Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão

Detalhes bibliográficos
Autor(a) principal: Picolli, Micaele Zagonel
Data de Publicação: 2021
Tipo de documento: Trabalho de conclusão de curso
Idioma: por
Título da fonte: Repositório Institucional da UFRGS
Texto Completo: http://hdl.handle.net/10183/230021
Resumo: Diante do uso das redes sociais pela sociedade, as mesmas passaram a ser consideradas fontes e canais alternativos de divulgação científica, resultando na necessidade de estudar este novo meio de comunicação, dada a grande possibilidade de geração de métricas de uso e interações. Este é um fator relevante para que os periódicos científicos começassem a usar as redes para promover a ciência e marcar presença online. A Em Questão, periódico científico da área de Ciências da Informação, começou a usar o Facebook a fim de promover seus fascículos e materiais que possuem relação com seus campos de interesse. Portanto, esta pesquisa concentra-se nas interações feitas pelos usuários da página do Facebook do periódico Em Questão, tendo como objetivos analisar as interações dos mesmos com as publicações e de forma exploratória identificar quais os formatos que estimula maior número de interações. A metodologia utilizada consistiu-se em um levantamento de dados realizado a partir da página e com o auxílio do software livre Estúdio de Criação, e posteriormente tabulados em uma planilha de Excel para facilitar a realização das análises. Foi coletada uma população de 200 publicações que resultou em um total de 1.842 curtidas, 103 comentários e 373 compartilhamentos. Dentre as ações os comentários obtiveram o menor percentual (24%), pois demanda maior envolvimento por parte do usuário com o conteúdo, e esta ação pode evoluir para uma conversação com os demais usuários. Além disso, constatou-se que as oscilações de frequência e publicações mais interativas influenciam no engajamento das mesmas, e consequentemente na visibilidade da página. Ao final da pesquisa foi possível concluir que o Facebook é uma fonte de informação rica em dados altmétricos, sendo essas métricas essenciais para medir a presença online do periódico Em Questão e dos pesquisadores, e que através deste canal é possível agilizar o processo de comunicação científica.
id UFRGS-2_7841e9260f29fd1c963330ff66ae80de
oai_identifier_str oai:www.lume.ufrgs.br:10183/230021
network_acronym_str UFRGS-2
network_name_str Repositório Institucional da UFRGS
repository_id_str
spelling Picolli, Micaele ZagonelVanz, Samile Andrea de Souza2021-09-22T04:23:47Z2021http://hdl.handle.net/10183/230021001131616Diante do uso das redes sociais pela sociedade, as mesmas passaram a ser consideradas fontes e canais alternativos de divulgação científica, resultando na necessidade de estudar este novo meio de comunicação, dada a grande possibilidade de geração de métricas de uso e interações. Este é um fator relevante para que os periódicos científicos começassem a usar as redes para promover a ciência e marcar presença online. A Em Questão, periódico científico da área de Ciências da Informação, começou a usar o Facebook a fim de promover seus fascículos e materiais que possuem relação com seus campos de interesse. Portanto, esta pesquisa concentra-se nas interações feitas pelos usuários da página do Facebook do periódico Em Questão, tendo como objetivos analisar as interações dos mesmos com as publicações e de forma exploratória identificar quais os formatos que estimula maior número de interações. A metodologia utilizada consistiu-se em um levantamento de dados realizado a partir da página e com o auxílio do software livre Estúdio de Criação, e posteriormente tabulados em uma planilha de Excel para facilitar a realização das análises. Foi coletada uma população de 200 publicações que resultou em um total de 1.842 curtidas, 103 comentários e 373 compartilhamentos. Dentre as ações os comentários obtiveram o menor percentual (24%), pois demanda maior envolvimento por parte do usuário com o conteúdo, e esta ação pode evoluir para uma conversação com os demais usuários. Além disso, constatou-se que as oscilações de frequência e publicações mais interativas influenciam no engajamento das mesmas, e consequentemente na visibilidade da página. Ao final da pesquisa foi possível concluir que o Facebook é uma fonte de informação rica em dados altmétricos, sendo essas métricas essenciais para medir a presença online do periódico Em Questão e dos pesquisadores, e que através deste canal é possível agilizar o processo de comunicação científica.In the face of the great use of social networks by society, these became to be considered sources and channels of information, resulting in the need to study this new communication channel, given the great possibility of generating usage and interactions metrics. This is a relevant factor for scientific journals to begin using social networks to promote science and be present online. Em Questão, a scientific journal in the area of Information Sciences, began to use Facebook in order to promote its issues and materials which are related to its area of interest. Thus, this research focuses on interactions made by users of the Facebook page of the Em Questão journal, having as its objectives to analyze users’ interactions with the publications and, in an exploratory way, identify which formats promote the higher number of interactions. The methodology used consisted of a data collection performed through the page and with the assistance of the Creator Studio free software, and subsequently tabulated in an Excel spreadsheet to facilitate to carry out the analysis. A population of 200 publications was collected, which resulted in a total of 1.842 likes, 103 comments and 373 shares. Among the interactions, the comments obtained the lowest percentage (24%), since it requires greater involvement on the part of the users with the content and this action can develop into a conversation with the other users. Moreover, it