O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?

Bibliographic Details
Main Author: Berto, Vanessa de Faria
Publication Date: 2021
Format: Article
Language: por
Source: Revista Aurora (Online)
Download full: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2365
Summary: Sob uma perspectiva de gênero, enquanto categoria de análise histórica, e através de um diálogo interdisciplinar com a Sociologia, a Antropologia e a História, este artigo dedica-se a uma breve análise do cotidiano do ‘Centro Comunitário Nova Marília’ e das mulheres que foram suas membro-fundadoras. Aprofundando-se no estudo dos discursos e das práticas, observados e registrados através de trabalho etnográfico apresentado em dissertação de mestrado, o texto procura entender como tais mulheres consentiam e/ ou reagiam frente às representações dominantes da diferença entre os sexos. Particularmente, aqui trabalhamos com a incorporação de normas sociais consideradas ‘naturais’ e com o conceito de ‘violência simbólica’ estabelecido por Pierre Bourdieu. Nesse sentido, procuramos compreender também a emergência de um movimento feminista/ feminino, no qual as mulheres se mostraram capazes de articular responsabilidades e privilégios não apenas para si mesmas, mas também para o bem da coletividade.
id UNESP-32_ea684be62646881d8744766adc8698d7
oai_identifier_str oai:ojs.www2.marilia.unesp.br:article/2365
network_acronym_str UNESP-32
network_name_str Revista Aurora (Online)
repository_id_str
spelling O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?GêneroFeminismoBourdieuSob uma perspectiva de gênero, enquanto categoria de análise histórica, e através de um diálogo interdisciplinar com a Sociologia, a Antropologia e a História, este artigo dedica-se a uma breve análise do cotidiano do ‘Centro Comunitário Nova Marília’ e das mulheres que foram suas membro-fundadoras. Aprofundando-se no estudo dos discursos e das práticas, observados e registrados através de trabalho etnográfico apresentado em dissertação de mestrado, o texto procura entender como tais mulheres consentiam e/ ou reagiam frente às representações dominantes da diferença entre os sexos. Particularmente, aqui trabalhamos com a incorporação de normas sociais consideradas ‘naturais’ e com o conceito de ‘violência simbólica’ estabelecido por Pierre Bourdieu. Nesse sentido, procuramos compreender também a emergência de um movimento feminista/ feminino, no qual as mulheres se mostraram capazes de articular responsabilidades e privilégios não apenas para si mesmas, mas também para o bem da coletividade.Faculdade de Filosofia e Ciências2021-10-04info:eu-repo/semantics/articleinfo:eu-repo/semantics/publishedVersionapplication/pdfhttps://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/236510.36311/1982-8004.2012.v5n0.2365Revista Aurora; v. 5 (2012): Edição Especial; 79-901982-80042177-0484reponame:Revista Aurora (Online)instname:Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)instacron:UNESPporhttps://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2365/1925Copyright (c) 2012 Revista Aurorahttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/info:eu-repo/semantics/openAccessBerto, Vanessa de Faria2020-07-29T11:18:47ZRevistahttps://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/indexPUB
dc.title.none.fl_str_mv O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
title O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
spellingShingle O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
Berto, Vanessa de Faria
Gênero
Feminismo
Bourdieu
title_short O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
title_full O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
title_fullStr O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
title_full_unstemmed O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
title_sort O movimento das mulheres das oficinas de trabalho comunitário do bairro Nova Marília - SP: engendrando um novo feminismo?
author Berto, Vanessa de Faria
author_facet Berto, Vanessa de Faria
author_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Berto, Vanessa de Faria
dc.subject.por.fl_str_mv Gênero
Feminismo
Bourdieu
topic Gênero
Feminismo
Bourdieu
dc.description.none.fl_txt_mv Sob uma perspectiva de gênero, enquanto categoria de análise histórica, e através de um diálogo interdisciplinar com a Sociologia, a Antropologia e a História, este artigo dedica-se a uma breve análise do cotidiano do ‘Centro Comunitário Nova Marília’ e das mulheres que foram suas membro-fundadoras. Aprofundando-se no estudo dos discursos e das práticas, observados e registrados através de trabalho etnográfico apresentado em dissertação de mestrado, o texto procura entender como tais mulheres consentiam e/ ou reagiam frente às representações dominantes da diferença entre os sexos. Particularmente, aqui trabalhamos com a incorporação de normas sociais consideradas ‘naturais’ e com o conceito de ‘violência simbólica’ estabelecido por Pierre Bourdieu. Nesse sentido, procuramos compreender também a emergência de um movimento feminista/ feminino, no qual as mulheres se mostraram capazes de articular responsabilidades e privilégios não apenas para si mesmas, mas também para o bem da coletividade.
description Sob uma perspectiva de gênero, enquanto categoria de análise histórica, e através de um diálogo interdisciplinar com a Sociologia, a Antropologia e a História, este artigo dedica-se a uma breve análise do cotidiano do ‘Centro Comunitário Nova Marília’ e das mulheres que foram suas membro-fundadoras. Aprofundando-se no estudo dos discursos e das práticas, observados e registrados através de trabalho etnográfico apresentado em dissertação de mestrado, o texto procura entender como tais mulheres consentiam e/ ou reagiam frente às representações dominantes da diferença entre os sexos. Particularmente, aqui trabalhamos com a incorporação de normas sociais consideradas ‘naturais’ e com o conceito de ‘violência simbólica’ estabelecido por Pierre Bourdieu. Nesse sentido, procuramos compreender também a emergência de um movimento feminista/ feminino, no qual as mulheres se mostraram capazes de articular responsabilidades e privilégios não apenas para si mesmas, mas também para o bem da coletividade.
publishDate 2021
dc.date.none.fl_str_mv 2021-10-04
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2365
10.36311/1982-8004.2012.v5n0.2365
url https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2365
identifier_str_mv 10.36311/1982-8004.2012.v5n0.2365
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.relation.none.fl_str_mv https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2365/1925
dc.rights.driver.fl_str_mv Copyright (c) 2012 Revista Aurora
https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
info:eu-repo/semantics/openAccess
rights_invalid_str_mv Copyright (c) 2012 Revista Aurora
https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Faculdade de Filosofia e Ciências
publisher.none.fl_str_mv Faculdade de Filosofia e Ciências
dc.source.none.fl_str_mv Revista Aurora; v. 5 (2012): Edição Especial; 79-90
1982-8004
2177-0484
reponame:Revista Aurora (Online)
instname:Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Revista Aurora (Online)
collection Revista Aurora (Online)
repository.name.fl_str_mv
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1727298264107057152