Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”

Bibliographic Details
Main Author: Figueiredo, Valbia Colares
Publication Date: 2015
Format: Master thesis
Language: por
Source: Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos)
Download full: http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4943
Summary: Este trabalho pauta-se nos pressupostos da lexicografia e objetiva investigar as marcas de uso dos regionalismos no Dicionário Aurélio Buarque de Holanda Ferreira 2ª edição-1986 e 5ª edição-2010, a fim de constatar se há representatividade de todas as regiões brasileiras pelos registros dos vocábulos regionais na referida obra, e que critérios foram utilizados para a inclusão destas lexias no dicionário. Para tanto, buscamos analisar os prefácios das obras selecionadas com a finalidade de identificar esses critérios de inclusão; identificar os verbetes com marcas de uso Brasileirismo nas três primeiras páginas das letras A, B, C e D, das duas edições do dicionário; analisar um recorte dos verbetes distribuídos em unidades lexicais marcadas por Brasileirismo, observando uso geral e local; fazer análise comparativa entre as duas edições do Dicionário Aurélio (2ª e 5ª edições); fazer comparação entre o Dicionário Aurélio (5ª ed.) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (1ª ed. 2009), utilizando o mesmo critério de análise do Aurélio (nas três primeiras páginas das letras A, B, C e D); com a finalidade de comparar os resultados em relação aos regionalismos; e por fim comparar o Dicionário Aurélio (5ª ed.) e o dicionário de regionalismo Dicionário Gaúcho (5ª ed. 2013). Como embasamento teórico recorremos a conceitos da lexicografia, lexicologia, sociolinguística, acrescidos de estudos voltados para a área do regionalismo. As análises dos dados demonstraram que não há critérios explícitos de inclusão dos regionalismos no Dicionário Aurélio e que os registros de regionalismos na obra privilegiam as regiões Sul e Nordeste em detrimento das outras regiões, chegando até à exclusão de algumas regiões como é o caso do Norte e Sudeste, na 5ª edição. Diante disso, constatou-se uma grande lacuna em relação ao que se considera o português do Brasil representado com as marcas de uso dos regionalismos nesta obra lexicográfica.
id USIN_f20108319fabbb794ce00b3943561df2
oai_identifier_str oai:www.repositorio.jesuita.org.br:UNISINOS/4943
network_acronym_str USIN
network_name_str Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos)
repository_id_str
spelling 2015-11-09T11:01:15Z2015-11-09T11:01:15Z2015-09-25Submitted by Silvana Teresinha Dornelles Studzinski (sstudzinski) on 2015-11-09T11:01:15Z No. of bitstreams: 1 VALBIA COLARES FIGUEIREDO_.pdf: 61401790 bytes, checksum: 90d5f3ced6b3328266f5e405d3bb34ef (MD5)Made available in DSpace on 2015-11-09T11:01:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 VALBIA COLARES FIGUEIREDO_.pdf: 61401790 bytes, checksum: 90d5f3ced6b3328266f5e405d3bb34ef (MD5) Previous issue date: 2015-09-25Este trabalho pauta-se nos pressupostos da lexicografia e objetiva investigar as marcas de uso dos regionalismos no Dicionário Aurélio Buarque de Holanda Ferreira 2ª edição-1986 e 5ª edição-2010, a fim de constatar se há representatividade de todas as