O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA

Bibliographic Details
Main Author: Rodrigues, Laís Carla Venâncio
Publication Date: 2018
Format: Article
Language: por
Source: Revista Estudos e Pesquisas em Administração
Download full: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7255
Summary: O controle social é dado como a participação cidadã na gestão e fiscalização das ações da Administração Pública, possuindo garantia legal no Brasil. Os Conselhos de Saúde possuem caráter permanente e deliberativo, compostos por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais da área e usuários, atuando na formulação de estratégias e no controle da execução política na instância correspondente. O Estado Racional é sinônimo de Moderno, uma correspondência de superioridade de homens sobre outros, apoiada por meio da coação legítima. Uma burocracia com um funcionamento totalmente eficiente é um tipo ideal, uma estrutura ótima que deve ser almejada no âmbito estatal, sendo sua legitimação tida como dominação racional-legal. O objetivo desse trabalho é averiguar o nível de controle social praticado pelo Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco em 2017 e relacioná-lo à teoria weberiana da burocracia. O procedimento metodológico foi composto por revisão bibliográfica e pesquisa documental através da análise das deliberações oficiais homologadas por resoluções e resumos de atas de reunião, uma vez que as primeiras são precursoras da materialização das atribuições regimentais na prática e as segundas são fontes de informação a respeito dos temas debatidos.
id UFMT-4_7d3b7b5380d92b1aabb65996ea66fd85
oai_identifier_str oai:periodicoscientificos.ufmt.br:article/7255
network_acronym_str UFMT-4
network_name_str Revista Estudos e Pesquisas em Administração
repository_id_str
spelling O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANAControle socialBurocraciaConselho de SaúdeRacionalidadeDemocracia.Controle SocialBurocraciaO controle social é dado como a participação cidadã na gestão e fiscalização das ações da Administração Pública, possuindo garantia legal no Brasil. Os Conselhos de Saúde possuem caráter permanente e deliberativo, compostos por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais da área e usuários, atuando na formulação de estratégias e no controle da execução política na instância correspondente. O Estado Racional é sinônimo de Moderno, uma correspondência de superioridade de homens sobre outros, apoiada por meio da coação legítima. Uma burocracia com um funcionamento totalmente eficiente é um tipo ideal, uma estrutura ótima que deve ser almejada no âmbito estatal, sendo sua legitimação tida como dominação racional-legal. O objetivo desse trabalho é averiguar o nível de controle social praticado pelo Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco em 2017 e relacioná-lo à teoria weberiana da burocracia. O procedimento metodológico foi composto por revisão bibliográfica e pesquisa documental através da análise das deliberações oficiais homologadas por resoluções e resumos de atas de reunião, uma vez que as primeiras são precursoras da materialização das atribuições regimentais na prática e as segundas são fontes de informação a respeito dos temas debatidos.Universidade Federal de Mato Grosso - repadufmt@gmail.com2018-12-31info:eu-repo/semantics/articleinfo:eu-repo/semantics/publishedVersionAvaliado pelos paresapplication/pdfhttps://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/725510.30781/repad.v2i3.7255Journal Study and Research in Administration; Vol. 2 No. 3 (2018): Setembro-Dezembro (2018); 77-95Revista Estudos e Pesquisas em Administração; v. 2 n. 3 (2018): Setembro-Dezembro (2018); 77-952594-755910.30781/repad.v2i3reponame:Revista Estudos e Pesquisas em Administraçãoinstname:Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)instacron:UFMTporhttps://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7255/5226Copyright (c) 2018 Revista Estudos e Pesquisas em Administraçãoinfo:eu-repo/semantics/openAccessRodrigues, Laís Carla Venâncio2020-03-15T16:25:45Zoai:periodicoscientificos.ufmt.br:article/7255Revistahttps://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repadPUBhttps://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/oaicardoso9778@gmail.com||repadufmt@gmail.com2594-75592594-7559opendoar:2020-03-15T16:25:45Revista Estudos e Pesquisas em Administração - Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)false
dc.title.none.fl_str_mv O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
title O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
spellingShingle O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
Rodrigues, Laís Carla Venâncio
Controle social
Burocracia
Conselho de Saúde
Racionalidade
Democracia.
Controle Social
Burocracia
title_short O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
title_full O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
title_fullStr O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
title_full_unstemmed O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
title_sort O CONTROLE SOCIAL NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO EM 2017 E A BUROCRACIA WEBERIANA
author Rodrigues, Laís Carla Venâncio
author_facet Rodrigues, Laís Carla Venâncio
author_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Rodrigues, Laís Carla Venâncio
dc.subject.por.fl_str_mv Controle social
Burocracia
Conselho de Saúde
Racionalidade
Democracia.
Controle Social
Burocracia
topic Controle social
Burocracia
Conselho de Saúde
Racionalidade
Democracia.
Controle Social
Burocracia
description O controle social é dado como a participação cidadã na gestão e fiscalização das ações da Administração Pública, possuindo garantia legal no Brasil. Os Conselhos de Saúde possuem caráter permanente e deliberativo, compostos por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais da área e usuários, atuando na formulação de estratégias e no controle da execução política na instância correspondente. O Estado Racional é sinônimo de Moderno, uma correspondência de superioridade de homens sobre outros, apoiada por meio da coação legítima. Uma burocracia com um funcionamento totalmente eficiente é um tipo ideal, uma estrutura ótima que deve ser almejada no âmbito estatal, sendo sua legitimação tida como dominação racional-legal. O objetivo desse trabalho é averiguar o nível de controle social praticado pelo Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco em 2017 e relacioná-lo à teoria weberiana da burocracia. O procedimento metodológico foi composto por revisão bibliográfica e pesquisa documental através da análise das deliberações oficiais homologadas por resoluções e resumos de atas de reunião, uma vez que as primeiras são precursoras da materialização das atribuições regimentais na prática e as segundas são fontes de informação a respeito dos temas debatidos.
publishDate 2018
dc.date.none.fl_str_mv 2018-12-31
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Avaliado pelos pares
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7255
10.30781/repad.v2i3.7255
url https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7255
identifier_str_mv 10.30781/repad.v2i3.7255
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.relation.none.fl_str_mv https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7255/5226
dc.rights.driver.fl_str_mv Copyright (c) 2018 Revista Estudos e Pesquisas em Administração
info:eu-repo/semantics/openAccess
rights_invalid_str_mv Copyright (c) 2018 Revista Estudos e Pesquisas em Administração
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de Mato Grosso - repadufmt@gmail.com
publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de Mato Grosso - repadufmt@gmail.com
dc.source.none.fl_str_mv Journal Study and Research in Administration; Vol. 2 No. 3 (2018): Setembro-Dezembro (2018); 77-95
Revista Estudos e Pesquisas em Administração; v. 2 n. 3 (2018): Setembro-Dezembro (2018); 77-95
2594-7559
10.30781/repad.v2i3
reponame:Revista Estudos e Pesquisas em Administração
instname:Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
instacron:UFMT
instname_str Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
instacron_str UFMT
institution UFMT
reponame_str Revista Estudos e Pesquisas em Administração
collection Revista Estudos e Pesquisas em Administração
repository.name.fl_str_mv Revista Estudos e Pesquisas em Administração - Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
repository.mail.fl_str_mv cardoso9778@gmail.com||repadufmt@gmail.com
_version_ 1754826566696697856