Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano

Detalhes bibliográficos
Autor(a) principal: Neves, Luisa de Moraes
Data de Publicação: 2018
Tipo de documento: Trabalho de conclusão de curso
Idioma: por
Título da fonte: Repositório Institucional da UFRJ
Texto Completo: http://hdl.handle.net/11422/16755
Resumo: Este trabalho apresenta uma análise da ocupação das faixas de domínio do Ramal Ferroviário de Cargas do Arará, no Rio de Janeiro. A partir da observação das dinâmicas urbanas empreendidas por grupos sociais excluídos ao ocuparem essas faixas de domínio com moradia, verificou-se a necessidade da produção e publicação deste trabalho. Inicialmente, efetuou-se a revisão bibliográfica acerca da produção do espaço na cidade capitalista, que se caracteriza pela disputa entre diversos usos e atores. Em seguida, observou-se a morfologia urbana do território em questão, que é definida por esses conflitos. Posteriormente, as ocupações foram descritas a partir de relatos de moradores e dados censitários. Foram ainda levantados e analisados os projetos urbanos e programas sociais implementados no entorno do Ramal do Arará, a fim de se observar em que medida estes projetos satisfazem as necessidades da população e até que ponto são compatíveis entre si. Aqui, verificou-se a complexidade interna dos grupos que produzem o espaço - nomeadamente a população local (moradores e seus representantes - as associações), o estado (poderes municipal, estadual e federal) e o setor privado (construtoras, incorporadoras, concessionárias de transporte e empresas de logística). Por fim, foram encadeados os conflitos que se articulam entre os diversos agentes produtores do espaço. Levando-se em consideração os atributos do território e seu contexto metropolitano, buscou-se vislumbrar soluções urbanas para o atendimento das necessidades da população no que concerne à produção de habitação.
id UFRJ_26f22a2ddcc0c45cd03ee9433c6c78cd
oai_identifier_str oai:pantheon.ufrj.br:11422/16755
network_acronym_str UFRJ
network_name_str Repositório Institucional da UFRJ
repository_id_str
spelling Neves, Luisa de Moraeshttp://lattes.cnpq.br/2938548638400550http://lattes.cnpq.br/2032897444386370Oliveira, Fabrício Leal de2022-04-27T18:08:59Z2023-11-30T03:01:48Z2018-06-13http://hdl.handle.net/11422/16755Este trabalho apresenta uma análise da ocupação das faixas de domínio do Ramal Ferroviário de Cargas do Arará, no Rio de Janeiro. A partir da observação das dinâmicas urbanas empreendidas por grupos sociais excluídos ao ocuparem essas faixas de domínio com moradia, verificou-se a necessidade da produção e publicação deste trabalho. Inicialmente, efetuou-se a revisão bibliográfica acerca da produção do espaço na cidade capitalista, que se caracteriza pela disputa entre diversos usos e atores. Em seguida, observou-se a morfologia urbana do território em questão, que é definida por esses conflitos. Posteriormente, as ocupações foram descritas a partir de relatos de moradores e dados censitários. Foram ainda levantados e analisados os projetos urbanos e programas sociais implementados no entorno do Ramal do Arará, a fim de se observar em que medida estes projetos satisfazem as necessidades da população e até que ponto são compatíveis entre si. Aqui, verificou-se a complexidade interna dos grupos que produzem o espaço - nomeadamente a população local (moradores e seus representantes - as associações), o estado (poderes municipal, estadual e federal) e o setor privado (construtoras, incorporadoras, concessionárias de transporte e empresas de logística). Por fim, foram