Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’

Detalhes bibliográficos
Autor(a) principal: Lopes, Marcela Caetano
Data de Publicação: 2018
Tipo de documento: Dissertação
Idioma: por
Título da fonte: Repositório Institucional da UNESP
Texto Completo: http://hdl.handle.net/11449/153137
Resumo: A utilização do lodo de esgoto como fonte alternativa de adubação, além de promover economia em fertilizantes químicos e melhorar a qualidade física do solo, viabiliza aumento na produtividade das culturas agrícolas. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o efeito de doses de lodo de esgoto na produtividade e na qualidade dos frutos de abacateiro ‘Hass’. O experimento foi conduzido e realizado na Fazenda Jaguacy Brasil, produtora e exportadora de abacates ‘Hass’, localizada no município de Bauru-SP. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições e 5 tratamentos, constando de 4 plantas por parcela. A área útil de cada parcela foi composta por duas plantas, destinadas à colheita total dos frutos, em março de 2016 e 2017. As plantas encontram-se no espaçamento 8 x 6 m (208 plantas/hectare), com aproximadamente 9 anos de idade, a irrigação foi realizada por gotejadores. Os tratamentos foram constituídos por quatro doses de lodo de esgoto, com 20% de umidade (15, 30, 45 e 60 kg/planta), aplicadas em dose única no primeiro semestre dos anos de 2016 e 2017, e o controle, sem adição de lodo de esgoto, durante os ciclos de cultivos. Realizou-se análise dos frutos quanto à produtividade acumulada para os dois anos agrícolas, às características físicas e químicas, a análise química do tecido vegetal e do solo, a quantificação de metais pesados na polpa dos frutos e o índice de cor verde das plantas de abacateiro. Pode-se verificar que a adubação com lodo de esgoto na cultura do abacate proporcionou uma queda linear na produtividade acumulada em função das doses, possivelmente pela alta suscetibilidade da planta à toxidez por Cl. Para os teores foliares, a adubação com lodo de esgoto promoveu um aumento dos elementos N e P para as plantas de abacateiro ‘Hass’. Na solução do solo, a aplicação de doses de lodo de esgoto influenciou as variáveis K, Ca, CTC, SB e V%, sendo que, para os micronutrientes, apenas o S sofreu variação.
id UNSP_9963484eb25900376f859968f587a645
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/153137
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str 2946
spelling Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’Doses of sewage sludge in the productivity and quality of 'hass'Matéria orgânica.Nutrição mineral.Nutrientes.Persea americana.Pós-colheita.A utilização do lodo de esgoto como fonte alternativa de adubação, além de promover economia em fertilizantes químicos e melhorar a qualidade física do solo, viabiliza aumento na produtividade das culturas agrícolas. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o efeito de doses de lodo de esgoto na produtividade e na qualidade dos frutos de abacateiro ‘Hass’. O experimento foi conduzido e realizado na Fazenda Jaguacy Brasil, produtora e exportadora de abacates ‘Hass’, localizada no município de Bauru-SP. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições e 5 tratamentos, constando de 4 plantas por parcela. A área útil de cada parcela foi composta por duas plantas, destinadas à colheita total dos frutos, em março de 2016 e 2017. As plantas encontram-se no espaçamento 8 x 6 m (208 plantas/hectare), com aproximadamente 9 anos de idade, a irrigação foi realizada por gotejadores. Os tratamentos foram constituídos por quatro doses de lodo de esgoto, com 20% de umidade (15, 30, 45 e 60 kg/planta), aplicadas em dose única no primeiro semestre dos anos de 2016 e 2017, e o controle, sem adição de lodo de esgoto, durante os ciclos de cultivos. Realizou-se análise dos frutos quanto à produtividade acumulada para os dois anos agrícolas, às características físicas e químicas, a análise química do tecido vegetal e do solo, a quantificação de metais pesados na polpa dos frutos e o índice de cor verde das plantas de abacateiro. Pode-se verificar que a adubação com lodo de esgoto na cultura do abacate proporcionou uma queda linear na produtividade acumulada em função das doses, possivelmente pela alta suscetibilidade da planta à toxidez por Cl. Para os teores foliares, a adubação com lodo de esgoto promoveu um aumento dos elementos N e P para as plantas de abacateiro ‘Hass’. Na solução do solo, a aplicação de doses de lodo de esgoto influenciou as variáveis K, Ca, CTC, SB e V%, sendo que, para os micronutrientes, apenas o S sofreu variação.The use of sewage sludge as an alternative fertilizer source, in addition to promote a decrease on chemical fertilizer use and enhancing soil physical quality, enables an increase in crop yield.The aim of the study was to evaluate the effects of sewage sludge levels on the yield and quality of avocado ‘Hass’.The experiment was set at Jaguacy Brasil farm, producer and exporter of ‘Hass’ avocado, located at Bauru-SP. The experimental design was in randomized blocks with four replicates and five treatments, in which each plot was constituted