Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.

Bibliographic Details
Main Author: Filizola, Heloisa Ferreira
Publication Date: 2022
Other Authors: Luiz, Alfredo José Barreto
Format: Dataset
Source: Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape)
Download full: https://doi.org/10.48432/XNHRK7
Summary: Os dados aqui disponibilizados foram usados para verificar a influência do tempo, em função do número de cortes na cana-de-açúcar, nas características físicas e no carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distroférricos. Foram avaliados os solos de cinco áreas ocupadas por cana-de-açúcar, sob cultivo mínimo, localizadas em Guaíra SP, submetidas a diferentes números de corte (1, 3, 5, 7 e 8 cortes). No Brasil, essa cultura é semi perene, permitindo ser colhida por vários anos antes de ser necessário o replantio numa mesma área. Quando era comum a prática da queima da palha da cana ainda em pé, antes da colheita, para facilitar o trabalho de corte, eram realizadas, em média, de 4 a 5 colheitas. Com o fim da queima e a adoção da colheita mecanizada, que deixa a maior parte da palha da cana sobre o terreno e só remove a parte do colmo que será utilizada na usina para moagem, o número de cortes aumentou, e a média atual é de 7 a 8 colheitas economicamente viáveis antes de ser necessária a reforma do canavial. Assim, para estudar o efeito do tempo de permanência da cultura sem movimentação de solo sobre suas características, foram amostrados solos semelhantes, mas com canaviais de idades diferentes. Todos os locais de coletas estão situados no território do município de Guaíra, norte do estado de São Paulo, Brasil (latitude 20°25’ S, longitude 48°12’ W). O local de número 6, localizado sob uma mata natural, foi escolhido como referência para avaliação do Latossolo Vermelho distroférrico em condições naturais, ou seja, sem ter sido submetido a nenhum tipo de manejo agrícola. O local apresenta proximidade física e semelhança de relevo com o ambiente das demais fazendas analisadas, que não ofereciam área disponível com as mesmas características e ainda com vegetação natural ou próxima da mata original que recobria a região no passado. Os solos foram coletados em trincheiras até a profundidade de 1,00 m. O solo coletado foi enviado ao laboratório de Física de Solos da Embrapa Meio Ambiente para a avaliação de vários parâmetros, a saber: quantidade de areia, quantidade de argila, diâmetro médio ponderado (DMP), densidade aparente do solo (Ds), porosidade total, macroporosidade, argila dispersa em água (ADA) e carbono orgânico.
id EMBRAPA-08_b36ddc0713d2b028e6c14f6e2b4fcd14
oai_identifier_str doi:10.48432/XNHRK7
network_acronym_str EMBRAPA-08
network_name_str Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape)
repository_id_str
spelling https://doi.org/10.48432/XNHRK7Filizola, Heloisa FerreiraLuiz, Alfredo José BarretoTempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.Time of continuous sugarcane cultivation and influence on physical characteristics and organic carbon of ‘Latossolos Vermelhos Distroférricos’ in Guaíra/SP.RedapeOs dados aqui disponibilizados foram usados para verificar a influência do tempo, em função do número de cortes na cana-de-açúcar, nas características físicas e no carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distroférricos. Foram avaliados os solos de cinco áreas ocupadas por cana-de-açúcar, sob cultivo mínimo, localizadas em Guaíra SP, submetidas a diferentes números de corte (1, 3, 5, 7 e 8 cortes). No Brasil, essa cultura é semi perene, permitindo ser colhida por vários anos antes de ser necessário o replantio numa mesma área. Quando era comum a prática da queima da palha da cana ainda em pé, antes da colheita, para facilitar o trabalho de corte, eram realizadas, em média, de 4 a 5 colheitas. Com o fim da queima e a adoção da colheita mecanizada, que deixa a maior parte da palha da cana sobre o terreno e só remove a parte do colmo que será utilizada na usina para moagem, o número de cortes aumentou, e a média atual é de 7 a 8 colheitas economicamente viáveis antes de ser necessária a reforma do canavial. Assim, para estudar o efeito do tempo de permanência da cultura sem movimentação de solo sobre suas características, foram amostrados solos semelhantes, mas com canaviais de idades diferentes. Todos os locais de coletas estão situados no território do município de Guaíra, norte do estado de São Paulo, Brasil (latitude 20°25’ S, longitude 48°12’ W). O local de número 6, localizado sob uma mata natural, foi escolhido como referência para avaliação do Latossolo Vermelho distroférrico em condições naturais, ou seja, sem ter sido submetido a nenhum tipo de manejo agrícola. O local apresenta proximidade física e semelhança de relevo com o ambiente das demais