Mapeando os atos e ações de saúde ofertadas nas unidades da estratégia saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária: ancorando a construção de um indicador sintético em municípios brasileiros

Hospitalization for Primary Care Sensitive Conditions is a set of pathology groups attended in tertiary health services that should have been, a priori, remedied and/or controlled by effective health actions in the primary care. Thus, this research is justified by the need to experience these hospit...

Full description

Access type:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Pereira, Francilene Jane Rodrigues lattes
Advisor: Silva, Cesar Cavalcanti da lattes
Co-advisor: Eufrásio, de Andrade Lima Neto lattes
Document type: Doctoral thesis
Language:por
Published: Universidade Federal da Paraíba
Program: Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde
Department: Ciências Exatas e da Saúde
Portuguese subjects:
English subjects:
Knowledgement areas:
Online Access:https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7963
Citation:PEREIRA, Francilene Jane Rodrigues. Mapeando os atos e ações de saúde ofertadas nas unidades da estratégia saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária: ancorando a construção de um indicador sintético em municípios brasileiros, 2015. 213 f. Tese (Doutorado em Modelos de Decisão e Saúde) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
Portuguese abstract:Denomina-se Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária um conjunto de grupos de patologias atendidas nos serviços de saúde terciários que deveriam ter sido, a priori, sanados e ou controlados por atos e ações de saúde efetivas na atenção primária. Assim, a presente investigação se justifica pela necessidade de experimentar essas internações como indicador de acesso e qualidade da atenção básica brasileira. Para isso, lança-se por objetivo construir um Indicador Estatístico Sintético capaz de fornecer dados relativos à dialogicidade entre as Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária e as ações de saúde ofertadas nas Unidades da Estratégia Saúde da Família em todo o território nacional, além de compreender a evolução temporal da ocorrência das Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária no Brasil e nas cidades com escores extremos no indicador a partir das implicações sócio-político-econômicas que interferem nas ações de saúde ofertadas no nível primário de atenção à saúde. Defende-se a tese que a existência de um indicador estatístico sintético capaz de fundamentar as tomadas de decisão nas Unidades de Saúde da Família auxiliará o sistema de referência e contra referência, dando-lhe segurança e rapidez. Trata-se de estudo ecológico de abordagens quantitativa e qualitativa, realizado a partir da base de dados secundários do Sistema de Informações Hospitalares com seleção das frequências absolutas do Diagnóstico principal da internação das patologias sensíveis à atenção primária por cidades brasileiras com mais de 100.000 habitantes nos anos de 2009 a 2014, seguido de agrupamentos de patologias, transformadas em taxas por 10.000 habitantes e processados através da técnica de Análise de Componentes Principais com auxílio das ferramentas TabNetWin 32 2.7, Excel for Windows e software R 3.0.3. A análise qualitativa foi subsidiada pela análise de situacionalidade. Os resultados demonstraram uma tendência à redução das Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária nos últimos anos, destacando-se entre as condições com elevados percentuais de internações, as pneumonias, as doenças cerebrovasculares e a insuficiência cardíaca. Entre as regiões brasileiras, apesar de apresentarem valores aproximados em taxas, o Norte e o Sudeste se destacaram pela maior e menor incidência destas internações, respectivamente. Foi utilizado o método de Análise de Componentes Principais a partir da matriz de covariância dos dados para fundamentar a construção do Indicador Estatístico Sintético e o ranqueamento dos municípios. Em 2014, Nilópolis, no estado do Rio de Janeiro e Altamira no Pará ocuparam a melhor e pior posição entre os municípios estudados. Evidenciou-se também, que a maioria dos 15 piores municípios estava localizada nas regiões Norte e Nordeste do país. No escore em classes a partir indicador registra-se um baixo percentual de municípios nas classes intermediária e ruim. Embora avanços sejam percebidos no quadro da atenção primária à saúde no Brasil, a perspectiva de redução total das ICSAP a valores mínimos, como é desejável, ainda se encontra no plano das utopias. A utilização do presente indicador sintético poderá constituir-se um potente instrumento a serviço dos gestores no sentido de subsidiar propostas de ações de saúde nos territórios sob sua responsabilidade em situações que necessitem de maior atenção neste campo.
English abstract:Hospitalization for Primary Care Sensitive Conditions is a set of pathology groups attended in tertiary health services that should have been, a priori, remedied and/or controlled by effective health actions in the primary care. Thus, this research is justified by the need to experience these hospitalizations as an indicator of access and quality of the Brazilian primary care. For this, the objective is to build a Synthetic Statistical Indicator able to provide data on dialogicity between Hospitalization for Primary Care Sensitive Conditions and health actions offered in the Strategy Units of the Family Health throughout the national territory, besides understanding the temporal evolution of the occurrence of Hospitalization for Primary Care Sensitive Conditions in Brazil and in cities with extreme scores in the indicator from the socio-political and economic implications that interfere in health care offered at the primary level of health care. The thesis defended is that the existence of a synthetic statistical indicator able to support decision making in the Family Health Units will assist the reference and counter reference system, providing safety and quickness to it. It is an ecological study of quantitative and qualitative approaches conducted from the secondary database of Hospital Information System with a selection of the absolute frequencies of the main Diagnosis for hospitalization of diseases sensitive to primary care per Brazilian city with over 100,000 inhabitants from 2009 to 2014, followed by groups of pathologies transformed into rates per 10,000 inhabitants and processed by the Principal Component Analysis technique with the help of TabNet Win 32 2.7 tools, Excel for Windows and software R 3.0.3. Qualitative analysis was funded by situationality analysis. The results showed a trend to reducing Hospitalization for Primary Care Sensitive Conditions in recent years, especially the ones standing out with the higher percentages, which are pneumonia, cerebrovascular disease and heart failure. Among Brazilian regions, despite presenting approximate values in rates, the North and the Southeast stood out for the highest and lowest incidence of these hospitalizations, respectively. The Main Component Analysis method was used from the data covariance matrix to support the construction of a Synthetic Statistical Indicator and the ranking of cities. In 2014, Nilópolis in the state of Rio de Janeiro and Altamira in the state of Pará occupied the best and worst position among the cities studied. It was also noticed that the majority of the fifteen worst cities were located in the North and Northeast. In the score in classes according to the indicator, a low percentage of cities in intermediate and poor classes was registered. Although progress is perceived in the context of primary health care in Brazil, the prospect of total reduction of ICSAP to minimum, as it is desirable, is still at the level of utopias. The use of this synthetic indicator will be a powerful tool to service managers in order to subsidize proposals for health actions in the territories under their responsibility in situations requiring greater attention in this field.