by 4 avocado plants. Useful area of each plot was constituted by two plants, with total fruit harvest in March 2016 and 2017. The plants were distant of each other by 8 × 6 m (208 plants ha-1), with approximately 9 years old, irrigation was performed by dripping. Treatments were constituted by four sewage sludge levels with 20% moisture (15, 30, 45 and 60 kg/plant) applied as a single level in the first semester of both years and control, without sludge along the crop cycle. It was performed the analysis of the fruits as for cumulative yield for both crop season, the physical and chemical characteristic, vegetal tissue and soil chemical analysis, heavy metal quantification on fruit pulp and green color index of avocado plants. It was verified that the fertilization with sewage sludge on avocado promoted a linear decrease on cumulative yield due to levels, probably owing to the high susceptibility of the plant to toxicity of Cl. The sludge fertilization increased foliar concentrations of N and P in the ‘Hass’ avocado plants. The sludge fertilization levels in the soil influenced the variables K, S, Ca, CEC, BS and V%.Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)130370/2016-9Universidade Estadual Paulista (Unesp)Villas Bôas, Roberto LyraUniversidade Estadual Paulista (Unesp)Lopes, Marcela Caetano2018-03-21T18:59:48Z2018-03-21T18:59:48Z2018-02-28info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisapplication/pdfhttp://hdl.handle.net/11449/15313700089859633004064014P0porinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESP2024-05-02T14:29:43Zoai:repositorio.unesp.br:11449/153137Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462024-05-02T14:29:43Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
Doses of sewage sludge in the productivity and quality of 'hass'
title Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
spellingShingle Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
Lopes, Marcela Caetano
Matéria orgânica.
Nutrição mineral.
Nutrientes.
Persea americana.
Pós-colheita.
title_short Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
title_full Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
title_fullStr Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
title_full_unstemmed Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
title_sort Doses de lodo de esgoto na produtividade e qualidade dos frutos de abacateiro ‘hass’
author Lopes, Marcela Caetano
author_facet Lopes, Marcela Caetano
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Villas Bôas, Roberto Lyra
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Lopes, Marcela Caetano
dc.subject.por.fl_str_mv Matéria orgânica.
Nutrição mineral.
Nutrientes.
Persea americana.
Pós-colheita.
topic Matéria orgânica.
Nutrição mineral.
Nutrientes.
Persea americana.
Pós-colheita.
description A utilização do lodo de esgoto como fonte alternativa de adubação, além de promover economia em fertilizantes químicos e melhorar a qualidade física do solo, viabiliza aumento na produtividade das culturas agrícolas. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o efeito de doses de lodo de esgoto na produtividade e na qualidade dos frutos de abacateiro ‘Hass’. O experimento foi conduzido e realizado na Fazenda Jaguacy Brasil, produtora e exportadora de abacates ‘Hass’, localizada no município de Bauru-SP. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições e 5 tratamentos, constando de 4 plantas por parcela. A área útil de cada parcela foi composta por duas plantas, destinadas à colheita total dos frutos, em março de 2016 e 2017. As plantas encontram-se no espaçamento 8 x 6 m (208 plantas/hectare), com aproximadamente 9 anos de idade, a irrigação foi realizada por gotejadores. Os tratamentos foram constituídos por quatro doses de lodo de esgoto, com 20% de umidade (15, 30, 45 e 60 kg/planta), aplicadas em dose única no primeiro semestre dos anos de 2016 e 2017, e o controle, sem adição de lodo de esgoto, durante os ciclos de cultivos. Realizou-se análise dos frutos quanto à produtividade acumulada para os dois anos agrícolas, às características físicas e químicas, a análise química do tecido vegetal e do solo, a quantificação de metais pesados na polpa dos frutos e o índice de cor verde das plantas de abacateiro. Pode-se verificar que a adubação com lodo de esgoto na cultura do abacate proporcionou uma queda linear na produtividade acumulada em função das doses, possivelmente pela alta suscetibilidade da planta à toxidez por Cl. Para os teores foliares, a adubação com lodo de esgoto promoveu um aumento dos elementos N e P para as plantas de abacateiro ‘Hass’. Na solução do solo, a aplicação de doses de lodo de esgoto influenciou as variáveis K, Ca, CTC, SB e V%, sendo que, para os micronutrientes, apenas o S sofreu variação.
publishDate 2018
dc.date.none.fl_str_mv 2018-03-21T18:59:48Z
2018-03-21T18:59:48Z
2018-02-28
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/11449/153137
000898596
33004064014P0
url http://hdl.handle.net/11449/153137
identifier_str_mv 000898596
33004064014P0
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1805282604241387520