A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil

Bibliographic Details
Main Author: Laporte-Pinfildi, Anna Sylvia de Campos [UNIFESP]
Publication Date: 2014
Format: Master thesis
Language: por
Source: Repositório Institucional da UNIFESP
Download full: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1946211
http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47607
http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/006_bx_annasylvia_tese.pdf
Summary: A atenção ao pré-natal no Brasil historicamente ocupa um espaço relevante na atenção à saúde da população. Para sua efetividade, são necessárias ações de promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento. No município de Santos, SP observou-se a necessidade de desenvolver estratégias para qualificar a atenção a essa população. O objetivo desta dissertação foi identificar e avaliar a atenção nutricional no Pré-natal e no Puerpério realizada no município de Santos. Para tanto, foram realizados dois estudos de caráter transversal. No Estudo 1 foi feito um censo das 28 Unidades Básicas de Saúde/Unidades de Saúde da Família (UBS/USF) da área insular de Santos para avaliar a estrutura e o processo da atenção nutricional, segundo a ótica dos gestores. Foram entrevistados todos os gestores da Atenção Básica (28), utilizando instrumento para avaliar a infraestrutura, o trabalho em equipe, o processo de trabalho e o lugar que ocupa a atenção nutricional no cuidado pré-natal e puerperal. No Estudo 2 realizou-se um estudo de caso em uma UBS na qual foi implantada, em 2010, a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-natal e ao Puerpério, no âmbito do Estágio de Nutrição Social da Universidade Federal de São Campus Baixada Santista, com vistas a conhecer os efeitos dessa intervenção sobre a integralidade do cuidado maternoinfantil. O universo deste estudo foi composto por 58 mulheres, divididas em dois grupos: mulheres que iniciaram o pré-natal antes e após a implantação. Avaliou-se o processo da atenção nutricional, comparativamente, entre os dois grupos, coletando informações das fichas perinatais e dos prontuários das crianças. Para análise estatística utilizou-se o teste qui-quadrado, considerando estatisticamente significantes valores de p < 0,05. De acordo com os achados do Estudo 1, a inserção do nutricionista na Atenção Básica do município representou o principal componente insuficiente da dimensão estrutura, interferindo negativamente no processo de cuidado nutricional, segundo avaliação de 60% dos gestores. Encontrou-se baixa conformidade para as seguintes variáveis da dimensão processo: cálculo do Índice de Massa Corporal-IMC (35%), acompanhamento do estado nutricional na curva IMC/Semana gestacional (46%) e realização de aconselhamento nutricional individualizado como rotina do pré-natal (14%). Os resultados do Estudo 2 indicaram melhora estatisticamente significante no processo de atenção nutricional, com destaque para: aferição da estatura (p=0,001), registro de peso pré-gestacional (p=0,032), acompanhamento no gráfico de IMC/semana gestacional (p=0,001), registro de peso do recém-nascido na alta (p=0,011) e ganho ponderal diário (p=0,019). Considera-se que a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-Natal e no Puerpério fomentou a atenção multidisciplinar e contribuiu para aprimorar os registros de dados em prontuários. São necessárias ações para seu aprimoramento, sobretudo no que se refere à atenção à saúde da mulher no puerpério e aos registros de dados do atendimento, bem como ao acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil utilizando os padrões da Organização Mundial de Saúde. Acredita-se que os resultados obtidos neste estudo possam sensibilizar gestores locais sobre a situação atual do cuidado maternoinfantil do município e subsdiar o planejamento e o aprimoramento de estratégias que considerem a atenção nutricional como condição essencial para a integralidade do cuidado.
