Estudo morfológico de tendões flexores de eqüinos

A proposta deste estudo é a de descrever as características morfológicas dos tendões dos músculos flexores superficial (TMFSD) e profundo (TMFPD) dos dedos de eqüinos e focalizar suas diferenças. O material utilizado foi obtido de quatro segmentos tendíneos colhidos dos membros torácicos e pélvicos,...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2003
Main Author: Ferraro, Gisela Cristiane [UNESP]
Other Authors: Moraes, Julieta Rodini Engrácia de [UNESP], Pereira, Gener Tadeu [UNESP], Bueno de Camargo, Mauro Henrique [UNESP], Moraes, Flávio Ruas de [UNESP]
Document type: Article
Language:por
Published: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)
Portuguese subjects:
English subjects:
Online Access:http://hdl.handle.net/11449/30335
http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95962003000200005
Citation:Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo, v. 40, n. 2, p. 117-125, 2003.
Portuguese abstract:A proposta deste estudo é a de descrever as características morfológicas dos tendões dos músculos flexores superficial (TMFSD) e profundo (TMFPD) dos dedos de eqüinos e focalizar suas diferenças. O material utilizado foi obtido de quatro segmentos tendíneos colhidos dos membros torácicos e pélvicos, de sete cadáveres de eqüinos adultos sem lesões macroscópicas diagnosticadas. Os segmentos examinados do TMFSD foram: junção músculo-tendínea, terço médio do terceiro metacarpo ou metatarso, terço distal do terceiro metacarpo ou metatarso e extremidade distal da falange proximal. Por sua vez, para o TMFPD: junção músculo-tendínea, região do terço médio do terceiro metacarpo ou metatarso, região do ligamento frenador inferior e região da falange média. Os resultados evidenciaram algumas diferenças histológicas na distribuição e localização dos componentes entre segmentos do mesmo tendão e entre tendões torácicos e pélvicos, especialmente para a quantidade de condrócitos, que mostrou ser maior na região do terço médio do terceiro metacarpo ou metatarso, tanto para os membros torácicos como para os pélvicos do TMFSD. No caso do TMFPD, o maior número de tais células foi observado na região do terço médio do terceiro metacarpo dos membros torácicos e na região da falange média dos membros pélvicos.
English abstract:The objective of the present study was to describe the normal appearance of the superficial (SDFT) and deep (DDFT) digital flexor tendons of horses and to focus on the differences between their histological constituents. Morphological study was performed on the four tendon segments collected from the thoracic and pelvic limbs of seven fresh cadavers of adult horses without previously diagnosed clinical lesions. The segments analyzed were the muscle-tendon junction, middle third and third distal of the third metacarpus/metatarsus and distal extremity of the proximal phalanx for the SDFT, and muscle-tendon junction, middle third of the third metacarpus/metatarsus, region of the check ligament and region of the middle phalanx for the DDFT. The results showed some histological differences in the distribution and localization of the components between segments of the same tendon and between thoracic and pelvic tendons, especially in terms of the quantity of fibrocartilage cells; that is revealed higher in the middle third region of the third metacarpus/metatarsus both for the thoracic and the pelvic limbs for the SDFT and highest counts in the region of the middle third of the third metacarpus for the thoracic limbs and in the region of the middle phalanx for the pelvic limbs for the DDFT.