RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS

Bibliographic Details
Main Author: NUNES, Matheus Marques
Publication Date: 2019
Format: Article
Language: por
Source: Travessias Interativas
Download full: https://seer.ufs.br/index.php/Travessias/article/view/10886
Summary: RESUMO: Trata-se de abordar as manifestações dadaístas como uma forma de negação da arte. Perceber o movimento dadaísta como sabotagem da arte mercadoria e também como questionamento do uso da estética como símbolo de distinção social. Compreender suas intervenções como uma crítica ao mercado cultural e não como mais uma renovação estética. Analisar, sobretudo, como Dada trabalhou o riso como destruidor de linguagens e como arma para a formação do seu niilismo iconoclasta. Perceber as implicações de suas atitudes para uma análise sociológica das contradições das sociedades européias do início do século XX. PALAVRAS-CHAVE: Dadaístas. Riso. Linguagem. Arte e indústria cultural.      ABSTRACT: It is to approach the manifastations of dadaists as a way of art denied. Realize the dadaist moviment as sabotage of commodity art and as questioning the use of aesthetics like a symbol of social distiction. Understanding their interventions as a critique of the cultural market an not as an aesthetic renovation. Analyze, especially as Dada worked the laughter like a destroyer of languages and a weapon to the formation of his iconoclastic nihilism. Realize the implications of their attitudes to a sociological analysis of European society's contradictions in the early twentieth century. KEYWORDS: Dadaists. Laughter. Language. Art and culture industry.
id UFS-5_7885aa8eaccc5cc4d04a8696910aa9f6
oai_identifier_str oai:ojs.seer.ufs.br:article/10886
network_acronym_str UFS-5
network_name_str Travessias Interativas
repository_id_str
spelling RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS RESUMO: Trata-se de abordar as manifestações dadaístas como uma forma de negação da arte. Perceber o movimento dadaísta como sabotagem da arte mercadoria e também como questionamento do uso da estética como símbolo de distinção social. Compreender suas intervenções como uma crítica ao mercado cultural e não como mais uma renovação estética. Analisar, sobretudo, como Dada trabalhou o riso como destruidor de linguagens e como arma para a formação do seu niilismo iconoclasta. Perceber as implicações de suas atitudes para uma análise sociológica das contradições das sociedades européias do início do século XX. PALAVRAS-CHAVE: Dadaístas. Riso. Linguagem. Arte e indústria cultural.      ABSTRACT: It is to approach the manifastations of dadaists as a way of art denied. Realize the dadaist moviment as sabotage of commodity art and as questioning the use of aesthetics like a symbol of social distiction. Understanding their interventions as a critique of the cultural market an not as an aesthetic renovation. Analyze, especially as Dada worked the laughter like a destroyer of languages and a weapon to the formation of his iconoclastic nihilism. Realize the implications of their attitudes to a sociological analysis of European society's contradictions in the early twentieth century. KEYWORDS: Dadaists. Laughter. Language. Art and culture industry. Universidade Federal de Sergipe2019-03-03info:eu-repo/semantics/articleinfo:eu-repo/semantics/publishedVersionArtigo Avaliado pelos Paresapplication/pdfhttps://seer.ufs.br/index.php/Travessias/article/view/10886Travessias Interativas; No. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58Travessias Interativas; n. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58Travessias Interativas; No. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58Travessias Interativas; Núm. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-582236-7403reponame:Travessias Interativasinstname:Universidade Federal de Sergipe (UFS)instacron:UFS-porhttps://seer.ufs.br/index.php/Travessias/article/view/10886/8441Copyright (c) 2011 TRAVESSIAS INTERATIVASinfo:eu-repo/semantics/openAccessNUNES, Matheus Marques2020-06-28T21:03:12ZRevista
dc.title.none.fl_str_mv RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
title RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
spellingShingle RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
NUNES, Matheus Marques
title_short RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
title_full RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
title_fullStr RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