id UFSP_c6cba8d35d73bbc57aa7f75189f47b1c
oai_identifier_str oai:repositorio.unifesp.br:11600/47607
network_acronym_str UFSP
network_name_str Repositório Institucional da UNIFESP
spelling Laporte-Pinfildi, Anna Sylvia de Campos [UNIFESP]Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)http://lattes.cnpq.br/7655020095531848http://lattes.cnpq.br/4891875284385301Medeiros, Maria Angelica Tavares de [UNIFESP]2018-07-30T11:44:50Z2018-07-30T11:44:50Z2014-12-17https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1946211LAPORTE-PINFILDI, Anna Sylvia de Campos. A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil. 2014. 150 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47607http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/006_bx_annasylvia_tese.pdf2014-0350.pdfA atenção ao pré-natal no Brasil historicamente ocupa um espaço relevante na atenção à saúde da população. Para sua efetividade, são necessárias ações de promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento. No município de Santos, SP observou-se a necessidade de desenvolver estratégias para qualificar a atenção a essa população. O objetivo desta dissertação foi identificar e avaliar a atenção nutricional no Pré-natal e no Puerpério realizada no município de Santos. Para tanto, foram realizados dois estudos de caráter transversal. No Estudo 1 foi feito um censo das 28 Unidades Básicas de Saúde/Unidades de Saúde da Família (UBS/USF) da área insular de Santos para avaliar a estrutura e o processo da atenção nutricional, segundo a ótica dos gestores. Foram entrevistados todos os gestores da Atenção Básica (28), utilizando instrumento para avaliar a infraestrutura, o trabalho em equipe, o processo de trabalho e o lugar que ocupa a atenção nutricional no cuidado pré-natal e puerperal. No Estudo 2 realizou-se um estudo de caso em uma UBS na qual foi implantada, em 2010, a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-natal e ao Puerpério, no âmbito do Estágio de Nutrição Social da Universidade Federal de São Campus Baixada Santista, com vistas a conhecer os efeitos dessa intervenção sobre a integralidade do cuidado maternoinfantil. O universo deste estudo foi composto por 58 mulheres, divididas em dois grupos: mulheres que iniciaram o pré-natal antes e após a implantação. Avaliou-se o processo da atenção nutricional, comparativamente, entre os dois grupos, coletando informações das fichas perinatais e dos prontuários das crianças. Para análise estatística utilizou-se o teste qui-quadrado, considerando estatisticamente significantes valores de p < 0,05. De acordo com os achados do Estudo 1, a inserção do nutricionista na Atenção Básica do município representou o principal componente insuficiente da dimensão estrutura, interferindo negativamente no processo de cuidado nutricional, segundo avaliação de 60% dos gestores. Encontrou-se baixa conformidade para as seguintes variáveis da dimensão processo: cálculo do Índice de Massa Corporal-IMC (35%), acompanhamento do estado nutricional na curva IMC/Semana gestacional (46%) e realização de aconselhamento nutricional individualizado como rotina do pré-natal (14%). Os resultados do Estudo 2 indicaram melhora estatisticamente significante no processo de atenção nutricional, com destaque para: aferição da estatura (p=0,001), registro de peso pré-gestacional (p=0,032), acompanhamento no gráfico de IMC/semana gestacional (p=0,001), registro de peso do recém-nascido na alta (p=0,011) e ganho ponderal diário (p=0,019). Considera-se que a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-Natal e no Puerpério fomentou a atenção multidisciplinar e contribuiu para aprimorar os registros de dados em prontuários. São necessárias ações para seu aprimoramento, sobretudo no que se refere à atenção à saúde da mulher no puerpério e aos registros de dados do atendimento, bem como ao acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil utilizando os padrões da Organização Mundial de Saúde. Acredita-se que os resultados obtidos neste estudo possam sensibilizar gestores locais sobre a situação atual do cuidado maternoinfantil do município e subsdiar o planejamento e o aprimoramento de estratégias que considerem a atenção nutricional como condição essencial para a integralidade do cuidado.The attention to prenatal care in Brazil historically occupies an important space in the health care of the population. For its effectiveness, are necessary promotion, prevention, diagnosis and treatment. In the city of Santos, SP there was the need to develop strategies to qualify attention to this population. The aim of this study was to identify and evaluate the nutritional care of Prenatal Care and Puerperium held in the city of Santos. Therefore, there were two transversal studies. In Study 1 was made a census of 28 Basic Health Units / Family Health Units (BHU / FHU) of the insular area of Santos to evaluate the structure and process of nutritional care, from the perspective of managers. We interviewed all managers of Primary Care (28) using tool to assess infrastructure, teamwork, the process of work and its place in the nutritional care in prenatal and postpartum care. In Study 2 there was a case study in a BHU in which was implemented in 2010, the Nutrition Care Strategy in Prenatal and Puerperium under the Social Nutrition Stage of the Federal University of São Campus Santos, in order to know the effects of this intervention on the completeness of maternoinfantil care. The universe of this study was composed of 58 women divided into two groups: women who began prenatal care before and after deployment. Evaluated the process of nutritional care compared between