Regina Ortega lattes
Advisor: Costa-hübes, Terezinha da Conceição lattes
Referee: Baumgartner, Carmen Teresinha lattes, Cristóvão, Vera Lúcia Lopes
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Program: Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Letras
Department: Linguagem e Sociedade
Portuguese subjects:
English subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2460
Citation:ESTEVES, Leliane Regina Ortega. Practices of the use of language with speech genre game rules: a work with didactic sequence for the improvement of linguistic and discursive capacity. 2016. 369 f. Dissertação (Mestrado em Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Portuguese abstract:Visando ao desenvolvimento de uma prática contextualizada, na presente pesquisa focalizamos no tema O trabalho com o gênero discursivo Regras de Jogo no ensino da leitura e da escrita , uma vez que reconhecemos os gêneros como instrumentos de ensino e de aprendizagem, por entendermos que apresentam as condições reais de concretização sócio-histórico-ideológico da língua. Nessa perspectiva, procuramos responder às seguintes indagações: o trabalho com o gênero discursivo Regras de Jogo pode contribuir com o desenvolvimento da competência linguístico-discursiva em alunos do 6º ano, capacitando-os para interagirem em práticas sociais que exijam a capacidade de linguagem injuntiva? Um projeto didático com esse gênero pode ajudar no aperfeiçoamento da compreensão de leitura e, ainda, favorecer a produção escrita de textos, de modo que esses possam instruir e provocar no interlocutor as ações almejadas pelo locutor? Considerando tais questões, traçamos como objetivo geral, refletir, por meio de estudos, elaboração e aplicação de uma Sequência Didática com o gênero Regras de Jogo, sobre a importância do trabalho com gêneros discursivos no Ensino Fundamental, mais precisamente com alunos do 6º ano, na perspectiva de desenvolver a capacidade de instruir e prescrever ações por meio da leitura e da produção textual. A fundamentação teórico-metodológica ancorou-se na Concepção Dialógica de Linguagem (BAKHTIN/VOLOCHINOV, 2009[1929]; BAKHTIN, 2010[1079]), traçando possíveis aproximações com o Interacionismo Sociodiscursivo representado por Bronckart (2012[1996]) e autores que dialogam com essas duas concepções: Cristovão (2002); Dolz, Noverraz e Schneuwly (2004[2001]); Costa-Hübes (2008, 2014) entre outros. O processo investigativo inscreveu-se, assim, na Linguística Aplicada, sustentado pela abordagem qualitativa interpretativista, de cunho etnográfico, uma vez que procurou refletir sobre o desenvolvimento de capacidades linguístico-discursivas por meio do trabalho com o gênero Regras de Jogo. No procedimento de geração de dados adotamos o seguinte percurso: no primeiro momento, recorremos à pesquisa diagnóstica por meio da análise de coleções de livros didáticos, entrevista com professores de Língua Portuguesa, atividades explorando o gênero em foco, com o propósito de verificar como os gêneros, e mais especificamente, Regras de Jogo, é compreendido e trabalhado na escola e aplicação de questionário subjetivo aos alunos. No segundo momento, ampliamos nosso conhecimento sobre as Regras de Jogo, por meio da elaboração de um Modelo Didático do Gênero para, a partir das constatações propiciadas por esse modelo, elaborar e aplicar uma sequência didática explorando os conteúdos ensináveis desse instrumento para o aprimoramento da linguagem. No terceiro momento, desenvolvemos uma pesquisa-ação (TRIPP, 2005), tomando, como ponto de partida, a aplicação de uma sequência didática na turma selecionada e análise dos resultados alcançados. Como resultado desse processo, constatamos o avanço dos alunos no sentido de produzir e apresentar instruções, tanto nas atividades de leitura e escrita, quanto nas interações em sala de aula e no encontro com as famílias. Por meio das atividades de leitura, constatamos que os alunos se apropriaram de maneira satisfatória do conteúdo temático, da construção composicional e do estilo do gênero Regras de Jogo, desenvolvendo importantes reflexões sobre sua circulação na sociedade. As produções escritas demonstraram a apropriação teórica e prática dos alunos quanto ao gênero em estudo e a função social da escrita. As atividades de reescrita contribuíram para que os alunos refletissem sobre os elementos linguísticos e aperfeiçoassem a materialidade de seus textos. Assim, o trabalho com o gênero Regras de Jogo colocou os alunos em uma situação real de comunicação discursiva, conforme o planejado, e possibilitou-lhes ampliarem sua capacidade de instruir e prescrever ações e de ler responsivamente um texto.
English abstract:Aiming to develop a contextualized practice in this research, we focused on the theme "Working with the speech genre Game Rules in reading and writing teaching," once we recognize genres as teaching and learning instruments, because we understand that they present the real conditions of socio-historical-ideological achievement of language. In this perspective, we try to answer to the following questions: could the work with the speech genre Game Rules contribute to the development of discursive competence in students of the 6th year, enabling them to interact in social practices that require the ability to injunctive language? A teaching procedure with this genre can help improve reading comprehension and also promote the production of written texts, so that they can instruct and lead the interlocutor towards the desired actions by the speaker? Considering these issues, we draw as general objective to reflect, through studies, development and implementation of a Didactic Sequence with the genre Game Rules, on the importance of working with speech genres in elementary school, specifically with students of the 6th year in perspective of developing the ability to instruct and prescribe actions by reading and textual production. The theoretical and methodological basis was anchored in the Dialogic Conception of Language (Bakhtin/Volochínov, 2009[1929]; Bakhtin, 2010[1079]), outlining possible approaches to the Social-discursive Interactionism represented by Bronckart (2012[1996]) and authors that dialogue with these two conceptions: Cristovão (2002); Dolz, Noverraz and Schneuwly (2004 [2001]); Costa-Hübes (2008, 2014) among others. The investigative process is thus located in Applied Linguistics, supported by interpretative qualitative approach, of ethnographic nature, once tried to reflect on the development of linguistic and discursive skills through the work with the Game Rules genre. In the data generation procedure, we adopted the following route: at first, we used the diagnostic research through interviews with Portuguese teachers language, analysis of textbook collections, survey applied to students, and activities exploring the genre in focus, for the purpose of verifying how the genres, and more specifically, Game Rules, is understood and worked at school. In the second phase, we expanded our knowledge of the Game Rules, through the development of a Didactic Model of the Genre in order to, from discoveries produced by this model, develop and implement a didactic sequence exploring the teachable content of this instrument for the improvement of language. On the third moment, we developed an action-research (TRIPP, 2005), taking as a starting point, the application of a didactic sequence in the selected class and analysis of the achieved results. As a result of this process, we verified the progress of the students in order to produce and present instructions in both reading and writing activities, and in interactions in the classroom and in the meeting with their families. Through reading activities, we found that students have appropriated of the thematic content, of the compositional construction and of the genre style Game Rules, in a satisfactory way, developing important reflections on their movement in society. The written productions demonstrated the student s theoretical and practical appropriation according to the genre in study and the social function of writing. The rewriting activities contributed to the student s reflection on the linguistic elements and perfected the materiality of their texts. Thus, working with the Game Rules genre put students in a real situation of discursive communication, as planned, and enabled them to increase their ability to instruct and prescribe actions and to read a text responsively.