fazendas analisadas, que não ofereciam área disponível com as mesmas características e ainda com vegetação natural ou próxima da mata original que recobria a região no passado. Os solos foram coletados em trincheiras até a profundidade de 1,00 m. O solo coletado foi enviado ao laboratório de Física de Solos da Embrapa Meio Ambiente para a avaliação de vários parâmetros, a saber: quantidade de areia, quantidade de argila, diâmetro médio ponderado (DMP), densidade aparente do solo (Ds), porosidade total, macroporosidade, argila dispersa em água (ADA) e carbono orgânico.The data available here were used to verify the influence of time, as a function of the number of harvest seasons in sugarcane, on the physical characteristics and on the organic carbon of ‘Latossolos Vermelhos Distroférricos’ (soils with a base saturation of < 50% and Fe2O3 (by H2SO4) contents from 180 g kg-1 to < 360 g kg-1 soil, both in most of the first 100 cm of the B horizon, including BA). The soils of five areas occupied by sugarcane, under minimum cultivation, located in Guaíra/SP, submitted to different number of harvest seasons (1, 3, 5, 7 and 8 cuts) were evaluated. In Brazil, this crop is semi-perennial, allowing it to be harvested for several years before being replanted in the same area. When it was common practice to burn the cane straw while it was still standing, before harvesting, to facilitate the cutting work, an average of 4 to 5 harvests were carried out. With the end of burning and the adoption of mechanized harvesting, which leaves most of the sugarcane straw on the ground and only removes the part of the stalk that will be used in the mill for grinding, the number of cuts has increased, and the current average is 7 to 8 economically viable harvests before sugarcane reform is necessary. Thus, in order to study the effect of the permanence time of the crop without soil movement on its characteristics, similar soils were sampled, but with sugarcane fields of different ages. All sampling sites are located in the territory of the municipality of Guaíra, north of the state of São Paulo, Brazil (latitude 20°25'S, longitude 48°12'W). Site number 6, located under a natural forest, was chosen as a reference for the evaluation of ‘Latossolo Vermelho Distroférrico’ under natural conditions, that is, without having been subjected to any type of agricultural management. The location has physical proximity and similarity in relief with the environment of the other farms analyzed, which did not offer an available area with the same characteristics and still with natural vegetation or close to the original forest that covered the region in the past. Soils were collected in trenches to a depth of 1.00 m. The collected soil was sent to the Embrapa Meio Ambiente Soil Physics laboratory for the evaluation of several parameters, namely: amount of sand, amount of clay, weighted average diameter (DMP), apparent soil density (Ds), total porosity, macroporosity, water-dispersed clay (ADA) and organic carbon.2022-08-11info:eu-repo/semantics/openAccesshttps://www.redape.dados.embrapa.br/licenses/embrapa-by-nc-4.0.xhtmlAgricultural Scienceslatossolo vermelho escuroestrutura do solocondutividade hidráulicaporosidadecana de açúcarsoil structurehydraulic conductivitysoil pore systemsugarcanecontinuous croppingsoil conservationinfo:eu-repo/semantics/datasetinfo:eu-repo/semantics/datasetinfo:eu-repo/semantics/publishedVersionDatasetreponame:Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape)instname:EMBRAPAinstacron:EMBRAPARepositório de Dados de PesquisaPUBhttps://www.redape.dados.embrapa.br/oaiopendoar:2022-08-28T05:00:01Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape) - EMBRAPAfalsedoi:10.48432/XNHRK7
dc.title.none.fl_str_mv Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
Time of continuous sugarcane cultivation and influence on physical characteristics and organic carbon of ‘Latossolos Vermelhos Distroférricos’ in Guaíra/SP.
title Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
spellingShingle Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
Filizola, Heloisa Ferreira
Agricultural Sciences
latossolo vermelho escuro
estrutura do solo
condutividade hidráulica
porosidade
cana de açúcar
soil structure
hydraulic conductivity
soil pore system
sugarcane
continuous cropping
soil conservation
title_short Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
title_full Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
title_fullStr Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
title_full_unstemmed Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
title_sort Tempo de cultivo contínuo de cana-de-açúcar e influência nas características físicas e carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distróficos em Guaíra/SP.
