Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente

Bibliographic Details
Main Author: Silva, Rodolfo Ilário da
Publication Date: 2021
Format: Article
Language: por
Source: Revista Aurora (Online)
Download full: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2698
Summary: Neste artigo realizamos um debate teórico e conceitual acerca dos fundamentos da cooperação internacional na área ambiental. Buscamos identificar os principais conceitos, conflitos e consensos surgidos no decorrer das negociações e nas resoluções ambientais. Assim, visou-se aprofundar o debate sobre elementos teóricos que expliquem como e por que a cooperação ocorre entre os atores do sistema internacional que se engajam na resolução de questões ambientais transnacionais. O intuito é o de elucidar as motivações, os objetivos, as demandas, os entraves e as potencialidades de um processo de cooperação, ou seja, quais as vantagens e desvantagens dos atores quando decidem atuar conjuntamente e reunir esforços para a solução de problemas e a busca de interesses compartilhados. Todavia, este estudo revela muitas contradições entre a forma como se define a cooperação e a forma como os países se relacionam nas negociações de arranjos cooperativos. O que transparece é que, por mais que o objetivo manifestado seja o de realizar esforços conjuntos na busca por interesses comuns, o que se verifica são verdadeiros conflitos de interesses e disputas por influência, recursos, e liderança política.
id UNESP-32_a0a281fb8b4ec793950f660092c382fa
oai_identifier_str oai:ojs.www2.marilia.unesp.br:article/2698
network_acronym_str UNESP-32
network_name_str Revista Aurora (Online)
repository_id_str
spelling Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambienteCooperação InternacionalMeio Ambiente.Neste artigo realizamos um debate teórico e conceitual acerca dos fundamentos da cooperação internacional na área ambiental. Buscamos identificar os principais conceitos, conflitos e consensos surgidos no decorrer das negociações e nas resoluções ambientais. Assim, visou-se aprofundar o debate sobre elementos teóricos que expliquem como e por que a cooperação ocorre entre os atores do sistema internacional que se engajam na resolução de questões ambientais transnacionais. O intuito é o de elucidar as motivações, os objetivos, as demandas, os entraves e as potencialidades de um processo de cooperação, ou seja, quais as vantagens e desvantagens dos atores quando decidem atuar conjuntamente e reunir esforços para a solução de problemas e a busca de interesses compartilhados. Todavia, este estudo revela muitas contradições entre a forma como se define a cooperação e a forma como os países se relacionam nas negociações de arranjos cooperativos. O que transparece é que, por mais que o objetivo manifestado seja o de realizar esforços conjuntos na busca por interesses comuns, o que se verifica são verdadeiros conflitos de interesses e disputas por influência, recursos, e liderança política.Faculdade de Filosofia e Ciências2021-12-20info:eu-repo/semantics/articleinfo:eu-repo/semantics/publishedVersionapplication/pdfhttps://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/269810.36311/1982-8004.2012.v6n1.2698Revista Aurora; v. 6 n. 1 (2012); 95-1081982-80042177-0484reponame:Revista Aurora (Online)instname:Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)instacron:UNESPporhttps://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2698/2122Copyright (c) 2012 Revista Aurorahttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/info:eu-repo/semantics/openAccessSilva, Rodolfo Ilário da2020-07-29T11:20:18ZRevistahttps://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/indexPUB
dc.title.none.fl_str_mv Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
title Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
spellingShingle Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
Silva, Rodolfo Ilário da
Cooperação Internacional
Meio Ambiente.
title_short Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
title_full Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
title_fullStr Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
title_full_unstemmed Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
title_sort Contradições entre conceitos e práticas na cooperação internacional para o meio ambiente
author Silva, Rodolfo Ilário da
author_facet Silva, Rodolfo Ilário da
author_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Silva, Rodolfo Ilário da
dc.subject.por.fl_str_mv Cooperação Internacional
Meio Ambiente.
topic Cooperação Internacional
Meio Ambiente.
dc.description.none.fl_txt_mv Neste artigo realizamos um debate teórico e conceitual acerca dos fundamentos da cooperação internacional na área ambiental. Buscamos identificar os principais conceitos, conflitos e consensos surgidos no decorrer das negociações e nas resoluções ambientais. Assim, visou-se aprofundar o debate sobre elementos teóricos que expliquem como e por que a cooperação ocorre entre os atores do sistema internacional que se engajam na resolução de questões ambientais transnacionais. O intuito é o de elucidar as motivações, os objetivos, as demandas, os entraves e as potencialidades de um processo de cooperação, ou seja, quais as vantagens e desvantagens dos atores quando decidem atuar conjuntamente e reunir esforços para a solução de problemas e a busca de interesses compartilhados. Todavia, este estudo revela muitas contradições entre a forma como se define a cooperação e a forma como os países se relacionam nas negociações de arranjos cooperativos. O que transparece é que, por mais que o objetivo manifestado seja o de realizar esforços conjuntos na busca por interesses comuns, o que se verifica são verdadeiros conflitos de interesses e disputas por influência, recursos, e liderança política.
description Neste artigo realizamos um debate teórico e conceitual acerca dos fundamentos da cooperação internacional na área ambiental. Buscamos identificar os principais conceitos, conflitos e consensos surgidos no decorrer das negociações e nas resoluções ambientais. Assim, visou-se aprofundar o debate sobre elementos teóricos que expliquem como e por que a cooperação ocorre entre os atores do sistema internacional que se engajam na resolução de questões ambientais transnacionais. O intuito é o de elucidar as motivações, os objetivos, as demandas, os entraves e as potencialidades de um processo de cooperação, ou seja, quais as vantagens e desvantagens dos atores quando decidem atuar conjuntamente e reunir esforços para a solução de problemas e a busca de interesses compartilhados. Todavia, este estudo revela muitas contradições entre a forma como se define a cooperação e a forma como os países se relacionam nas negociações de arranjos cooperativos. O que transparece é que, por mais que o objetivo manifestado seja o de realizar esforços conjuntos na busca por interesses comuns, o que se verifica são verdadeiros conflitos de interesses e disputas por influência, recursos, e liderança política.
publishDate 2021
dc.date.none.fl_str_mv 2021-12-20
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2698
10.36311/1982-8004.2012.v6n1.2698
url https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2698
identifier_str_mv 10.36311/1982-8004.2012.v6n1.2698
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.relation.none.fl_str_mv https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2698/2122
dc.rights.driver.fl_str_mv Copyright (c) 2012 Revista Aurora
https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
info:eu-repo/semantics/openAccess
rights_invalid_str_mv Copyright (c) 2012 Revista Aurora
https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Faculdade de Filosofia e Ciências
publisher.none.fl_str_mv Faculdade de Filosofia e Ciências
dc.source.none.fl_str_mv Revista Aurora; v. 6 n. 1 (2012); 95-108
1982-8004
2177-0484
reponame:Revista Aurora (Online)
instname:Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Revista Aurora (Online)
collection Revista Aurora (Online)
repository.name.fl_str_mv
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1727298264118591488