A alfabetização científica, a resolução de problemas e o exercício da cidadania: uma proposta para o ensino de geografia

Nesta tese, investigamos a metodologia da aprendizagem baseada na resolução de problemas (PBL) no ensino de Geografia como proposta para a alfabetização científica e o exercício da cidadania. O trabalho, desenvolvido no contexto de formação de professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental I...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Jerusa Vilhena de Moraes
Advisor: Sonia Maria Vanzella Castellar
Referee: Helena Copetti Callai, Myriam Krasilchik, Lúcia Helena Sasseron Roberto, Maria Elena Ramos Simielli
Document type: Doctoral thesis
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Program: Educação
Portuguese subjects:
English subjects:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14062010-103955/
Portuguese abstract:Nesta tese, investigamos a metodologia da aprendizagem baseada na resolução de problemas (PBL) no ensino de Geografia como proposta para a alfabetização científica e o exercício da cidadania. O trabalho, desenvolvido no contexto de formação de professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II, contribui para uma maior reflexão acerca de propostas voltadas à melhoria da prática pedagógica (no que diz respeito aos professores) e da aprendizagem de conceitos científicos (no que diz respeito a professores e alunos). Acreditamos que essa proposta para o ensino de Geografia, entendida como metodologia, pode permitir a compreensão, por parte do aluno, de conceitos das áreas comumente tratadas em sala de aula como antagônicas (Geografia Física e a Humana) e uma articulação entre a teoria e a prática. Do ponto de vista curricular, a proposta auxilia na estruturação de planos de aulas que enfatizam não apenas o conteúdo, mas a aprendizagem de conceitos científicos, habilidades e procedimentos ligados às diferentes áreas do conhecimento. Os teóricos que abordam essa questão no ensino escolar (LAMBROS, 2002; LEITE & ESTEVES, 2006, entre outros) mostram que essa metodologia possibilita aos alunos uma aprendizagem de conceitos científicos muito mais significativa e autônoma, auxiliando-os a desenvolver competências e habilidades voltadas para o raciocínio lógico, além da cooperação. Por meio da apresentação de quatro estudos de caso, avaliamos se as atividades desenvolvidas pelos professores são viáveis ou não no processo de aprendizagem, se permitem uma aprendizagem integrada dos conceitos, e se possibilitam uma melhoria do ensino.
English abstract:With this thesis, we investigate the problem based learning inside the Geography teaching as an alternative way to the scientific literacy and the citizenship. This research was developed under the context of Elementary School and the Middle School I and II teacher training, and it can contribute to a higher and wider reflection on propositions to the improvement of pedagogical practices (concerning teachers) and the learning of scientifical concepts (concerning teachers and their students). We do believe that this proposal to the Geography teaching, understood as a methodology, can allow the knowledge, by the students, of some concepts that have been normally presented at school in an antagonical way (Human Geography and the Physical Geography). Moreover, a link between practice and theory will be possible. Considering lesson plans, this proposition can help to organize classes, not just emphasizing the content, but the learning of some scientifical concepts and, at the same time, the abilities and proceedings linked to different areas of knowledge. Scholars dealing with teaching (LAMBROS, 2002; LEITE & ESTEVES, 2006, and others) have been showing that this methodology enable the students a more independent and meaningful learning of scientifical concepts, helping them to develop the competencies and abilities linked to the logical reasoning and cooperation. Presenting four different cases, we study whether the activities can or not be used during the learning process, whether they allow an integrated learning process and whether they contribute to an improvement of the teaching.