Propriedades mecânicas de três fios de sutura no reparo do tendão do músculo flexor profundo do dedo de cães

Considerando a complexidade da cicatrização tendínea e os fatores que interferem no fenômeno, o escopo desse trabalho foi o de avaliar comparativamente as diferenças nas propriedades biomecânicas dos materiais usualmente utilizados em tenorrafia. Para tanto tendões dos músculos flexores profundo dos...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2003
Main Author: Moraes, Julieta Rodini Engrácia de [UNESP]
Other Authors: Fávaro, Andresa Fabiana, Shimano, Antônio Carlos, Ferraro, Gisela Cristiane [UNESP], Moraes, Flávio Ruas de [UNESP]
Document type: Article
Language:por
Published: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)
Portuguese subjects:
English subjects:
Dog
Online Access:http://hdl.handle.net/11449/30341
http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95962003000600008
Citation:Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo, v. 40, n. 6, p. 443-451, 2003.
Portuguese abstract:Considerando a complexidade da cicatrização tendínea e os fatores que interferem no fenômeno, o escopo desse trabalho foi o de avaliar comparativamente as diferenças nas propriedades biomecânicas dos materiais usualmente utilizados em tenorrafia. Para tanto tendões dos músculos flexores profundo dos dedos de cães (TMFPD) foram colhidos de nove cães mestiços adultos que vieram à óbito sem diagnóstico de lesões no aparelho locomotor. Os 18 TMFPD dos membros torácicos foram aleatoriamente selecionados em três grupos e submetidos à tenotomia e tenorrafia utilizando fios Prolene®, Nylon® e Vicryl®. Para a sutura do epitendão utilizou-se fios de diâmetro 6.0 e para o endotendão 4.0. Os tendões foram suturados com um desses materiais de sutura utilizando a técnica de Kessler modificada. O estudo foi dividido em dois ensaios: Ensaio1: Os tendões ensaiados foram testados na máquina universal de ensaios biomecânicos e as propriedades avaliadas foram: Limite Máximo (LM), Limite de Elasticidade (LE), Rigidez (RG) e Resiliência (RS). Ensaio2: os fios de mononailon, ácido poliglicólico e polipropileno nos diâmetros 6.0 e 4.0 foram testados isoladamente quanto às propriedades Limite Máximo (LM), Rigidez (RG) e Resiliência (RS). Nas condições em que foi realizado o presente estudo os resultados permitem inferir que embora o Vicryl® tenha apresentado a maior rigidez, mostrou-se o mais apropriado para tenorrafias experimentais em cães, uma vez que em todas as outras propriedades biomecânicas apontou o melhor desempenho nos testes empregados.
English abstract:Regarding the complexity of healing tendon and the factors that interfere with this, the aim of this study was to evaluate the comparison between the suture materials. Canine flexor digitorum profundus (FDP) tendons were collected from nine healthy mongreal adult dogs. The 18 thoracic FDP were randomly selected in three groups of tendons submited of tenotomy and tenorraphy using Prolene®, Nylon® e Vicryl®. The diameter 6.0 for epitendon and 4.0 for endotendon. The tendons were then repaired using one of suture material with the modified Kessler technique. The study was divided in two ensays. Ensay1: The tendons repaired were tested in Assay Universal Machine and were evaluate the biomechanical properties refering to Maximum Limit (ML), Elasticity Limit (EL), Rigidity (RG) and Resilience (RS). Ensay2: Prolene®, Nylon® e Vicryl® 6.0 and 4.0 size were tested alone. Although Vicryl® it has been the more rigid suture material, this revealed to be the most appropriate thread for the experimental tenorrafia in dogs, because among all the other appraised mechanical properties it was what obtained the best results.