Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).

Bibliographic Details
Main Author: ADISSI, Paula Oliveira.
Publication Date: 2011
Format: Master thesis
Language: por
Source: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG
Download full: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735
Summary: A proposta dessa dissertação é estudar o processo de criminalização dos movimentos sociais, em especial do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Fazemos este estudo a partir de um caso emblemático de criminalização do MST, ocorrido em primeiro de maio de 2009 no município de Pocinhos no estado da Paraíba, no nordeste do Brasil. Analisamos que, neste, os sujeitos ativos dessa criminalização foram o Estado, com suas instituições coercitivas e punitivas; e a Mídia, através de uma criminalização ideológica. Investigamos este caso buscando conceituar a criminalização dos movimentos sociais, e estudar como se dão os elos que ligam proprietários de terra, promovedores de violência contra os integrantes do MST; o Estado; e a Mídia. Afirmamos que o processo de criminalização do MST e seus integrantes, no caso estudado, é “articulado” entre os latifundiários; as polícias; o Poder Judiciário; o Ministério Público; e a mídia local. Essas ações foram se complementando através da ideologia. Deste modo, defendemos a hipótese de que é pela ideologia que os discursos e as violências criminalizantes se homogenizam contra o MST. Realizamos este estudo utilizando, especialmente, de entrevistas, análise documental e pesquisa bibliográfica.
id UFCG_f3bf61327f72fb0f2afe91c75308c8a7
oai_identifier_str oai:localhost:riufcg/1735
network_acronym_str UFCG
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG
repository_id_str 4851
spelling ROJAS, Gonzalo Adrián.ROJAS, G. A.http://lattes.cnpq.br/7244600311946748MACHADO, Eliel Ribeiro.SILVA, Romero Júnior Venâncio.VILLOTA, José Maria de Jesus Izquierdo.ADISSI, P. O.http://lattes.cnpq.br/4367827999455044ADISSI, Paula Oliveira.A proposta dessa dissertação é estudar o processo de criminalização dos movimentos sociais, em especial do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Fazemos este estudo a partir de um caso emblemático de criminalização do MST, ocorrido em primeiro de maio de 2009 no município de Pocinhos no estado da Paraíba, no nordeste do Brasil. Analisamos que, neste, os sujeitos ativos dessa criminalização foram o Estado, com suas instituições coercitivas e punitivas; e a Mídia, através de uma criminalização ideológica. Investigamos este caso buscando conceituar a criminalização dos movimentos sociais, e estudar como se dão os elos que ligam proprietários de terra, promovedores de violência contra os integrantes do MST; o Estado; e a Mídia. Afirmamos que o processo de criminalização do MST e seus integrantes, no caso estudado, é “articulado” entre os latifundiários; as polícias; o Poder Judiciário; o Ministério Público; e a mídia local. Essas ações foram se complementando através da ideologia. Deste modo, defendemos a hipótese de que é pela ideologia que os discursos e as violências criminalizantes se homogenizam contra o MST. Realizamos este estudo utilizando, especialmente, de entrevistas, análise documental e pesquisa bibliográfica.The aim of this dissertation is to study the process of criminalization of the social movements, especially the Landless Rural Workers' Movement (MST, from the Brazilian