regiões brasileiras pelos registros dos vocábulos regionais na referida obra, e que critérios foram utilizados para a inclusão destas lexias no dicionário. Para tanto, buscamos analisar os prefácios das obras selecionadas com a finalidade de identificar esses critérios de inclusão; identificar os verbetes com marcas de uso Brasileirismo nas três primeiras páginas das letras A, B, C e D, das duas edições do dicionário; analisar um recorte dos verbetes distribuídos em unidades lexicais marcadas por Brasileirismo, observando uso geral e local; fazer análise comparativa entre as duas edições do Dicionário Aurélio (2ª e 5ª edições); fazer comparação entre o Dicionário Aurélio (5ª ed.) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (1ª ed. 2009), utilizando o mesmo critério de análise do Aurélio (nas três primeiras páginas das letras A, B, C e D); com a finalidade de comparar os resultados em relação aos regionalismos; e por fim comparar o Dicionário Aurélio (5ª ed.) e o dicionário de regionalismo Dicionário Gaúcho (5ª ed. 2013). Como embasamento teórico recorremos a conceitos da lexicografia, lexicologia, sociolinguística, acrescidos de estudos voltados para a área do regionalismo. As análises dos dados demonstraram que não há critérios explícitos de inclusão dos regionalismos no Dicionário Aurélio e que os registros de regionalismos na obra privilegiam as regiões Sul e Nordeste em detrimento das outras regiões, chegando até à exclusão de algumas regiões como é o caso do Norte e Sudeste, na 5ª edição. Diante disso, constatou-se uma grande lacuna em relação ao que se considera o português do Brasil representado com as marcas de uso dos regionalismos nesta obra lexicográfica.This work is guided on the assumptions of lexicography and objectively investigate the regionalisms use of trademarks in the Dictionary Aurélio Buarque de Holanda Ferreira 2nd edition, 1986, 5th edition, 2010, in order to see whether there is representation from all regions of Brazil through the records of regional words in that work, and what criteria were used for the inclusion of these lexias in the dictionary. To this end, we analyze the prefaces of the works selected for the purpose of identifying these inclusion criteria; identify the entries with brands Brazilianism use the first three pages of the letters A, B, C and D, the two editions of the dictionary; analyze a crop of entries divided into lexical units marked by Brazilianism, watching general use and location; make comparative analysis between the two editions of the Aurélio Dictionary (2nd and 5th editions); making comparison between Aurélio Dictionary (5th ed.) and the Concise Oxford Dictionary of the English Language (2009 1st ed.), using the same analysis criteria Aurélio (the first three pages of the letters A, B, C and D); for what purpose of comparing the results with respect to regionalism; and finally compare the Aurélio Dictionary (5th ed.) and regionalism dictionary Gaucho Dictionary (5th ed. 2013). As a theoretical basis, we use the concepts of lexicography, lexicology, sociolinguistics, plus studies focused on the area of regionalism. Data analysis showed that there is no explicit criteria for inclusion of regionalism in the dictionary Aurélio and regionalisms