A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios

Bibliographic Details
Main Author: Giannoni, Leandro
Publication Date: 2009
Format: Bachelor thesis
Language: por
Source: Repositório Institucional da UFRJ
Download full: http://hdl.handle.net/11422/5103
Summary: As transformações econômicas ocorridas nas últimas décadas do século passado, bem como aquelas sociais percebidas no mesmo período, consubstanciaram uma nova ordem mundial à revelia do rótulo de “sociedade industrial”. Tal evolução propulsou uma série de trabalhos destinados a evidenciar essa mudança, nem sempre de fácil percepção, chamando a atenção para os novos rumos sociais que se apresentavam, além de seu impacto econômico. À parte os múltiplos trabalhos teóricos que se propunham a demarcar o campo da “nova sociedade” nos últimos 30 anos, a primeira década do novo século traz o resultado desse esforço, qual seja, o surgimento de pesquisas e projetos por parte de institutos estatísticos, governamentais ou não, destinados a medir essa “nova sociedade”, ratificando a importância do tema, bem como sua difusão. A presente monografia de Graduação tem por objetivo apresentar, a partir de revisão bibliográfica, o arcabouço teórico acerca da sociedade “pós-industrial”, compreendendo suas peculiaridades e impactos na sociedade contemporânea. Após essa base teórica, pretende-se apresentar essa sociedade na “prática”, ou seja, estudar dados estatísticos elaborados por diversos institutos de pesquisa, confrontando-os com a realidade brasileira. Discute questões conceituais e metodológicas, criticando nomenclaturas e dados, visando à melhor compreensão do estágio mundial contemporâneo. Tal esforço visa à obtenção de subsídios que permitam o posicionamento do Brasil frente ao cenário apresentado, além de propor um modelo específico para o caso brasileiro, objetivando discutir a relevância de cada variável no mesmo (acesso às tecnologias, renda, instrução, etc.). O que, em última instância, permite uma discussão sobre foco de políticas públicas e uma projeção dos passos futuros da economia (e sociedade) brasileira.
id UFRJ_c2d78bd13e38b915b4c4c7e5fd1dae21
oai_identifier_str oai:pantheon.ufrj.br:11422/5103
network_acronym_str UFRJ
network_name_str Repositório Institucional da UFRJ
repository_id_str
spelling Giannoni, Leandrohttp://lattes.cnpq.br/2861424806494103Rovere, Renata Lebre La2018-09-21T19:42:32Z2018-09-23T03:00:14Z2009-07http://hdl.handle.net/11422/5103Submitted by Viviane Almeida (almdviviane@gmail.com) on 2018-01-03T12:32:14Z No. of bitstreams: 1 LGiannoni.pdf: 569022 bytes, checksum: 9b864036eebd19745e9a50ede878494b (MD5)Approved for entry into archive by Maria Aparecida Teixeira (aparecidateixeira@ccje.ufrj.br) on 2018-09-21T19:42:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 LGiannoni.pdf: 569022 bytes, checksum: 9b864036eebd19745e9a50ede878494b (MD5)Made available in DSpace on 2018-09-21T19:42:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 LGiannoni.pdf: 569022 bytes, checksum: 9b864036eebd19745e9a50ede878494b (MD5) Previous issue date: 2009-07As transformações econômicas ocorridas nas últimas décadas do século passado, bem como aquelas sociais percebidas no mesmo período, consubstanciaram uma nova ordem mundial à revelia do