encadeados os conflitos que se articulam entre os diversos agentes produtores do espaço. Levando-se em consideração os atributos do território e seu contexto metropolitano, buscou-se vislumbrar soluções urbanas para o atendimento das necessidades da população no que concerne à produção de habitação.This work presents an analysis of the occupation of the domain strips of the Ramal Arará Cargo Railway, in Rio de Janeiro. From the observation of the dynamics urban developments undertaken by excluded social groups by occupying these domains with housing, there was a need to produce and publish this work. Initially, a bibliographic review was carried out about the production of space in the capitalist city, which is characterized by the dispute between different uses and actors. Then, the urban morphology of the territory in question was observed, which is defined by these conflicts. Subsequently, the occupations were described based on reports from residents and data. census. Urban projects and social programs were also surveyed and analyzed. implemented in the surroundings of Ramal do Arará, in order to observe to what extent these projects satisfy the needs of the population and to what extent they are compatible with each other. Here, the internal complexity of the groups that produce the space was verified - namely the local population (residents and their representatives - the associations), the state (municipal, state and federal powers) and the private sector (builders, developers, transport concessionaires and logistics companies). Finally, the conflicts that are articulated between the various agents were linked space producers. Taking into account the attributes of the territory and its context metropolitan area, we sought to envision urban solutions to meet the needs of the population in terms of housing production.Submitted by Kátia Silva (katia@ippur.ufrj.br) on 2022-04-27T18:08:59Z No. of bitstreams: 1 LMNeves.pdf: 540170 bytes, checksum: cb7c74c0defa00c13cc807f6cfe37817 (MD5)Made available in DSpace on 2022-04-27T18:08:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 LMNeves.pdf: 540170 bytes, checksum: cb7c74c0defa00c13cc807f6cfe37817 (MD5) Previous issue date: 2018-06-13porUniversidade Federal do Rio de JaneiroPrograma de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e RegionalUFRJBrasilInstituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e RegionalCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::FUNDAMENTOS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::HISTORIA URBANAFavelasSegregação urbanaTrensFerroviasEstações ferroviáriasEstação Arará (Rio de Janeiro, RJ)Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbanoinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/bachelorThesisabertoinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UFRJinstname:Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)instacron:UFRJLICENSElicense.txtlicense.txttext/plain; charset=utf-81853http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/16755/2/license.txtdd32849f2bfb22da963c3aac6e26e255MD52ORIGINALLMNeves.pdfLMNeves.pdfapplication/pdf540170http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/16755/1/LMNeves.pdfcb7c74c0defa00c13cc807f6cfe37817MD5111422/167552023-11-30 