Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon

Detalhes bibliográficos
Autor(a) principal: Spricigo, Poliana Cristina
Data de Publicação: 2010
Outros Autores: Mattiuz, Ben-Hur [UNESP], Pietro, Júlia de [UNESP], Mattiuz, Claudia Fabrino Machado, Oliveira, Maria Elisa Morais de
Tipo de documento: Artigo
Idioma: por
Título da fonte: Repositório Institucional da UNESP
Texto Completo: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542010000500023
http://hdl.handle.net/11449/30194
Resumo: O desenvolvimento e uso de técnicas que prolonguem a durabilidade das flores, mantendo a qualidade do produto, é imprescindível para redução de perdas pós-colheita. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar soluções de manutenção, associadas ou não a sacarose, na manutenção da qualidade pós-colheita de hastes de crisântemos. O experimento foi conduzido sob delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial, com cinco tratamentos e três repetições, com 2 hastes florais cada uma. Os tratamentos utilizaram água destilada; 8-HQC a 100 mg L-1; 8-HQC a 100 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1, 8-HQC a 200 mg L-1; 8-HQC a 200 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1. Foram feitas avaliações físicas: coloração, massa fresca e conteúdo relativo de água (CRA); avaliações químicas: açúcares redutores e pigmentos; e avaliações qualitativas: turgescência, cor das flores, e número de botões, flores entreabertas e abertas. A combinação de 8-HQC 200 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1 foi a que apresentou melhor desempenho para a manutenção da qualidade das hastes florais, favorecendo a abertura de botões e a turgescência das lígulas. A sacarose contribuiu para uma melhor manutenção de substâncias de reserva na haste, que tiveram a sua vida de vaso estendida.
id UNSP_6208d7cc1f6cedf1640748c84f6dd6d9
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/30194
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str 2946
spelling Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. DragonChrysanthemum morifolium cv. Dragon postharvest maintenance solutionsChrysanthemum8-hydroxyquinoline citratesucroseCrisântemo8-citrato de hidroxiquinolinaSacaroseO desenvolvimento e uso de técnicas que prolonguem a durabilidade das flores, mantendo a qualidade do produto, é imprescindível para redução de perdas pós-colheita. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar soluções de manutenção, associadas ou não a sacarose, na manutenção da qualidade pós-colheita de hastes de crisântemos. O experimento foi conduzido sob delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial, com cinco tratamentos e três repetições, com 2 hastes florais cada uma. Os tratamentos utilizaram água destilada; 8-HQC a 100 mg L-1; 8-HQC a 100 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1, 8-HQC a 200 mg L-1; 8-HQC a 200 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1. Foram feitas avaliações físicas: coloração, massa fresca e conteúdo relativo de água (CRA); avaliações químicas: açúcares redutores e pigmentos; e avaliações qualitativas: turgescência, cor das flores, e número de botões, flores entreabertas e abertas. A combinação de 8-HQC 200 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1 foi a que apresentou melhor desempenho para a manutenção da qualidade das hastes florais, favorecendo a abertura de botões e a turgescência das lígulas. A sacarose contribuiu para uma melhor manutenção de substâncias de reserva na haste, que tiveram a sua vida de vaso estendida.The development and use of techniques that extend the life vase of the flowers, maintaining the quality of the product, is essential for reducing postharvest losses. The objective of this work was to evaluate different solutions for maintenance, associated or not to sucrose, in maintaining the postharvest quality of chrysanthemum stems. The treatments used distilled water, 8-HQC to 100 mg L-1, 8-HQC to 100 mg L-1 + sucrose 50 g L-1, 8-HQC to 200 mg L-1, 8-HQC to 200 mg L-1 + sucrose 50 g L-1. Physical assessments were made: color, fresh mass and relative water content; chemical evaluations: reducing sugars and pigments, and qualitative assessments: turgidity, color of the flowers, and number of buttons, open flowers and partially open flowers. The combination of 8-HQC 200 mg L-1 + sucrose 50 g L-1 was the best performance that made for maintaining the quality of flower stems, favoring the opening of buttons and turgidity of petals. Sucrose contributed to better maintenance of the reserve substances in the shaft, which had increased the flower vase life.Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia AgrícolaUniversidade Estadual Paulista Departamento de TecnologiaUniversidade Estadual PaulistaCentro Universitário Moura LacerdaUniversidade Estadual de CampinasUniversidade Estadual Paulista Departamento de TecnologiaUniversidade Estadual PaulistaEditora da Universidade Federal de Lavras (UFLA)Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)Universidade Estadual Paulista (Unesp)Centro Universitário Moura LacerdaSpricigo, Poliana CristinaMattiuz, Ben-Hur [UNESP]Pietro, Júlia de [UNESP]Mattiuz, Claudia Fabrino MachadoOliveira, Maria Elisa Morais de2014-05-20T15:16:48Z2014-05-20T15:16:48Z2010-10-01info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/article1238-1244application/pdfhttp://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542010000500023Ciência e Agrotecnologia. Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA), v. 34, n. 5, p. 1238-1244, 2010.1413-7054http://hdl.handle.net/11449/3019410.1590/S1413-70542010000500023S1413-70542010000500023WOS:000285105100023S1413-70542010000500023.pdfSciELOreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESPporCiência e Agrotecnologia0.6720,383info:eu-repo/semantics/openAccess2024-06-07T15:31:59Zoai:repositorio.unesp.br:11449/30194Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462024-06-07T15:31:59Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
Chrysanthemum morifolium cv. Dragon postharvest maintenance solutions
title Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
spellingShingle Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
Spricigo, Poliana Cristina
Chrysanthemum
8-hydroxyquinoline citrate
sucrose
Crisântemo
8-citrato de hidroxiquinolina
Sacarose
title_short Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
title_full Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
title_fullStr Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
title_full_unstemmed Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
title_sort Soluções de manutenção na pós-colheita de Chrysanthemum morifolium cv. Dragon
author Spricigo, Poliana Cristina
author_facet Spricigo, Poliana Cristina
Mattiuz, Ben-Hur [UNESP]
Pietro, Júlia de [UNESP]
Mattiuz, Claudia Fabrino Machado
Oliveira, Maria Elisa Morais de
author_role author
author2 Mattiuz, Ben-Hur [UNESP]
Pietro, Júlia de [UNESP]
Mattiuz, Claudia Fabrino Machado
Oliveira, Maria Elisa Morais de
author2_role author
author
author
author
dc.contributor.none.fl_str_mv Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Centro Universitário Moura Lacerda
dc.contributor.author.fl_str_mv Spricigo, Poliana Cristina
Mattiuz, Ben-Hur [UNESP]
Pietro, Júlia de [UNESP]
Mattiuz, Claudia Fabrino Machado
Oliveira, Maria Elisa Morais de
dc.subject.por.fl_str_mv Chrysanthemum
8-hydroxyquinoline citrate
sucrose
Crisântemo
8-citrato de hidroxiquinolina
Sacarose
topic Chrysanthemum
8-hydroxyquinoline citrate
sucrose
Crisântemo
8-citrato de hidroxiquinolina
Sacarose
description O desenvolvimento e uso de técnicas que prolonguem a durabilidade das flores, mantendo a qualidade do produto, é imprescindível para redução de perdas pós-colheita. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar soluções de manutenção, associadas ou não a sacarose, na manutenção da qualidade pós-colheita de hastes de crisântemos. O experimento foi conduzido sob delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial, com cinco tratamentos e três repetições, com 2 hastes florais cada uma. Os tratamentos utilizaram água destilada; 8-HQC a 100 mg L-1; 8-HQC a 100 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1, 8-HQC a 200 mg L-1; 8-HQC a 200 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1. Foram feitas avaliações físicas: coloração, massa fresca e conteúdo relativo de água (CRA); avaliações químicas: açúcares redutores e pigmentos; e avaliações qualitativas: turgescência, cor das flores, e número de botões, flores entreabertas e abertas. A combinação de 8-HQC 200 mg L-1 + sacarose a 50 g L-1 foi a que apresentou melhor desempenho para a manutenção da qualidade das hastes florais, favorecendo a abertura de botões e a turgescência das lígulas. A sacarose contribuiu para uma melhor manutenção de substâncias de reserva na haste, que tiveram a sua vida de vaso estendida.
publishDate 2010
dc.date.none.fl_str_mv 2010-10-01
2014-05-20T15:16:48Z
2014-05-20T15:16:48Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542010000500023
Ciência e Agrotecnologia. Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA), v. 34, n. 5, p. 1238-1244, 2010.
1413-7054
http://hdl.handle.net/11449/30194
10.1590/S1413-70542010000500023
S1413-70542010000500023
WOS:000285105100023
S1413-70542010000500023.pdf
url http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542010000500023
http://hdl.handle.net/11449/30194
identifier_str_mv Ciência e Agrotecnologia. Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA), v. 34, n. 5, p. 1238-1244, 2010.
1413-7054
10.1590/S1413-70542010000500023
S1413-70542010000500023
WOS:000285105100023
S1413-70542010000500023.pdf
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.relation.none.fl_str_mv Ciência e Agrotecnologia
0.672
0,383
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv 1238-1244
application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA)
publisher.none.fl_str_mv Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA)
dc.source.none.fl_str_mv SciELO
reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1803649811452264448