rótulo de “sociedade industrial”. Tal evolução propulsou uma série de trabalhos destinados a evidenciar essa mudança, nem sempre de fácil percepção, chamando a atenção para os novos rumos sociais que se apresentavam, além de seu impacto econômico. À parte os múltiplos trabalhos teóricos que se propunham a demarcar o campo da “nova sociedade” nos últimos 30 anos, a primeira década do novo século traz o resultado desse esforço, qual seja, o surgimento de pesquisas e projetos por parte de institutos estatísticos, governamentais ou não, destinados a medir essa “nova sociedade”, ratificando a importância do tema, bem como sua difusão. A presente monografia de Graduação tem por objetivo apresentar, a partir de revisão bibliográfica, o arcabouço teórico acerca da sociedade “pós-industrial”, compreendendo suas peculiaridades e impactos na sociedade contemporânea. Após essa base teórica, pretende-se apresentar essa sociedade na “prática”, ou seja, estudar dados estatísticos elaborados por diversos institutos de pesquisa, confrontando-os com a realidade brasileira. Discute questões conceituais e metodológicas, criticando nomenclaturas e dados, visando à melhor compreensão do estágio mundial contemporâneo. Tal esforço visa à obtenção de subsídios que permitam o posicionamento do Brasil frente ao cenário apresentado, além de propor um modelo específico para o caso brasileiro, objetivando discutir a relevância de cada variável no mesmo (acesso às tecnologias, renda, instrução, etc.). O que, em última instância, permite uma discussão sobre foco de políticas públicas e uma projeção dos passos futuros da economia (e sociedade) brasileira.porUniversidade Federal do Rio de JaneiroUFRJBrasilInstituto de EconomiaCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::MUDANCA TECNOLOGICASociedade da informaçãoTecnologia de informação e comunicaçãoSociedade industrialTelecomunicaçõesBrasilA sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafiosinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/bachelorThesisabertoinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UFRJinstname:Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)instacron:UFRJLICENSElicense.txtlicense.txttext/plain; charset=utf-81853http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/5103/2/license.txtdd32849f2bfb22da963c3aac6e26e255MD52ORIGINALLGiannoni.pdfLGiannoni.pdfapplication/pdf569022http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/5103/1/LGiannoni.pdf9b864036eebd19745e9a50ede878494bMD5111422/51032021-04-05 20:21:37.03oai:pantheon.ufrj.br:11422/5103TElDRU7Dh0EgTsODTy1FWENMVVNJVkEgREUgRElTVFJJQlVJw4fDg08KCkFvIGFzc2luYXIgZSBlbnRyZWdhciBlc3RhIGxpY2Vuw6dhLCB2b2PDqihzKSBvKHMpIGF1dG9yKGVzKSBvdSBwcm9wcmlldMOhcmlvKHMpIGRvcyBkaXJlaXRvcyBhdXRvcmFpcyBjb25jZWRlKG0pIGFvIFJlcG9zaXTDs3JpbyBQYW50aGVvbiBkYSBVbml2ZXJzaWRhZGUgRmVkZXJhbCBkbyBSaW8gZGUgSmFuZWlybyAoVUZSSikgbyBkaXJlaXRvIG7Do28gLSBleGNsdXNpdm8gZGUgcmVwcm9kdXppciwgY29udmVydGVyIChjb21vIGRlZmluaWRvIGFiYWl4byksIGUvb3UgZGlzdHJpYnVpciBvIGRvY3VtZW50byBlbnRyZWd1ZSAoaW5jbHVpbmRvIG8gcmVzdW1vKSBlbSB0b2RvIG8gbXVuZG8sIGVtIGZvcm1hdG8gZWxldHLDtG5pY28gZSBlbSBxdWFscXVlciBtZWlvLCBpbmNsdWluZG8sIG1hcyBuw6NvIGxpbWl0YWRvIGEgw6F1ZGlvIGUvb3UgdsOtZGVvLgoKVm9jw6ogY29uY29yZGEgcXVlIGEgVUZSSiBwb2RlLCBzZW0gYWx0ZXJhciBvIGNvbnRlw7pkbywgdHJhZHV6aXIgYSBhcHJlc2VudGHDp8OjbyBkZSBxdWFscXVlciBtZWlvIG91IGZvcm1hdG8gY29tIGEgZmluYWxpZGFkZSBkZSBwcmVzZXJ2YcOnw6NvLgoKVm9jw6ogdGFtYsOpbSBjb25jb3JkYSBxdWUgYSBVRlJKIHBvZGUgbWFudGVyIG1haXMgZGUgdW1hIGPDs3BpYSBkZXNzYSBzdWJtaXNzw6NvIHBhcmEgZmlucyBkZSBzZWd1cmFuw6dhLCBiYWNrLXVwIGUgcHJlc2VydmHDp8OjbyBkaWdpdGFsLgoKRGVjbGFyYSBxdWUgbyBkb2N1bWVudG8gZW50cmVndWUgw6kgc2V1IHRyYWJhbGhvIG9yaWdpbmFsLCBlIHF1ZSB2b2PDqiB0ZW0gbyBkaXJlaXRvIGRlIGNvbmNlZGVyIG9zIGRpcmVpdG9zIGNvbnRpZG9zIG5lc3RhIGxpY2Vuw6dhLiBWb2PDqiB0YW1iw6ltIGRlY2xhcmEgcXVlIGEgc3VhIGFwcmVzZW50YcOnw6NvLCBjb20gbyBtZWxob3IgZGUgc2V1cyBjb25oZWNpbWVudG9zLCBuw6NvIGluZnJpbmdpIGRpcmVpdG9zIGF1dG9yYWlzIGRlIHRlcmNlaXJvcy4KClNlIG8gZG9jdW1lbnRvIGVudHJlZ3VlIGNvbnTDqW0gbWF0ZXJpYWwgZG8gcXVhbCB2b2PDqiBuw6NvIHRlbSBkaXJlaXRvcyBkZSBhdXRvciwgZGVjbGFyYSBxdWUgb2J0ZXZlIGEgcGVybWlzc8OjbyBpcnJlc3RyaXRhIGRvIGRldGVudG9yIGRvcyBkaXJlaXRvcyBhdXRvcmFpcyBlIGNvbmNlZGUgYSBVRlJKIG9zIGRpcmVpdG9zIHJlcXVlcmlkb3MgcG9yIGVzdGEgbGljZW7Dp2EsIGUgcXVlIGVzc2UgbWF0ZXJpYWwgZGUgcHJvcHJpZWRhZGUgZGUgdGVyY2Vpcm9zIGVzdMOhIGNsYXJhbWVudGUgaWRlbnRpZmljYWRvIGUgcmVjb25oZWNpZG8gbm8gdGV4dG8gb3UgY29udGXDumRvIGRhIHN1Ym1pc3PDo28uCgpTZSBvIGRvY3VtZW50byBlbnRyZWd1ZSDDqSBiYXNlYWRvIGVtIHRyYWJhbGhvIHF1ZSBmb2ksIG91IHRlbSBzaWRvIHBhdHJvY2luYWRvIG91IGFwb2lhZG8gcG9yIHVtYSBhZ8OqbmNpYSBvdSBvdXRybyhzKSBvcmdhbmlzbW8ocykgcXVlIG7Do28gYSBVRlJKLCB2b2PDqiBkZWNsYXJhIHF1ZSBjdW1wcml1IHF1YWxxdWVyIGRpcmVpdG8gZGUgUkVWSVPDg08gb3UgZGUgb3V0cmFzIG9icmlnYcOnw7VlcyByZXF1ZXJpZGFzIHBvciBjb250cmF0byBvdSBhY29yZG8uCgpBIFVGUkogaXLDoSBpZGVudGlmaWNhciBjbGFyYW1lbnRlIG8ocykgc2V1KHMpIG5vbWUocykgY29tbyBhdXRvcihlcykgb3UgcHJvcHJpZXTDoXJpbyhzKSBkYSBzdWJtaXNzw6NvLCBlIG7Do28gZmFyw6EgcXVhbHF1ZXIgYWx0ZXJhw6fDo28sIHBhcmEgYWzDqW0gZGFzIHBlcm1pdGlkYXMgcG9yIGVzdGEgbGljZW7Dp2EsIG5vIGF0byBkZSBzdWJtaXNzw6NvLgo=Repositório de PublicaçõesPUBhttp://www.pantheon.ufrj.br/oai/requestopendoar:2021-04-05T23:21:37Repositório Institucional da UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
title A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
spellingShingle A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
Giannoni, Leandro
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::MUDANCA TECNOLOGICA
Sociedade da informação
Tecnologia de informação e comunicação
Sociedade industrial
Telecomunicações
Brasil
title_short A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
title_full A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
title_fullStr A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
title_full_unstemmed A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
title_sort A sociedade da informação no Brasil: condicionantes e desafios
author Giannoni, Leandro
author_facet Giannoni, Leandro
author_role author
dc.contributor.advisorLattes.pt_BR.fl_str_mv http://lattes.cnpq.br/2861424806494103
dc.contributor.author.fl_str_mv Giannoni, Leandro
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Rovere, Renata Lebre La
contributor_str_mv Rovere, Renata Lebre La
dc.subject.cnpq.fl_str_mv CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::MUDANCA TECNOLOGICA
topic CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::MUDANCA TECNOLOGICA
Sociedade da informação
Tecnologia de informação e comunicação
Sociedade industrial
Telecomunicações
Brasil