the two groups, collecting information of perinatal records and files of children. Statistical analysis was performed using the chi-square test, considering statistically significant p values <0.05. According to the findings of Study 1, nutritionist insertion in the Basic Attention county was the main component of insufficient size structure, a negative effect on nutritional care process, according to an evaluation of 60% of managers. It was found low compliance for the following variables of the process dimension: calculate the Body Mass Index BMI-(35%), monitoring of nutritional status in BMI curve / gestational week (46%) and performance of individual nutritional counseling as routine pre natal (14%). The Study 2 results showed statistically significant improvement in the nutritional care process, with emphasis on: measurement of body height (p = 0.001), pre-pregnancy weight record (p = 0.032), monitoring the BMI chart / gestational week (p = 0.001), newborn weight record at discharge (p = 0.011) and daily weight gain (p = 0.019). It is considered that the Nutrition Care Strategy in Prenatal and Puerperium fostered multidisciplinary attention and contributed to enhance the data records in records. Actions are necessary for their improvement, especially with regard to health care of women in postpartum care and the data records as well as the monitoring of child growth and development using the World Health Organization standards. It is believed that the results obtained in this study can sensitize local managers about the current situation of the municipality maternoinfantil care and subsdiar planning and improvement strategies to consider the nutritional care as essential for comprehensive care.Made available in DSpace on 2018-07-30T11:44:50Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-12-17Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)150 p.porUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)cuidado pré-natalpuerpérionutriçãoatenção primária à saúdeassistência integral à saúdeprenatal carepuerperiumnutritionprimary health carecomprehensive health careA estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantilinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UNIFESPinstname:Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)instacron:UNIFESPSão Paulo, Escola Paulista de Enfermagem (EPE)Ensino em Ciências da SaúdeMultidisciplinarEnsinoCentro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde – CEDESS11600/476072018-09-14 10:11:44.449oai:repositorio.unifesp.br:11600/47607Repositório de Publicaçõeshttp://repositorio.unifesp.br/PUBhttp://www.repositorio.unifesp.br/oai/requestopendoar:34652020-09-07 00:44:43.746Repositório Institucional da UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)false
dc.title.pt.fl_str_mv A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
title A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
spellingShingle A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
Laporte-Pinfildi, Anna Sylvia de Campos [UNIFESP]
cuidado pré-natal
puerpério
nutrição
atenção primária à saúde
assistência integral à saúde
prenatal care
puerperium
nutrition
primary health care
comprehensive health care
title_short A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
title_full A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
title_fullStr A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
title_full_unstemmed A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
title_sort A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil
author Laporte-Pinfildi, Anna Sylvia de Campos [UNIFESP]
author_facet Laporte-Pinfildi, Anna Sylvia de Campos [UNIFESP]
author_role author
dc.contributor.institution.pt.fl_str_mv Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.contributor.authorLattes.none.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/7655020095531848
dc.contributor.advisorLattes.none.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/4891875284385301
dc.contributor.author.fl_str_mv Laporte-Pinfildi, Anna Sylvia de Campos [UNIFESP]
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Medeiros, Maria Angelica Tavares de [UNIFESP]
contributor_str_mv Medeiros, Maria Angelica Tavares de [UNIFESP]
dc.subject.por.fl_str_mv cuidado pré-natal
puerpério
nutrição
atenção primária à saúde
assistência integral à saúde
topic cuidado pré-natal
puerpério
nutrição
atenção primária à saúde
assistência integral à saúde
prenatal care
puerperium
nutrition
primary health care
comprehensive health care
dc.subject.eng.fl_str_mv prenatal care
puerperium
nutrition
primary health care
comprehensive health care
dc.description.abstract.por.fl_txt_mv A atenção ao pré-natal no Brasil historicamente ocupa um espaço relevante na atenção à saúde da população. Para sua efetividade, são necessárias ações de promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento. No município de Santos, SP observou-se a necessidade de desenvolver estratégias para qualificar a atenção a essa população. O objetivo desta dissertação foi identificar e avaliar a atenção nutricional no Pré-natal e no Puerpério realizada no município de Santos. Para tanto, foram realizados dois estudos de caráter transversal. No Estudo 1 foi feito um censo das 28 Unidades Básicas de Saúde/Unidades de Saúde da Família (UBS/USF) da área insular de Santos para avaliar a estrutura e o processo da atenção nutricional, segundo a ótica dos gestores. Foram entrevistados todos os gestores da Atenção Básica (28), utilizando instrumento para avaliar a infraestrutura, o trabalho em equipe, o processo de trabalho e o lugar que ocupa a atenção nutricional no cuidado