Levantamento preliminar das espécies de trepadeiras em um fragmento de floresta ombrófila mista, Mato Rico, Paraná

No Paraná existem poucos estudos envolvendo trepadeiras. A Estação Ecológica Municipal Colombo é uma Unidade de Conservação pertencente ao município de Mato Rico – PR, com 318 ha. Ainda não existem estudos botânicos na área, e este levantamento poderá compor o plano de manejo da Estação Ecológica. E...

Full description

Access type:embargoedAccess
Publication Date:2015
Main Author: Estevam, Renata
Advisor: Caxambú, Marcelo Galeazzi
Referee: Caxambú, Marcelo Galeazzi, Souza, Débora Cristina de, Ferreira, José Hilário Delconte
Document type: Bachelor thesis
Language:por
Published: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Campo Mourao
Program: Engenharia Ambiental
Department: Departamento Acadêmico de Ambiental
Portuguese subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5138
Citation:ESTEVAM, Renata. Levantamento preliminar das espécies de trepadeiras em um fragmento de floresta ombrófila mista, Mato Rico, Paraná. 2015. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2015.
Portuguese abstract:No Paraná existem poucos estudos envolvendo trepadeiras. A Estação Ecológica Municipal Colombo é uma Unidade de Conservação pertencente ao município de Mato Rico – PR, com 318 ha. Ainda não existem estudos botânicos na área, e este levantamento poderá compor o plano de manejo da Estação Ecológica. Este estudo teve como objetivo o levantamento florístico de espécies de trepadeiras, juntamente com a identificação de suas síndromes de dispersão e hábito trepador. As coletas foram realizadas mensalmente em um período de agosto a novembro de 2015, vale ressaltar que o espaço amostral não foi suficiente, uma vez que, definiu se o caráter do levantamento florístico como preliminar. As classificações das síndromes de dispersão e habito trepador, seguiram as metodologias de observação de campo, consulta e registros presentes no acervo do Herbário HCF e apoio fundamentado a partir de revisão bibliográfica. Foram registradas 14 espécies de trepadeiras, distribuídas em nove famílias botânicas. O resultado obtido demonstrou que a família com maior representatividade foi Bignoniaceae, com três espécies registradas, assim como outros estudos em Floresta Ombrófila Mista (FOM), seguidas por Sapindaceae, Curcubitaceae, Malpighiaceae com duas espécies, e respectivamente famílias da Amaranthaceae, Euphorbiaceae, Loganiaceae, Malvaceae, Violaceae, com uma espécie cada. Em relação as síndromes de dispersão, a mais frequente foi a anemocoria com sete espécies de trepadeiras, que representou 50,00%. O habito trepador predominante foi o preênsil (trepadeiras com gavinhas), com sete espécies, com representatividade de 50 %. Para Estação Ecológica Municipal Colombo, recomenda-se continuação do levantamento florístico, uma vez que, os dados levantados se exerceram por meio de uma pequeno esforço amostral, o que demonstra que demais espécies podem ser abordadas se respeitado o ano biológico, inferindo assim a biota enriquecimento do ponto de vista florístico e regeneração natural.
In Paraná there are few survey studies of vine species for Mixed Rain Forest. The Municipal Ecological Station Colombo is a recent Conservation Unit, possessing the largest jurisdiction between protected areas belonging to the municipality of Mato Rico - PR. There are no botanical studies in the area, and this survey will form the management plan for the Ecological Station. This study aimed to survey the floristic species of vines, together with the identification of their syndromes of dispersion and climbing habit. The Samples were collected monthly in a period from August to November 2015, it is noteworthy that the sample space was not enough, since it defined the character of the floristic survey as a preliminary. The ratings of dispersal syndromes and climbing habit, following the methodologies of field observation, consultation and present records within the Herbarium HCF dependencies and based support from literature review. They recorded 14 species of vines, distributed in 9 botanical families. The result showed that the family with more representation was Bignoniaceae, with three species recorded, as well as other studies in MRF, followed by Sapindaceae, Curcubitaceae, Malphiguiaceae with 2 species, and respectively families of Amaranthaceae, Euphorbiaceae, Loganiaceae, Malvaceae, Violaceae, with 1 species each. In relation to dispersal syndromes, the most frequent was the anemochory with 7 species of vines, which accounted for 50.00%. The predominant habit climber was the prehensile (vines with tendrils), with 7 species belonging to represented 50%. For Municipal Ecological Station Colombo, it is recommended continuation of floristic survey, since the data collected is exercised through a small sampling effort, which demonstrates that other species can be addressed if compliance with the biological year, thus inferring the biota enrichment of floristic point and natural regeneration.