records in the work favor the South and Northeast regions to the detriment of other regions, reaching the exclusion of some regions such as the North case and Southeast, in the 5th edition. Thus, there was a big gap in relation to what is considered the Portuguese of Brazil represented with the use of trademarks of regionalisms this lexicographical work.UNISINOS - Universidade do Vale do Rio dos SinosFigueiredo, Valbia Colareshttp://lattes.cnpq.br/3738714001666222http://lattes.cnpq.br/5100805389290479Krieger, Maria da GraçaUniversidade do Vale do Rio dos SinosPrograma de Pós-Graduação em Linguística AplicadaUnisinosBrasilEscola da Indústria CriativaMarcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::LingüísticaMarcas de usoRegionalismoBrasileirismoDicionário aurélioUse of trademarksRegionalismBrazilianismDictionary aureliusinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesishttp://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4943info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos)instname:Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)instacron:UNISINOSORIGINALVALBIA COLARES FIGUEIREDO_.pdfVALBIA COLARES FIGUEIREDO_.pdfapplication/pdf61401790http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/UNISINOS/4943/1/VALBIA+COLARES+FIGUEIREDO_.pdf90d5f3ced6b3328266f5e405d3bb34efMD51LICENSElicense.txtlicense.txttext/plain; charset=utf-82175http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/UNISINOS/4943/2/license.txt320e21f23402402ac4988605e1edd177MD52UNISINOS/49432015-11-09 09:03:39.739oai:www.repositorio.jesuita.org.br:UNISINOS/4943Ck5PVEE6IENPTE9RVUUgQVFVSSBBIFNVQSBQUsOTUFJJQSBMSUNFTsOHQQoKRXN0YSBsaWNlbsOnYSBkZSBleGVtcGxvIMOpIGZvcm5lY2lkYSBhcGVuYXMgcGFyYSBmaW5zIGluZm9ybWF0aXZvcy4KCkxpY2Vuw6dhIERFIERJU1RSSUJVScOHw4NPIE7Dg08tRVhDTFVTSVZBCgpDb20gYSBhcHJlc2VudGHDp8OjbyBkZXN0YSBsaWNlbsOnYSwgdm9jw6ogKG8gYXV0b3IgKGVzKSBvdSBvIHRpdHVsYXIgZG9zIGRpcmVpdG9zIGRlIGF1dG9yKSBjb25jZWRlIMOgIApVbml2ZXJzaWRhZGUgZG8gVmFsZSBkbyBSaW8gZG9zIFNpbm9zIChVTklTSU5PUykgbyBkaXJlaXRvIG7Do28tZXhjbHVzaXZvIGRlIHJlcHJvZHV6aXIsICB0cmFkdXppciAoY29uZm9ybWUgZGVmaW5pZG8gYWJhaXhvKSwgZS9vdSAKZGlzdHJpYnVpciBhIHN1YSB0ZXNlIG91IGRpc3NlcnRhw6fDo28gKGluY2x1aW5kbyBvIHJlc3VtbykgcG9yIHRvZG8gbyBtdW5kbyBubyBmb3JtYXRvIGltcHJlc3NvIGUgZWxldHLDtG5pY28gZSAKZW0gcXVhbHF1ZXIgbWVpbywgaW5jbHVpbmRvIG9zIGZvcm1hdG9zIMOhdWRpbyBvdSB2w61kZW8uCgpWb2PDqiBjb25jb3JkYSBxdWUgYSBTaWdsYSBkZSBVbml2ZXJzaWRhZGUgcG9kZSwgc2VtIGFsdGVyYXIgbyBjb250ZcO6ZG8sIHRyYW5zcG9yIGEgc3VhIHRlc2Ugb3UgZGlzc2VydGHDp8OjbyAKcGFyYSBxdWFscXVlciBtZWlvIG91IGZvcm1hdG8gcGFyYSBmaW5zIGRlIHByZXNlcnZhw6fDo28uCgpWb2PDqiB0YW1iw6ltIGNvbmNvcmRhIHF1ZSBhIFNpZ2xhIGRlIFVuaXZlcnNpZGFkZSBwb2RlIG1hbnRlciBtYWlzIGRlIHVtYSBjw7NwaWEgYSBzdWEgdGVzZSBvdSAKZGlzc2VydGHDp8OjbyBwYXJhIGZpbnMgZGUgc2VndXJhbsOnYSwgYmFjay11cCBlIHByZXNlcnZhw6fDo28uCgpWb2PDqiBkZWNsYXJhIHF1ZSBhIHN1YSB0ZXNlIG91IGRpc3NlcnRhw6fDo28gw6kgb3JpZ2luYWwgZSBxdWUgdm9jw6ogdGVtIG8gcG9kZXIgZGUgY29uY2VkZXIgb3MgZGlyZWl0b3MgY29udGlkb3MgCm5lc3RhIGxpY2Vuw6dhLiBWb2PDqiB0YW1iw6ltIGRlY2xhcmEgcXVlIG8gZGVww7NzaXRvIGRhIHN1YSB0ZXNlIG91IGRpc3NlcnRhw6fDo28gbsOjbywgcXVlIHNlamEgZGUgc2V1IApjb25oZWNpbWVudG8sIGluZnJpbmdlIGRpcmVpdG9zIGF1dG9yYWlzIGRlIG5pbmd1w6ltLgoKQ2FzbyBhIHN1YSB0ZXNlIG91IGRpc3NlcnRhw6fDo28gY29udGVuaGEgbWF0ZXJpYWwgcXVlIHZvY