acronym). We stem from an emblematic case of criminalization of the MST, which occurred on May 1st 2009 in the municipality of Pocinhos, State of Paraíba, Northeast of Brazil. We have analyzed that the active subjects of this criminalization were the State, with its coercive and punitive institutions, and the mass media, by means of an ideological criminalization. We investigated this case seeking to conceptualize the criminalization of the social movements, and trying to study the bonds that link the land owners, who promote violence against the members of the MST; the State; and the Media. We claim that the process of criminalization of the MST and its members, in this particular case, involves land owners, the police, the Judicial Branch, the Public Ministry, and the local media. These actions were gradually complemented by the ideology. Thus, we defend the hypothesis that it is through ideological mechanisms that the speeches and the criminalizing violences homogenize themselves against the MST. We carried out this study mainly by means of interviews, documental analysis and bibliographical research.Submitted by Johnny Rodrigues (johnnyrodrigues@ufcg.edu.br) on 2018-09-17T18:46:01Z No. of bitstreams: 1 PAULA OLIVEIRA ADISSI - DISSERTAÇÃO PPGCS 2011..pdf: 2293044 bytes, checksum: 2c000507afc4982726afcd9874ebbf06 (MD5)Made available in DSpace on 2018-09-17T18:46:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PAULA OLIVEIRA ADISSI - DISSERTAÇÃO PPGCS 2011.pdf: 2293044 bytes, checksum: 2c000507afc4982726afcd9874ebbf06 (MD5) Previous issue date: 2011-08-23Universidade Federal de Campina GrandePÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAISUFCGBrasilCentro de Humanidades - CHSociologia Rural.Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MSTMSTReforma AgráriaEstado e MídiaCriminalização do MSTPocinhos - PBConflito no CampoCriminalização dos Movimentos SociaisMídia e Movimentos SociaisPesquisa ParticipanteMST na ParaíbaEstado e CriminalizaçãoFuncionalismo e MídiaEstado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).State, media and criminalization of the MST: a study from the case of Pocinhos (PB).2011-08-232018-09-17T18:46:01Z2018-09-172018-09-17T18:46:01Zhttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735ADISSI, Paula Oliveira. Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB). 2011. 261f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2011. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisporinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCGinstname:Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)instacron:UFCGORIGINALPAULA OLIVEIRA ADISSI - DISSERTAÇÃO PPGCS CH 2011.pdfPAULA OLIVEIRA ADISSI - DISSERTAÇÃO PPGCS CH 2011.pdfapplication/pdf1957162http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/bitstream/riufcg/1735/3/PAULA+OLIVEIRA+ADISSI+-+DISSERTA%C3%87%C3%83O+PPGCS+CH+2011.pdf20efd432a228cac81cd568a960f74d10MD53LICENSElicense.txtlicense.txttext/plain; charset=utf-81748http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/bitstream/riufcg/1735/2/license.txt8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33MD52riufcg/17352022-10-25 