Formação e manejo de um plantel de reprodutores do beijupirá (Rachycentron canadum) em Pernambuco

Cobia (Rachycentron canadum) is a neritic and epipelagic fish that presents an active behavior due to the lack of gas bladder. It is naturally found in tropical and subtropical waters of every ocean, except the eastern Pacific. Due to its high growth rate, good commercial value and fine quality meat...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: PEREGRINO JÚNIOR, Ronaldo Barradas lattes
Advisor: CAVALLI, Ronaldo Olivera
Co-advisor: HAZIN, Fábio Hissa Vieira
Referee: TESSER, Marcelo Borges, SEVERI, William, OLIVEIRA, Paulo Guilherme Vasconcelos de
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Program: Programa de Pós-Graduação em Recursos Pesqueiros e Aquicultura
Department: Departamento de Pesca e Aquicultura
Portuguese subjects:
English subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6504
Citation:PEREGRINO JÚNIOR, Ronaldo Barradas. Formação e manejo de um plantel de reprodutores do beijupirá (Rachycentron canadum) em Pernambuco. 2009. 56 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Recursos Pesqueiros e Aquicultura) - Universidade Federal Rural de Pernambuco,Recife.
Portuguese abstract:O beijupirá (Rachycentron canadum) é um peixe nerítico e epipelágico, de hábito ativo, devido à ausência de bexiga natatória, e com ampla distribuição em águas tropicais e subtropicais de todos os oceanos, exceto no leste do Pacífico. Apresenta um grande potencial para a aquicultura, principalmente pela sua elevada taxa de crescimento, alto valor comercial e carne de ótima qualidade. Em vista disso, o Departamento de Pesca e Aquicultura da Universidade Federal Rural de Pernambuco, em parceria com a Aqualider Maricultura Ltda., iniciou os trabalhos de criação desta espécie por meio da formação de um plantel de reprodutores, a partir da captura de indivíduos selvagens. Os peixes capturados foram colocados em tanques com renovação de água e/ou oxigênio puro, transportados até o porto e, por via rodoviária (cerca de 70 km de distância), até o laboratório da Aqualider, no município de Ipojuca, PE. Após anestesia com óleo de cravo (15 a 20 ppm), foi realizada a identificação com marcas plásticas tipo TAG e o sexo determinado através da inserção de uma cânula de aproximadamente 1 mm no orifício urogenital do peixe. Após a reanimação da anestesia, os peixes foram profilaticamente tratados com solução de formol (100 ppm por 30 min) e água doce (máximo 5 min) para retirada de possíveis ectoparasitos. Vinte e nove exemplares foram capturados, dos quais apenas sete sobreviveram. As mortalidades foram mais frequentes no início das capturas. Com a cobertura dos tanques e a maior experiência da equipe, principalmente no manejo e nos procedimentos de aclimatação e tratamento contra parasitas, foi observada uma diminuição significativa na mortalidade. Apesar do número reduzido de reprodutores ao final do processo de aclimatação (duas fêmeas com peso médio de 14 a 16 kg, quatro machos com peso médio de aproximadamente 10 kg e um exemplar sem sexo definido), estes animais produziram 21 desovas fertilizadas e nenhuma desova infértil, as quais resultaram em um total de 48,7 milhões de ovos, dos quais, 24 milhões foram ovos fertilizados (taxa média de fertilização de 49,3%). Em comparação com estudos similares, os resultados aqui obtidos podem ser considerados excelentes. Fica, portanto, demonstrada a viabilidade da metodologia aqui empregada na formação do plantel e manejo de reprodutores de beijupirá.
English abstract:Cobia (Rachycentron canadum) is a neritic and epipelagic fish that presents an active behavior due to the lack of gas bladder. It is naturally found in tropical and subtropical waters of every ocean, except the eastern Pacific. Due to its high growth rate, good commercial value and fine quality meat, it has a great potential for farming. With this in mind, the Department of Fisheries and Aquaculture, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), in association with Aqualider Maricultura Ltda., initiated a joint research effort aiming to form a breeding stock based on the capture of wild specimen. Fish were placed in tanks with constant water renewal and/or pure oxygen, and transported to the laboratory (70 km away). Upon arrival at the lab, fish were anesthetized with clove oil (15 to 20 ppm), tagged and their sex was determined through the insertion of a 1 mm cannula. Fish were also bathed in a formaldehyde solution (100 ppt for 30 min) and freshwater (maximum 5 min) against external parasites. Twenty nine fish were captured, from which only seven survived. Deaths were more frequent at the beginning of the study. As tanks were covered and the team acquired more experience, especially in the acclimation procedures and treatment of parasites, a substantial decreased in deaths resulted. Although at the end of the acclimation process the number of breeders was reduced to seven (two females with mean weight of 14-16 kg, four males with around 10 kg each and a specimen with unknown sex), these animals produced 21 fertilized spawns, which resulted in a total of 48.7 million eggs, from which 24 million were fertilized (mean fertilization of 49.3%). Compared to similar attempts to breed wild cobia in captivity, the present results may be considered excellent. It was therefore demonstrated the viability of the methodology employed here in the formation and management of a cobia breeding stock.