dc.subject.por.fl_str_mv Sociedade da informação
Tecnologia de informação e comunicação
Sociedade industrial
Telecomunicações
Brasil
description As transformações econômicas ocorridas nas últimas décadas do século passado, bem como aquelas sociais percebidas no mesmo período, consubstanciaram uma nova ordem mundial à revelia do rótulo de “sociedade industrial”. Tal evolução propulsou uma série de trabalhos destinados a evidenciar essa mudança, nem sempre de fácil percepção, chamando a atenção para os novos rumos sociais que se apresentavam, além de seu impacto econômico. À parte os múltiplos trabalhos teóricos que se propunham a demarcar o campo da “nova sociedade” nos últimos 30 anos, a primeira década do novo século traz o resultado desse esforço, qual seja, o surgimento de pesquisas e projetos por parte de institutos estatísticos, governamentais ou não, destinados a medir essa “nova sociedade”, ratificando a importância do tema, bem como sua difusão. A presente monografia de Graduação tem por objetivo apresentar, a partir de revisão bibliográfica, o arcabouço teórico acerca da sociedade “pós-industrial”, compreendendo suas peculiaridades e impactos na sociedade contemporânea. Após essa base teórica, pretende-se apresentar essa sociedade na “prática”, ou seja, estudar dados estatísticos elaborados por diversos institutos de pesquisa, confrontando-os com a realidade brasileira. Discute questões conceituais e metodológicas, criticando nomenclaturas e dados, visando à melhor compreensão do estágio mundial contemporâneo. Tal esforço visa à obtenção de subsídios que permitam o posicionamento do Brasil frente ao cenário apresentado, além de propor um modelo específico para o caso brasileiro, objetivando discutir a relevância de cada variável no mesmo (acesso às tecnologias, renda, instrução, etc.). O que, em última instância, permite uma discussão sobre foco de políticas públicas e uma projeção dos passos futuros da economia (e sociedade) brasileira.
publishDate 2009
dc.date.issued.fl_str_mv 2009-07
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2018-09-21T19:42:32Z
dc.date.available.fl_str_mv 2018-09-23T03:00:14Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/bachelorThesis
format bachelorThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/11422/5103
url http://hdl.handle.net/11422/5103
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal do Rio de Janeiro
dc.publisher.initials.fl_str_mv UFRJ
dc.publisher.country.fl_str_mv Brasil
dc.publisher.department.fl_str_mv Instituto de Economia
publisher.none.fl_str_mv Universidade Federal do Rio de Janeiro
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UFRJ
instname:Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
instacron:UFRJ
instname_str Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
instacron_str UFRJ
institution UFRJ
reponame_str Repositório Institucional da UFRJ
collection Repositório Institucional da UFRJ
bitstream.url.fl_str_mv http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/5103/2/license.txt
http://pantheon.ufrj.br:80/bitstream/11422/5103/1/LGiannoni.pdf
bitstream.checksum.fl_str_mv dd32849f2bfb22da963c3aac6e26e255
9b864036eebd19745e9a50ede878494b
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1748223466806444032