8OqIG7Do28gcG9zc3VpIGEgdGl0dWxhcmlkYWRlIGRvcyBkaXJlaXRvcyBhdXRvcmFpcywgdm9jw6ogCmRlY2xhcmEgcXVlIG9idGV2ZSBhIHBlcm1pc3PDo28gaXJyZXN0cml0YSBkbyBkZXRlbnRvciBkb3MgZGlyZWl0b3MgYXV0b3JhaXMgcGFyYSBjb25jZWRlciDDoCBTaWdsYSBkZSBVbml2ZXJzaWRhZGUgCm9zIGRpcmVpdG9zIGFwcmVzZW50YWRvcyBuZXN0YSBsaWNlbsOnYSwgZSBxdWUgZXNzZSBtYXRlcmlhbCBkZSBwcm9wcmllZGFkZSBkZSB0ZXJjZWlyb3MgZXN0w6EgY2xhcmFtZW50ZSAKaWRlbnRpZmljYWRvIGUgcmVjb25oZWNpZG8gbm8gdGV4dG8gb3Ugbm8gY29udGXDumRvIGRhIHRlc2Ugb3UgZGlzc2VydGHDp8OjbyBvcmEgZGVwb3NpdGFkYS4KCkNBU08gQSBURVNFIE9VIERJU1NFUlRBw4fDg08gT1JBIERFUE9TSVRBREEgVEVOSEEgU0lETyBSRVNVTFRBRE8gREUgVU0gUEFUUk9Dw41OSU8gT1UgCkFQT0lPIERFIFVNQSBBR8OKTkNJQSBERSBGT01FTlRPIE9VIE9VVFJPIE9SR0FOSVNNTyBRVUUgTsODTyBTRUpBIEEgU0lHTEEgREUgClVOSVZFUlNJREFERSwgVk9Dw4ogREVDTEFSQSBRVUUgUkVTUEVJVE9VIFRPRE9TIEUgUVVBSVNRVUVSIERJUkVJVE9TIERFIFJFVklTw4NPIENPTU8gClRBTULDiU0gQVMgREVNQUlTIE9CUklHQcOHw5VFUyBFWElHSURBUyBQT1IgQ09OVFJBVE8gT1UgQUNPUkRPLgoKQSBTaWdsYSBkZSBVbml2ZXJzaWRhZGUgc2UgY29tcHJvbWV0ZSBhIGlkZW50aWZpY2FyIGNsYXJhbWVudGUgbyBzZXUgbm9tZSAocykgb3UgbyhzKSBub21lKHMpIGRvKHMpIApkZXRlbnRvcihlcykgZG9zIGRpcmVpdG9zIGF1dG9yYWlzIGRhIHRlc2Ugb3UgZGlzc2VydGHDp8OjbywgZSBuw6NvIGZhcsOhIHF1YWxxdWVyIGFsdGVyYcOnw6NvLCBhbMOpbSBkYXF1ZWxhcyAKY29uY2VkaWRhcyBwb3IgZXN0YSBsaWNlbsOnYS4KRepositório de Publicaçõeshttp://www.repositorio.jesuita.org.br/oai/requestopendoar:2015-11-09T11:03:39Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
title Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
spellingShingle Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
Figueiredo, Valbia Colares
ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística
Marcas de uso
Regionalismo
Brasileirismo
Dicionário aurélio
Use of trademarks
Regionalism
Brazilianism
Dictionary aurelius
title_short Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
title_full Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
title_fullStr Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
title_full_unstemmed Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
title_sort Marcas de uso de regionalismos no “dicionário aurélio da língua portuguesa”
author Figueiredo, Valbia Colares
author_facet Figueiredo, Valbia Colares
author_role author
dc.contributor.authorLattes.pt_BR.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/3738714001666222
dc.contributor.advisorLattes.pt_BR.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/5100805389290479
dc.contributor.author.fl_str_mv Figueiredo, Valbia Colares
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Krieger, Maria da Graça
contributor_str_mv Krieger, Maria da Graça
dc.subject.cnpq.fl_str_mv ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística
topic ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística
Marcas de uso
Regionalismo
Brasileirismo
Dicionário aurélio
Use of trademarks
Regionalism
Brazilianism
Dictionary aurelius
dc.subject.por.fl_str_mv Marcas de uso
Regionalismo
Brasileirismo
Dicionário aurélio
dc.subject.eng.fl_str_mv Use of trademarks
Regionalism
Brazilianism
Dictionary aurelius