was observed that the frequency oscillations and more interactive publications influence their engagement, and, consequently, the page visibility. At the end of the research it could be concluded that Facebook is a source of information rich in altmetric data, these metrics being essential to measure the online presence of the Em Questão journal and the researchers, and that through this channel it is possible to expedite the process of scientific communication.application/pdfporComunicação científicaCientometriaFacebook (Site)Scientific communicationSocial networksScientific journalsFacebookAltmetricsEm QuestãoAnálise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questãoinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/bachelorThesisUniversidade Federal do Rio Grande do SulFaculdade de Biblioteconomia e ComunicaçãoPorto Alegre, BR-RS2021Biblioteconomiagraduaçãoinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UFRGSinstname:Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)instacron:UFRGSTEXT001131616.pdf.txt001131616.pdf.txtExtracted Texttext/plain100840http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/10183/230021/2/001131616.pdf.txtf1d2b46f88571d5a2e8127a387d6a831MD52ORIGINAL001131616.pdfTexto completoapplication/pdf525225http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/10183/230021/1/001131616.pdfabf214d699211b673d93358321e25402MD5110183/2300212021-10-04 04:23:43.709669oai:www.lume.ufrgs.br:10183/230021Repositório de PublicaçõesPUBhttps://lume.ufrgs.br/oai/requestopendoar:2021-10-04T07:23:43Repositório Institucional da UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
title Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
spellingShingle Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
Picolli, Micaele Zagonel
Comunicação científica
Cientometria
Facebook (Site)
Scientific communication
Social networks
Scientific journals
Facebook
Altmetrics
Em Questão
title_short Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
title_full Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
title_fullStr Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
title_full_unstemmed Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
title_sort Análise das interações feitas na página do Facebook do periódico Em Questão
author Picolli, Micaele Zagonel
author_facet Picolli, Micaele Zagonel
author_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Picolli, Micaele Zagonel
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Vanz, Samile Andrea de Souza
contributor_str_mv Vanz, Samile Andrea de Souza
dc.subject.por.fl_str_mv Comunicação científica
Cientometria
Facebook (Site)
topic Comunicação científica
Cientometria
Facebook (Site)
Scientific communication
Social networks
Scientific journals
Facebook
Altmetrics
Em Questão
dc.subject.eng.fl_str_mv Scientific communication
Social networks
Scientific journals
Facebook
Altmetrics
Em Questão
description Diante do uso das redes sociais pela sociedade, as mesmas passaram a ser consideradas fontes e canais alternativos de divulgação científica, resultando na necessidade de estudar este novo meio de comunicação, dada a grande possibilidade de geração de métricas de uso e interações. Este é um fator relevante para que os periódicos científicos começassem a usar as redes para promover a ciência e marcar presença online. A Em Questão, periódico científico da área de Ciências da Informação, começou a usar o Facebook a fim de promover seus fascículos e materiais que possuem relação com seus campos de interesse. Portanto, esta pesquisa concentra-se nas interações feitas pelos usuários da página do Facebook do periódico Em Questão, tendo como objetivos analisar as interações dos mesmos com as publicações e de forma exploratória identificar quais os formatos que estimula maior número de interações. A metodologia utilizada consistiu-se em um levantamento de dados realizado a partir da página e com o auxílio do software livre Estúdio de Criação, e posteriormente tabulados em uma planilha de Excel para facilitar a realização das análises. Foi coletada uma população de 200 publicações que resultou em um total de 1.842 curtidas, 103 comentários e 373 compartilhamentos. Dentre as ações os comentários obtiveram o menor percentual (24%), pois demanda maior envolvimento por parte do usuário com o conteúdo, e esta ação pode evoluir para uma conversação com os demais usuários. Além disso, constatou-se que as oscilações de frequência e publicações mais interativas influenciam no engajamento das mesmas, e consequentemente na visibilidade da página. Ao final da pesquisa foi possível concluir que o Facebook é uma fonte de informação rica em dados altmétricos, sendo essas métricas essenciais para medir a presença online do periódico Em Questão e dos pesquisadores, e que através deste canal é possível agilizar o processo de comunicação científica.
publishDate 2021
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2021-09-22T04:23:47Z
dc.date.issued.fl_str_mv 2021
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/bachelorThesis
format bachelorThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/10183/230021
dc.identifier.nrb.pt_BR.fl_str_mv 001131616
url http://hdl.handle.net/10183/230021
identifier_str_mv 001131616
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UFRGS
instname:Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
instacron:UFRGS
instname_str Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
instacron_str UFRGS
institution UFRGS
reponame_str Repositório Institucional da UFRGS
collection Repositório Institucional da UFRGS
bitstream.url.fl_str_mv http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/10183/230021/2/001131616.pdf.txt
http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/10183/230021/1/001131616.pdf
bitstream.checksum.fl_str_mv f1d2b46f88571d5a2e8127a387d6a831
abf214d699211b673d93358321e25402
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1798486970172702720