00:01:48.474oai:pantheon.ufrj.br:11422/16755TElDRU7Dh0EgTsODTy1FWENMVVNJVkEgREUgRElTVFJJQlVJw4fDg08KCkFvIGFzc2luYXIgZSBlbnRyZWdhciBlc3RhIGxpY2Vuw6dhLCB2b2PDqihzKSBvKHMpIGF1dG9yKGVzKSBvdSBwcm9wcmlldMOhcmlvKHMpIGRvcyBkaXJlaXRvcyBhdXRvcmFpcyBjb25jZWRlKG0pIGFvIFJlcG9zaXTDs3JpbyBQYW50aGVvbiBkYSBVbml2ZXJzaWRhZGUgRmVkZXJhbCBkbyBSaW8gZGUgSmFuZWlybyAoVUZSSikgbyBkaXJlaXRvIG7Do28gLSBleGNsdXNpdm8gZGUgcmVwcm9kdXppciwgY29udmVydGVyIChjb21vIGRlZmluaWRvIGFiYWl4byksIGUvb3UgZGlzdHJpYnVpciBvIGRvY3VtZW50byBlbnRyZWd1ZSAoaW5jbHVpbmRvIG8gcmVzdW1vKSBlbSB0b2RvIG8gbXVuZG8sIGVtIGZvcm1hdG8gZWxldHLDtG5pY28gZSBlbSBxdWFscXVlciBtZWlvLCBpbmNsdWluZG8sIG1hcyBuw6NvIGxpbWl0YWRvIGEgw6F1ZGlvIGUvb3UgdsOtZGVvLgoKVm9jw6ogY29uY29yZGEgcXVlIGEgVUZSSiBwb2RlLCBzZW0gYWx0ZXJhciBvIGNvbnRlw7pkbywgdHJhZHV6aXIgYSBhcHJlc2VudGHDp8OjbyBkZSBxdWFscXVlciBtZWlvIG91IGZvcm1hdG8gY29tIGEgZmluYWxpZGFkZSBkZSBwcmVzZXJ2YcOnw6NvLgoKVm9jw6ogdGFtYsOpbSBjb25jb3JkYSBxdWUgYSBVRlJKIHBvZGUgbWFudGVyIG1haXMgZGUgdW1hIGPDs3BpYSBkZXNzYSBzdWJtaXNzw6NvIHBhcmEgZmlucyBkZSBzZWd1cmFuw6dhLCBiYWNrLXVwIGUgcHJlc2VydmHDp8OjbyBkaWdpdGFsLgoKRGVjbGFyYSBxdWUgbyBkb2N1bWVudG8gZW50cmVndWUgw6kgc2V1IHRyYWJhbGhvIG9yaWdpbmFsLCBlIHF1ZSB2b2PDqiB0ZW0gbyBkaXJlaXRvIGRlIGNvbmNlZGVyIG9zIGRpcmVpdG9zIGNvbnRpZG9zIG5lc3RhIGxpY2Vuw6dhLiBWb2PDqiB0YW1iw6ltIGRlY2xhcmEgcXVlIGEgc3VhIGFwcmVzZW50YcOnw6NvLCBjb20gbyBtZWxob3IgZGUgc2V1cyBjb25oZWNpbWVudG9zLCBuw6NvIGluZnJpbmdpIGRpcmVpdG9zIGF1dG9yYWlzIGRlIHRlcmNlaXJvcy4KClNlIG8gZG9jdW1lbnRvIGVudHJlZ3VlIGNvbnTDqW0gbWF0ZXJpYWwgZG8gcXVhbCB2b2PDqiBuw6NvIHRlbSBkaXJlaXRvcyBkZSBhdXRvciwgZGVjbGFyYSBxdWUgb2J0ZXZlIGEgcGVybWlzc8OjbyBpcnJlc3RyaXRhIGRvIGRldGVudG9yIGRvcyBkaXJlaXRvcyBhdXRvcmFpcyBlIGNvbmNlZGUgYSBVRlJKIG9zIGRpcmVpdG9zIHJlcXVlcmlkb3MgcG9yIGVzdGEgbGljZW7Dp2EsIGUgcXVlIGVzc2UgbWF0ZXJpYWwgZGUgcHJvcHJpZWRhZGUgZGUgdGVyY2Vpcm9zIGVzdMOhIGNsYXJhbWVudGUgaWRlbnRpZmljYWRvIGUgcmVjb25oZWNpZG8gbm8gdGV4dG8gb3UgY29udGXDumRvIGRhIHN1Ym1pc3PDo28uCgpTZSBvIGRvY3VtZW50byBlbnRyZWd1ZSDDqSBiYXNlYWRvIGVtIHRyYWJhbGhvIHF1ZSBmb2ksIG91IHRlbSBzaWRvIHBhdHJvY2luYWRvIG91IGFwb2lhZG8gcG9yIHVtYSBhZ8OqbmNpYSBvdSBvdXRybyhzKSBvcmdhbmlzbW8ocykgcXVlIG7Do28gYSBVRlJKLCB2b2PDqiBkZWNsYXJhIHF1ZSBjdW1wcml1IHF1YWxxdWVyIGRpcmVpdG8gZGUgUkVWSVPDg08gb3UgZGUgb3V0cmFzIG9icmlnYcOnw7VlcyByZXF1ZXJpZGFzIHBvciBjb250cmF0byBvdSBhY29yZG8uCgpBIFVGUkogaXLDoSBpZGVudGlmaWNhciBjbGFyYW1lbnRlIG8ocykgc2V1KHMpIG5vbWUocykgY29tbyBhdXRvcihlcykgb3UgcHJvcHJpZXTDoXJpbyhzKSBkYSBzdWJtaXNzw6NvLCBlIG7Do28gZmFyw6EgcXVhbHF1ZXIgYWx0ZXJhw6fDo28sIHBhcmEgYWzDqW0gZGFzIHBlcm1pdGlkYXMgcG9yIGVzdGEgbGljZW7Dp2EsIG5vIGF0byBkZSBzdWJtaXNzw6NvLgo=Repositório de PublicaçõesPUBhttp://www.pantheon.ufrj.br/oai/requestopendoar:2023-11-30T03:01:48Repositório Institucional da UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
title Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
spellingShingle Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
Neves, Luisa de Moraes
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::FUNDAMENTOS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::HISTORIA URBANA
Favelas
Segregação urbana
Trens
Ferrovias
Estações ferroviárias
Estação Arará (Rio de Janeiro, RJ)
title_short Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
title_full Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
title_fullStr Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
title_full_unstemmed Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
title_sort Ramal do Arará: favelas em margens ferroviárias e a produção do espaço urbano
author Neves, Luisa de Moraes
author_facet Neves, Luisa de Moraes
author_role author
dc.contributor.advisorLattes.pt_BR.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/2938548638400550
dc.contributor.authorLattes.pt_BR.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/2032897444386370
dc.contributor.author.fl_str_mv Neves, Luisa de Moraes
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Oliveira, Fabrício Leal de
contributor_str_mv Oliveira, Fabrício Leal de