description Este trabalho pauta-se nos pressupostos da lexicografia e objetiva investigar as marcas de uso dos regionalismos no Dicionário Aurélio Buarque de Holanda Ferreira 2ª edição-1986 e 5ª edição-2010, a fim de constatar se há representatividade de todas as regiões brasileiras pelos registros dos vocábulos regionais na referida obra, e que critérios foram utilizados para a inclusão destas lexias no dicionário. Para tanto, buscamos analisar os prefácios das obras selecionadas com a finalidade de identificar esses critérios de inclusão; identificar os verbetes com marcas de uso Brasileirismo nas três primeiras páginas das letras A, B, C e D, das duas edições do dicionário; analisar um recorte dos verbetes distribuídos em unidades lexicais marcadas por Brasileirismo, observando uso geral e local; fazer análise comparativa entre as duas edições do Dicionário Aurélio (2ª e 5ª edições); fazer comparação entre o Dicionário Aurélio (5ª ed.) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (1ª ed. 2009), utilizando o mesmo critério de análise do Aurélio (nas três primeiras páginas das letras A, B, C e D); com a finalidade de comparar os resultados em relação aos regionalismos; e por fim comparar o Dicionário Aurélio (5ª ed.) e o dicionário de regionalismo Dicionário Gaúcho (5ª ed. 2013). Como embasamento teórico recorremos a conceitos da lexicografia, lexicologia, sociolinguística, acrescidos de estudos voltados para a área do regionalismo. As análises dos dados demonstraram que não há critérios explícitos de inclusão dos regionalismos no Dicionário Aurélio e que os registros de regionalismos na obra privilegiam as regiões Sul e Nordeste em detrimento das outras regiões, chegando até à exclusão de algumas regiões como é o caso do Norte e Sudeste, na 5ª edição. Diante disso, constatou-se uma grande lacuna em relação ao que se considera o português do Brasil representado com as marcas de uso dos regionalismos nesta obra lexicográfica.
publishDate 2015
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2015-11-09T11:01:15Z
dc.date.available.fl_str_mv 2015-11-09T11:01:15Z
dc.date.issued.fl_str_mv 2015-09-25
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4943
url http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4943
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade do Vale do Rio dos Sinos
dc.publisher.program.fl_str_mv Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada
dc.publisher.initials.fl_str_mv Unisinos
dc.publisher.country.fl_str_mv Brasil
dc.publisher.department.fl_str_mv Escola da Indústria Criativa
publisher.none.fl_str_mv Universidade do Vale do Rio dos Sinos
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos)
instname:Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)
instacron:UNISINOS
instname_str Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)
instacron_str UNISINOS
institution UNISINOS
reponame_str Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos)
collection Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos)
bitstream.url.fl_str_mv http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/UNISINOS/4943/1/VALBIA+COLARES+FIGUEIREDO_.pdf
http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/UNISINOS/4943/2/license.txt
bitstream.checksum.fl_str_mv 90d5f3ced6b3328266f5e405d3bb34ef
320e21f23402402ac4988605e1edd177
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNISINOS (RBDU Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1748213550780776448