pré-natal e puerperal. No Estudo 2 realizou-se um estudo de caso em uma UBS na qual foi implantada, em 2010, a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-natal e ao Puerpério, no âmbito do Estágio de Nutrição Social da Universidade Federal de São Campus Baixada Santista, com vistas a conhecer os efeitos dessa intervenção sobre a integralidade do cuidado maternoinfantil. O universo deste estudo foi composto por 58 mulheres, divididas em dois grupos: mulheres que iniciaram o pré-natal antes e após a implantação. Avaliou-se o processo da atenção nutricional, comparativamente, entre os dois grupos, coletando informações das fichas perinatais e dos prontuários das crianças. Para análise estatística utilizou-se o teste qui-quadrado, considerando estatisticamente significantes valores de p < 0,05. De acordo com os achados do Estudo 1, a inserção do nutricionista na Atenção Básica do município representou o principal componente insuficiente da dimensão estrutura, interferindo negativamente no processo de cuidado nutricional, segundo avaliação de 60% dos gestores. Encontrou-se baixa conformidade para as seguintes variáveis da dimensão processo: cálculo do Índice de Massa Corporal-IMC (35%), acompanhamento do estado nutricional na curva IMC/Semana gestacional (46%) e realização de aconselhamento nutricional individualizado como rotina do pré-natal (14%). Os resultados do Estudo 2 indicaram melhora estatisticamente significante no processo de atenção nutricional, com destaque para: aferição da estatura (p=0,001), registro de peso pré-gestacional (p=0,032), acompanhamento no gráfico de IMC/semana gestacional (p=0,001), registro de peso do recém-nascido na alta (p=0,011) e ganho ponderal diário (p=0,019). Considera-se que a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-Natal e no Puerpério fomentou a atenção multidisciplinar e contribuiu para aprimorar os registros de dados em prontuários. São necessárias ações para seu aprimoramento, sobretudo no que se refere à atenção à saúde da mulher no puerpério e aos registros de dados do atendimento, bem como ao acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil utilizando os padrões da Organização Mundial de Saúde. Acredita-se que os resultados obtidos neste estudo possam sensibilizar gestores locais sobre a situação atual do cuidado maternoinfantil do município e subsdiar o planejamento e o aprimoramento de estratégias que considerem a atenção nutricional como condição essencial para a integralidade do cuidado.
dc.description.abstract.eng.fl_txt_mv The attention to prenatal care in Brazil historically occupies an important space in the health care of the population. For its effectiveness, are necessary promotion, prevention, diagnosis and treatment. In the city of Santos, SP there was the need to develop strategies to qualify attention to this population. The aim of this study was to identify and evaluate the nutritional care of Prenatal Care and Puerperium held in the city of Santos. Therefore, there were two transversal studies. In Study 1 was made a census of 28 Basic Health Units / Family Health Units (BHU / FHU) of the insular area of Santos to evaluate the structure and process of nutritional care, from the perspective of managers. We interviewed all managers of Primary Care (28) using tool to assess infrastructure, teamwork, the process of work and its place in the nutritional care in prenatal and postpartum care. In Study 2 there was a case study in a BHU in which was implemented in 2010, the Nutrition Care Strategy in Prenatal and Puerperium under the Social Nutrition Stage of the Federal University of São Campus Santos, in order to know the effects of this intervention on the completeness of maternoinfantil care. The universe of this study was composed of 58 women divided into two groups: women who began prenatal care before and after deployment. Evaluated the process of nutritional care compared between the two groups, collecting information of perinatal records and files of children. Statistical analysis was performed using the chi-square test, considering statistically significant p values <0.05. According to the findings of Study 1, nutritionist insertion in the Basic Attention county was the main component of insufficient size structure, a negative effect on nutritional care process, according to an evaluation of 60% of managers. It was found low compliance for the following variables of the process dimension: calculate the Body Mass Index BMI-(35%), monitoring of nutritional status in BMI curve / gestational week (46%) and performance of individual nutritional counseling as routine pre natal (14%). The Study 2 results showed statistically significant improvement in the nutritional care process, with emphasis on: measurement of body height (p = 0.001), pre-pregnancy weight record (p = 0.032), monitoring the BMI chart / gestational week (p = 0.001), newborn weight record at discharge (p = 0.011) and daily weight gain (p = 0.019). It is considered that the Nutrition Care Strategy in Prenatal and Puerperium fostered multidisciplinary attention and contributed to enhance the data records in records. Actions are necessary for their improvement, especially with regard to health care of women in postpartum care and the data records as well as the monitoring of child growth and development using the World Health Organization standards. It is believed that the results obtained in this study can sensitize local managers about the current situation of the municipality maternoinfantil care and subsdiar planning and improvement strategies to consider the nutritional care as essential for comprehensive care.