author Filizola, Heloisa Ferreira
author_facet Filizola, Heloisa Ferreira
Luiz, Alfredo José Barreto
author_role author
author2 Luiz, Alfredo José Barreto
author2_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Filizola, Heloisa Ferreira
Luiz, Alfredo José Barreto
dc.subject.none.fl_str_mv Agricultural Sciences
latossolo vermelho escuro
estrutura do solo
condutividade hidráulica
porosidade
cana de açúcar
soil structure
hydraulic conductivity
soil pore system
sugarcane
continuous cropping
soil conservation
topic Agricultural Sciences
latossolo vermelho escuro
estrutura do solo
condutividade hidráulica
porosidade
cana de açúcar
soil structure
hydraulic conductivity
soil pore system
sugarcane
continuous cropping
soil conservation
description Os dados aqui disponibilizados foram usados para verificar a influência do tempo, em função do número de cortes na cana-de-açúcar, nas características físicas e no carbono orgânico de Latossolos Vermelhos distroférricos. Foram avaliados os solos de cinco áreas ocupadas por cana-de-açúcar, sob cultivo mínimo, localizadas em Guaíra SP, submetidas a diferentes números de corte (1, 3, 5, 7 e 8 cortes). No Brasil, essa cultura é semi perene, permitindo ser colhida por vários anos antes de ser necessário o replantio numa mesma área. Quando era comum a prática da queima da palha da cana ainda em pé, antes da colheita, para facilitar o trabalho de corte, eram realizadas, em média, de 4 a 5 colheitas. Com o fim da queima e a adoção da colheita mecanizada, que deixa a maior parte da palha da cana sobre o terreno e só remove a parte do colmo que será utilizada na usina para moagem, o número de cortes aumentou, e a média atual é de 7 a 8 colheitas economicamente viáveis antes de ser necessária a reforma do canavial. Assim, para estudar o efeito do tempo de permanência da cultura sem movimentação de solo sobre suas características, foram amostrados solos semelhantes, mas com canaviais de idades diferentes. Todos os locais de coletas estão situados no território do município de Guaíra, norte do estado de São Paulo, Brasil (latitude 20°25’ S, longitude 48°12’ W). O local de número 6, localizado sob uma mata natural, foi escolhido como referência para avaliação do Latossolo Vermelho distroférrico em condições naturais, ou seja, sem ter sido submetido a nenhum tipo de manejo agrícola. O local apresenta proximidade física e semelhança de relevo com o ambiente das demais fazendas analisadas, que não ofereciam área disponível com as mesmas características e ainda com vegetação natural ou próxima da mata original que recobria a região no passado. Os solos foram coletados em trincheiras até a profundidade de 1,00 m. O solo coletado foi enviado ao laboratório de Física de Solos da Embrapa Meio Ambiente para a avaliação de vários parâmetros, a saber: quantidade de areia, quantidade de argila, diâmetro médio ponderado (DMP), densidade aparente do solo (Ds), porosidade total, macroporosidade, argila dispersa em água (ADA) e carbono orgânico.
publishDate 2022
dc.date.issued.fl_str_mv 2022-08-11
dc.type.openaire.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/dataset
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.none.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/dataset
format dataset
status_str publishedVersion
dc.identifier.url.fl_str_mv https://doi.org/10.48432/XNHRK7
url https://doi.org/10.48432/XNHRK7
dc.rights.openaire.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
https://www.redape.dados.embrapa.br/licenses/embrapa-by-nc-4.0.xhtml
eu_rights_str_mv openAccess
rights_invalid_str_mv https://www.redape.dados.embrapa.br/licenses/embrapa-by-nc-4.0.xhtml
dc.format.none.fl_str_mv Dataset
dc.publisher.none.fl_str_mv Redape
publisher.none.fl_str_mv Redape
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape)
instname:EMBRAPA
instacron:EMBRAPA
instname_str EMBRAPA
instacron_str EMBRAPA
institution EMBRAPA
reponame_str Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape)
collection Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape)
repository.name.fl_str_mv Repositório de Dados de Pesquisa da EMBRAPA (Redape) - EMBRAPA
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1748856809605562368