title_full_unstemmed RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
title_sort RISO, LINGUAGEM E POLÍTICA NAS MANIFESTAÇÕES DADAÍSTAS: LAUGHTER, LANGUAGE AND POLITICS IN DADA MANIFESTATIONS
author NUNES, Matheus Marques
author_facet NUNES, Matheus Marques
author_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv NUNES, Matheus Marques
dc.description.none.fl_txt_mv RESUMO: Trata-se de abordar as manifestações dadaístas como uma forma de negação da arte. Perceber o movimento dadaísta como sabotagem da arte mercadoria e também como questionamento do uso da estética como símbolo de distinção social. Compreender suas intervenções como uma crítica ao mercado cultural e não como mais uma renovação estética. Analisar, sobretudo, como Dada trabalhou o riso como destruidor de linguagens e como arma para a formação do seu niilismo iconoclasta. Perceber as implicações de suas atitudes para uma análise sociológica das contradições das sociedades européias do início do século XX. PALAVRAS-CHAVE: Dadaístas. Riso. Linguagem. Arte e indústria cultural.      ABSTRACT: It is to approach the manifastations of dadaists as a way of art denied. Realize the dadaist moviment as sabotage of commodity art and as questioning the use of aesthetics like a symbol of social distiction. Understanding their interventions as a critique of the cultural market an not as an aesthetic renovation. Analyze, especially as Dada worked the laughter like a destroyer of languages and a weapon to the formation of his iconoclastic nihilism. Realize the implications of their attitudes to a sociological analysis of European society's contradictions in the early twentieth century. KEYWORDS: Dadaists. Laughter. Language. Art and culture industry.
description RESUMO: Trata-se de abordar as manifestações dadaístas como uma forma de negação da arte. Perceber o movimento dadaísta como sabotagem da arte mercadoria e também como questionamento do uso da estética como símbolo de distinção social. Compreender suas intervenções como uma crítica ao mercado cultural e não como mais uma renovação estética. Analisar, sobretudo, como Dada trabalhou o riso como destruidor de linguagens e como arma para a formação do seu niilismo iconoclasta. Perceber as implicações de suas atitudes para uma análise sociológica das contradições das sociedades européias do início do século XX. PALAVRAS-CHAVE: Dadaístas. Riso. Linguagem. Arte e indústria cultural.      ABSTRACT: It is to approach the manifastations of dadaists as a way of art denied. Realize the dadaist moviment as sabotage of commodity art and as questioning the use of aesthetics like a symbol of social distiction. Understanding their interventions as a critique of the cultural market an not as an aesthetic renovation. Analyze, especially as Dada worked the laughter like a destroyer of languages and a weapon to the formation of his iconoclastic nihilism. Realize the implications of their attitudes to a sociological analysis of European society's contradictions in the early twentieth century. KEYWORDS: Dadaists. Laughter. Language. Art and culture industry.
publishDate 2019
dc.date.none.fl_str_mv 2019-03-03
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Artigo Avaliado pelos Pares
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://seer.ufs.br/index.php/Travessias/article/view/10886
url https://seer.ufs.br/index.php/Travessias/article/view/10886
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.relation.none.fl_str_mv https://seer.ufs.br/index.php/Travessias/article/view/10886/8441
dc.rights.driver.fl_str_mv Copyright (c) 2011 TRAVESSIAS INTERATIVAS
info:eu-repo/semantics/openAccess
rights_invalid_str_mv Copyright (c) 2011 TRAVESSIAS INTERATIVAS
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de Sergipe
publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de Sergipe
dc.source.none.fl_str_mv Travessias Interativas; No. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58
Travessias Interativas; n. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58
Travessias Interativas; No. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58
Travessias Interativas; Núm. 1 (2011): Travessias Interativas → jan-jun/2011; pp. 32-58
2236-7403
reponame:Travessias Interativas
instname:Universidade Federal de Sergipe (UFS)
instacron:UFS-
instname_str Universidade Federal de Sergipe (UFS)
instacron_str UFS-
institution UFS-
reponame_str Travessias Interativas
collection Travessias Interativas
repository.name.fl_str_mv
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1726651014016139264