dc.description.source.none.fl_txt_mv Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
description A atenção ao pré-natal no Brasil historicamente ocupa um espaço relevante na atenção à saúde da população. Para sua efetividade, são necessárias ações de promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento. No município de Santos, SP observou-se a necessidade de desenvolver estratégias para qualificar a atenção a essa população. O objetivo desta dissertação foi identificar e avaliar a atenção nutricional no Pré-natal e no Puerpério realizada no município de Santos. Para tanto, foram realizados dois estudos de caráter transversal. No Estudo 1 foi feito um censo das 28 Unidades Básicas de Saúde/Unidades de Saúde da Família (UBS/USF) da área insular de Santos para avaliar a estrutura e o processo da atenção nutricional, segundo a ótica dos gestores. Foram entrevistados todos os gestores da Atenção Básica (28), utilizando instrumento para avaliar a infraestrutura, o trabalho em equipe, o processo de trabalho e o lugar que ocupa a atenção nutricional no cuidado pré-natal e puerperal. No Estudo 2 realizou-se um estudo de caso em uma UBS na qual foi implantada, em 2010, a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-natal e ao Puerpério, no âmbito do Estágio de Nutrição Social da Universidade Federal de São Campus Baixada Santista, com vistas a conhecer os efeitos dessa intervenção sobre a integralidade do cuidado maternoinfantil. O universo deste estudo foi composto por 58 mulheres, divididas em dois grupos: mulheres que iniciaram o pré-natal antes e após a implantação. Avaliou-se o processo da atenção nutricional, comparativamente, entre os dois grupos, coletando informações das fichas perinatais e dos prontuários das crianças. Para análise estatística utilizou-se o teste qui-quadrado, considerando estatisticamente significantes valores de p < 0,05. De acordo com os achados do Estudo 1, a inserção do nutricionista na Atenção Básica do município representou o principal componente insuficiente da dimensão estrutura, interferindo negativamente no processo de cuidado nutricional, segundo avaliação de 60% dos gestores. Encontrou-se baixa conformidade para as seguintes variáveis da dimensão processo: cálculo do Índice de Massa Corporal-IMC (35%), acompanhamento do estado nutricional na curva IMC/Semana gestacional (46%) e realização de aconselhamento nutricional individualizado como rotina do pré-natal (14%). Os resultados do Estudo 2 indicaram melhora estatisticamente significante no processo de atenção nutricional, com destaque para: aferição da estatura (p=0,001), registro de peso pré-gestacional (p=0,032), acompanhamento no gráfico de IMC/semana gestacional (p=0,001), registro de peso do recém-nascido na alta (p=0,011) e ganho ponderal diário (p=0,019). Considera-se que a Estratégia de Atenção Nutricional no Pré-Natal e no Puerpério fomentou a atenção multidisciplinar e contribuiu para aprimorar os registros de dados em prontuários. São necessárias ações para seu aprimoramento, sobretudo no que se refere à atenção à saúde da mulher no puerpério e aos registros de dados do atendimento, bem como ao acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil utilizando os padrões da Organização Mundial de Saúde. Acredita-se que os resultados obtidos neste estudo possam sensibilizar gestores locais sobre a situação atual do cuidado maternoinfantil do município e subsdiar o planejamento e o aprimoramento de estratégias que considerem a atenção nutricional como condição essencial para a integralidade do cuidado.
publishDate 2014
dc.date.issued.fl_str_mv 2014-12-17
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2018-07-30T11:44:50Z
dc.date.available.fl_str_mv 2018-07-30T11:44:50Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
status_str publishedVersion
format masterThesis
dc.identifier.pt.fl_str_mv https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1946211
dc.identifier.citation.fl_str_mv LAPORTE-PINFILDI, Anna Sylvia de Campos. A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil. 2014. 150 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47607
http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/006_bx_annasylvia_tese.pdf
dc.identifier.file.none.fl_str_mv 2014-0350.pdf
url https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1946211
http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47607
http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/006_bx_annasylvia_tese.pdf
identifier_str_mv LAPORTE-PINFILDI, Anna Sylvia de Campos. A estratégia de atenção nutricional ao pré-natal e puerpério e a integralidade da atenção materno-infantil. 2014. 150 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
2014-0350.pdf
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv 150 p.
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UNIFESP
instname:Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
instacron:UNIFESP
reponame_str Repositório Institucional da UNIFESP
collection Repositório Institucional da UNIFESP
instname_str Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
instacron_str UNIFESP
institution UNIFESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1677282578558615552