O teatro da escrita em Fernando Pessoa

Este estudo propõe-se a ampliar a compreensão do conceito de drama na obra de Fernando Pessoa, para quem o elemento dramático constituiria o traço distintivo das grandes criações literárias, bem como um dos pilares da heteronímia. Um dos eixos centrais da dissertação consiste em repensar a equivalên...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Flávio Rodrigo Vieira Lopes Penteado Corrêa
Advisor: Caio Márcio Poletti Lui Gagliardi
Referee: Marco Aurelio Pinotti Catalão, Lilian Jacoto
Document type: Master thesis
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Program: Letras (Literatura Portuguesa)
Portuguese subjects:
English subjects:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-29092015-154229/
Portuguese abstract:Este estudo propõe-se a ampliar a compreensão do conceito de drama na obra de Fernando Pessoa, para quem o elemento dramático constituiria o traço distintivo das grandes criações literárias, bem como um dos pilares da heteronímia. Um dos eixos centrais da dissertação consiste em repensar a equivalência das expressões poeta dramático e dramaturgo, constantemente empregadas pelo autor em referência a seu processo criativo. Sustenta-se que Pessoa terá relativizado as fronteiras entre essas categorias ao conceber pelo menos dois meios distintos de lidar com a forma dramática: por um lado, prevê a criação de um drama que se situe fora da esfera dramatúrgica propriamente dita, composto pela série de livros que daria origem às suas obras completas, abrangendo diversos gêneros literários e um único universo de relações; por outro lado, empenha-se na composição de dramas que, sendo dramas em sentido estrito, escapam às principais convenções do gênero, ao desestabilizarem categorias tradicionais como as de ação, diálogo, enredo e personagem.
English abstract:This study proposes to expand the comprehension of the concept of drama in the work of Fernando Pessoa, for whom the dramatic factor would determine traces of grand literary creations, as well as of the bases of heteronymy. One of the key intentions of this dissertation is to rethink the equivalence of both terms dramatic poet and dramatist, which were constantly used by the author to make reference to his own creative process. It is stated that Pessoa would have relativized the boundaries between those terms by conceiving at least two different ways of approaching the dramatic form: on the one hand he presupposes the creation of a drama that is situated outside the dramaturgic sphere per se, which would comprise the books, including many different literary genres and a single relation between different authors that were to be compiled in his complete works; on the other hand he engages himself in the composition of dramas, in a strict sense, that escape the common places of the genre by destabilizing traditional categories such as action, dialogue, plot and characters.