14:41:46.251oai:localhost:riufcg/1735Tk9URTogUExBQ0UgWU9VUiBPV04gTElDRU5TRSBIRVJFClRoaXMgc2FtcGxlIGxpY2Vuc2UgaXMgcHJvdmlkZWQgZm9yIGluZm9ybWF0aW9uYWwgcHVycG9zZXMgb25seS4KCk5PTi1FWENMVVNJVkUgRElTVFJJQlVUSU9OIExJQ0VOU0UKCkJ5IHNpZ25pbmcgYW5kIHN1Ym1pdHRpbmcgdGhpcyBsaWNlbnNlLCB5b3UgKHRoZSBhdXRob3Iocykgb3IgY29weXJpZ2h0Cm93bmVyKSBncmFudHMgdG8gRFNwYWNlIFVuaXZlcnNpdHkgKERTVSkgdGhlIG5vbi1leGNsdXNpdmUgcmlnaHQgdG8gcmVwcm9kdWNlLAp0cmFuc2xhdGUgKGFzIGRlZmluZWQgYmVsb3cpLCBhbmQvb3IgZGlzdHJpYnV0ZSB5b3VyIHN1Ym1pc3Npb24gKGluY2x1ZGluZwp0aGUgYWJzdHJhY3QpIHdvcmxkd2lkZSBpbiBwcmludCBhbmQgZWxlY3Ryb25pYyBmb3JtYXQgYW5kIGluIGFueSBtZWRpdW0sCmluY2x1ZGluZyBidXQgbm90IGxpbWl0ZWQgdG8gYXVkaW8gb3IgdmlkZW8uCgpZb3UgYWdyZWUgdGhhdCBEU1UgbWF5LCB3aXRob3V0IGNoYW5naW5nIHRoZSBjb250ZW50LCB0cmFuc2xhdGUgdGhlCnN1Ym1pc3Npb24gdG8gYW55IG1lZGl1bSBvciBmb3JtYXQgZm9yIHRoZSBwdXJwb3NlIG9mIHByZXNlcnZhdGlvbi4KCllvdSBhbHNvIGFncmVlIHRoYXQgRFNVIG1heSBrZWVwIG1vcmUgdGhhbiBvbmUgY29weSBvZiB0aGlzIHN1Ym1pc3Npb24gZm9yCnB1cnBvc2VzIG9mIHNlY3VyaXR5LCBiYWNrLXVwIGFuZCBwcmVzZXJ2YXRpb24uCgpZb3UgcmVwcmVzZW50IHRoYXQgdGhlIHN1Ym1pc3Npb24gaXMgeW91ciBvcmlnaW5hbCB3b3JrLCBhbmQgdGhhdCB5b3UgaGF2ZQp0aGUgcmlnaHQgdG8gZ3JhbnQgdGhlIHJpZ2h0cyBjb250YWluZWQgaW4gdGhpcyBsaWNlbnNlLiBZb3UgYWxzbyByZXByZXNlbnQKdGhhdCB5b3VyIHN1Ym1pc3Npb24gZG9lcyBub3QsIHRvIHRoZSBiZXN0IG9mIHlvdXIga25vd2xlZGdlLCBpbmZyaW5nZSB1cG9uCmFueW9uZSdzIGNvcHlyaWdodC4KCklmIHRoZSBzdWJtaXNzaW9uIGNvbnRhaW5zIG1hdGVyaWFsIGZvciB3aGljaCB5b3UgZG8gbm90IGhvbGQgY29weXJpZ2h0LAp5b3UgcmVwcmVzZW50IHRoYXQgeW91IGhhdmUgb2J0YWluZWQgdGhlIHVucmVzdHJpY3RlZCBwZXJtaXNzaW9uIG9mIHRoZQpjb3B5cmlnaHQgb3duZXIgdG8gZ3JhbnQgRFNVIHRoZSByaWdodHMgcmVxdWlyZWQgYnkgdGhpcyBsaWNlbnNlLCBhbmQgdGhhdApzdWNoIHRoaXJkLXBhcnR5IG93bmVkIG1hdGVyaWFsIGlzIGNsZWFybHkgaWRlbnRpZmllZCBhbmQgYWNrbm93bGVkZ2VkCndpdGhpbiB0aGUgdGV4dCBvciBjb250ZW50IG9mIHRoZSBzdWJtaXNzaW9uLgoKSUYgVEhFIFNVQk1JU1NJT04gSVMgQkFTRUQgVVBPTiBXT1JLIFRIQVQgSEFTIEJFRU4gU1BPTlNPUkVEIE9SIFNVUFBPUlRFRApCWSBBTiBBR0VOQ1kgT1IgT1JHQU5JWkFUSU9OIE9USEVSIFRIQU4gRFNVLCBZT1UgUkVQUkVTRU5UIFRIQVQgWU9VIEhBVkUKRlVMRklMTEVEIEFOWSBSSUdIVCBPRiBSRVZJRVcgT1IgT1RIRVIgT0JMSUdBVElPTlMgUkVRVUlSRUQgQlkgU1VDSApDT05UUkFDVCBPUiBBR1JFRU1FTlQuCgpEU1Ugd2lsbCBjbGVhcmx5IGlkZW50aWZ5IHlvdXIgbmFtZShzKSBhcyB0aGUgYXV0aG9yKHMpIG9yIG93bmVyKHMpIG9mIHRoZQpzdWJtaXNzaW9uLCBhbmQgd2lsbCBub3QgbWFrZSBhbnkgYWx0ZXJhdGlvbiwgb3RoZXIgdGhhbiBhcyBhbGxvd2VkIGJ5IHRoaXMKbGljZW5zZSwgdG8geW91ciBzdWJtaXNzaW9uLgo=Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://bdtd.ufcg.edu.br/PUBhttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/oai/requestbdtd@setor.ufcg.edu.br|| bdtd@setor.ufcg.edu.bropendoar:48512022-10-25T17:41:46Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG - Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
dc.title.alternative.pt_BR.fl_str_mv State, media and criminalization of the MST: a study from the case of Pocinhos (PB).
title Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
spellingShingle Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
ADISSI, Paula Oliveira.
Sociologia Rural.
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST
MST
Reforma Agrária
Estado e Mídia
Criminalização do MST
Pocinhos - PB
Conflito no Campo
Criminalização dos Movimentos Sociais
Mídia e Movimentos Sociais
Pesquisa Participante
MST na Paraíba
Estado e Criminalização
Funcionalismo e Mídia
title_short Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
title_full Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
title_fullStr Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
title_full_unstemmed Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
title_sort Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB).
author ADISSI, Paula Oliveira.
author_facet ADISSI, Paula Oliveira.
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv ROJAS, Gonzalo Adrián.
dc.contributor.advisor1ID.fl_str_mv ROJAS, G. A.
dc.contributor.advisor1Lattes.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/7244600311946748
dc.contributor.referee1.fl_str_mv MACHADO, Eliel Ribeiro.
dc.contributor.referee2.fl_str_mv SILVA, Romero Júnior Venâncio.
dc.contributor.referee3.fl_str_mv VILLOTA, José Maria de Jesus Izquierdo.
dc.contributor.authorID.fl_str_mv ADISSI, P. O.
dc.contributor.authorLattes.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/4367827999455044
dc.contributor.author.fl_str_mv ADISSI, Paula Oliveira.
contributor_str_mv ROJAS, Gonzalo Adrián.
MACHADO, Eliel Ribeiro.
SILVA, Romero Júnior Venâncio.
VILLOTA, José Maria de Jesus Izquierdo.
dc.subject.cnpq.fl_str_mv Sociologia Rural.
topic Sociologia Rural.
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST
MST
Reforma Agrária
Estado e Mídia
Criminalização do MST
Pocinhos - PB
Conflito no Campo
Criminalização dos Movimentos Sociais
Mídia e Movimentos Sociais
Pesquisa Participante
MST na Paraíba
Estado e Criminalização
Funcionalismo e Mídia
dc.subject.por.fl_str_mv Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST
MST
Reforma Agrária
Estado e Mídia
Criminalização do MST
Pocinhos - PB
Conflito no Campo
Criminalização dos Movimentos Sociais
Mídia e Movimentos Sociais
Pesquisa Participante
MST na Paraíba
Estado e Criminalização
Funcionalismo e Mídia
description A proposta dessa dissertação é estudar o processo de criminalização dos movimentos sociais, em especial do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Fazemos este estudo a partir de um caso emblemático de criminalização do MST, ocorrido em primeiro de maio de 2009 no município de Pocinhos no estado da Paraíba, no nordeste do Brasil. Analisamos que, neste, os sujeitos ativos dessa criminalização foram o Estado, com suas instituições coercitivas e punitivas; e a Mídia, através de uma criminalização ideológica. Investigamos este caso buscando conceituar a criminalização dos movimentos sociais, e estudar como se dão os elos que ligam proprietários de terra, promovedores de violência contra os integrantes do MST; o Estado; e a Mídia. Afirmamos que o processo de criminalização do MST e seus integrantes, no caso estudado, é “articulado” entre os latifundiários; as polícias; o Poder Judiciário; o Ministério Público; e a mídia local. Essas ações foram se complementando através da ideologia. Deste modo, defendemos a hipótese de que é pela ideologia que os discursos e as violências criminalizantes se homogenizam contra o MST. Realizamos este estudo utilizando, especialmente, de entrevistas, análise documental e pesquisa bibliográfica.
publishDate 2011
dc.date.issued.fl_str_mv 2011-08-23
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2018-09-17T18:46:01Z
dc.date.available.fl_str_mv 2018-09-17
2018-09-17T18:46:01Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735
dc.identifier.citation.fl_str_mv ADISSI, Paula Oliveira. Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB). 2011. 261f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2011. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735
url http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735
identifier_str_mv ADISSI, Paula Oliveira. Estado, mídia e criminalização do MST: um estudo a partir do caso de Pocinhos (PB). 2011. 261f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2011. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1735
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de Campina Grande
dc.publisher.program.fl_str_mv PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS
dc.publisher.initials.fl_str_mv UFCG
dc.publisher.country.fl_str_mv Brasil
dc.publisher.department.fl_str_mv Centro de Humanidades - CH
publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal de Campina Grande
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG
instname:Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
instacron:UFCG
instname_str Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
instacron_str UFCG
institution UFCG
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG
bitstream.url.fl_str_mv http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/bitstream/riufcg/1735/3/PAULA+OLIVEIRA+ADISSI+-+DISSERTA%C3%87%C3%83O+PPGCS+CH+2011.pdf
http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/bitstream/riufcg/1735/2/license.txt
bitstream.checksum.fl_str_mv 20efd432a228cac81cd568a960f74d10
8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFCG - Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
repository.mail.fl_str_mv bdtd@setor.ufcg.edu.br|| bdtd@setor.ufcg.edu.br
_version_ 1750381814103408640