dc.subject.cnpq.fl_str_mv CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::FUNDAMENTOS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::HISTORIA URBANA
topic CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::FUNDAMENTOS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::HISTORIA URBANA
Favelas
Segregação urbana
Trens
Ferrovias
Estações ferroviárias
Estação Arará (Rio de Janeiro, RJ)
dc.subject.por.fl_str_mv Favelas
Segregação urbana
Trens
Ferrovias
Estações ferroviárias
Estação Arará (Rio de Janeiro, RJ)
description Este trabalho apresenta uma análise da ocupação das faixas de domínio do Ramal Ferroviário de Cargas do Arará, no Rio de Janeiro. A partir da observação das dinâmicas urbanas empreendidas por grupos sociais excluídos ao ocuparem essas faixas de domínio com moradia, verificou-se a necessidade da produção e publicação deste trabalho. Inicialmente, efetuou-se a revisão bibliográfica acerca da produção do espaço na cidade capitalista, que se caracteriza pela disputa entre diversos usos e atores. Em seguida, observou-se a morfologia urbana do território em questão, que é definida por esses conflitos. Posteriormente, as ocupações foram descritas a partir de relatos de moradores e dados censitários. Foram ainda levantados e analisados os projetos urbanos e programas sociais implementados no entorno do Ramal do Arará, a fim de se observar em que medida estes projetos satisfazem as necessidades da população e até que ponto são compatíveis entre si. Aqui, verificou-se a complexidade interna dos grupos que produzem o espaço - nomeadamente a população local (moradores e seus representantes - as associações), o estado (poderes municipal, estadual e federal) e o setor privado (construtoras, incorporadoras, concessionárias de transporte e empresas de logística). Por fim, foram encadeados os conflitos que se articulam entre os diversos agentes produtores do espaço. Levando-se em consideração os atributos do território e seu contexto metropolitano, buscou-se vislumbrar soluções urbanas para o atendimento das necessidades da população no que concerne à produção de habitação.
publishDate 2018
dc.date.issued.fl_str_mv 2018-06-13
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2022-04-27T18:08:59Z
dc.date.available.fl_str_mv 2023-11-30T03:01:48Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/bachelorThesis
format bachelorThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/11422/16755
url http://hdl.handle.net/11422/16755
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal do Rio de Janeiro
dc.publisher.program.fl_str_mv Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional
dc.publisher.initials.fl_str_mv UFRJ
dc.publisher.country.fl_str_mv Brasil
dc.publisher.department.fl_str_mv Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional
publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal do Rio de Janeiro
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UFRJ
instname:Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
instacron:UFRJ
instname_str Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
instacron_str UFRJ
institution UFRJ
reponame_str Repositório Institucional da UFRJ
collection Repositório Institucional da UFRJ
bitstream.url.fl_str_mv http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/16755/2/license.txt
http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/16755/1/LMNeves.pdf
bitstream.checksum.fl_str_mv dd32849f2bfb22da963c3aac6e26e255
cb7c74c0defa00c13cc807f6cfe37817
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1784097242785775616