O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo

Bibliographic Details
Main Author: Mello, Cláudia Helena Mantelle Silva [UNESP]
Publication Date: 2013
Format: Master thesis
Language: por
Source: Repositório Institucional da UNESP
Download full: http://hdl.handle.net/11449/88809
Summary: A Estratégia Saúde da Família (ESF) visa desenvolver as ações de promoção da saúde, prevenção de doenças, tratamento e reabilitação. O objetivo desta pesquisa foi compreender o imaginário social da comunidade atendida pela Unidade de Saúde da Família (USF) e equipe de saúde sobre o processo saúde-doença e as ações que têm por finalidade promover a saúde. Foi realizada pesquisa de campo, com coleta de depoimentos informais e gravados, com famílias de todas as micros áreas pertencentes a uma USF do município de Marília, região Centro-Oeste do Estado de São Paulo, assim como os profissionais que nela trabalham: médico, enfermeiros, dentista, auxiliar de saúde bucal, agentes comunitários de saúde, equipe de apoio e auxiliares de enfermagem. Os dados foram analisados com base na interpretação qualitativa da análise hermenêutico-dialética, e o referencial teórico da pesquisa partiu de Clifford Geertz e seu conceito de “cultura” como teias de significados. Não houve diferenças substanciais na constituição do imaginário da equipe de saúde e comunidade em relação à temática central. Pudemos compreender que as concepções sobre saúde-doença refletiram as condições de vida, relações e mitos que traduzem e estão presentes na sociedade, onde vivem os sujeitos de nossa pesquisa. As ações de promoção da saúde evidenciaram o desejo por melhores condições de atendimento, de trabalho e de vida
id UNSP_f9bab74c2f223d229f0bb57c0c6373d5
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/88809
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str 2946
spelling Mello, Cláudia Helena Mantelle Silva [UNESP]Universidade Estadual Paulista (Unesp)b718d07f-3d80-46f4-8db0-a86a018357e58e2dc997-737f-4f45-8ab0-af9e3112033eRubim, Christina de Rezende [UNESP]2014-06-11T19:23:37Z2014-06-11T19:23:37Z2013-02-01MELLO, Cláudia Helena Mantelle Silva. O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo. 2013. 97 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2013.http://hdl.handle.net/11449/88809000718397mello_chms_me_mar.pdf33004110042P84457813399876406A Estratégia Saúde da Família (ESF) visa desenvolver as ações de promoção da saúde, prevenção de doenças, tratamento e reabilitação. O objetivo desta pesquisa foi compreender o imaginário social da comunidade atendida pela Unidade de Saúde da Família (USF) e equipe de saúde sobre o processo saúde-doença e as ações que têm por finalidade promover a saúde. Foi realizada pesquisa de campo, com coleta de depoimentos informais e gravados, com famílias de todas as micros áreas pertencentes a uma USF do município de Marília, região Centro-Oeste do Estado de São Paulo, assim como os profissionais que nela trabalham: médico, enfermeiros, dentista, auxiliar de saúde bucal, agentes comunitários de saúde, equipe de apoio e auxiliares de enfermagem. Os dados foram analisados com base na interpretação qualitativa da análise hermenêutico-dialética, e o referencial teórico da pesquisa partiu de Clifford Geertz e seu conceito de “cultura” como teias de significados. Não houve diferenças substanciais na constituição do imaginário da equipe de saúde e comunidade em relação à temática central. Pudemos compreender que as concepções sobre saúde-doença refletiram as condições de vida, relações e mitos que traduzem e estão presentes na sociedade, onde vivem os sujeitos de nossa pesquisa. As ações de promoção da saúde evidenciaram o desejo por melhores condições de atendimento, de trabalho e de vidaFamily Health Strategy (FHS) of Health Ministry aims to develop actions of health promotion, disease prevention, treatment and rehabilitation. This research has intended to understand the social imaginary of community attended by Family Health Unit (FHU) and health team on health-disease process, just like ways of thinking, in cultural aspects, concerning actions to promote health. Field research was carried out with recorded and informal collected declarations, including families from surrounding area belonging to one of FHU in Marília municipality, Midwest of São Paulo State, as well as professionals working in it such as physician, nurse, dentist, dental assistant, community health agent, support staff and nursing assistant. The analyzed data were based on hermeneutic-dialectic qualitative interpretation, and the theoretical reference came from Clifford Geertz and his “culture” conception as meaning web. Significant differences have not been found in health team and community imaginary concerning main theme. We understand that health-disease conceptions have reflected life conditions, relations and myths present in the society where our research subjects live. Health promotion actions have demonstrated a wish for better attending, working and living conditionsMade available in DSpace on 2014-06-11T19:23:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-02-01Bitstream added on 2014-06-13T20:11:10Z : No. of bitstreams: 1 mello_chms_me_mar.pdf: 866732 bytes, checksum: 1eef4d7792d670a4d31647f6a46b6f25 (MD5)97 f.porUniversidade Estadual Paulista (Unesp)Alephreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESPSaude - São Paulo (Estado)Promoção da saudeCulturaImaginarioO imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Pauloinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisinfo:eu-repo/semantics/openAccessCiências Sociais - FFCCiências sociaisUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Filosofia e Ciências, Marília4457813399876406ORIGINALmello_chms_me_mar.pdfapplication/pdf866732https://repositorio.unesp.br/bitstream/11449/88809/1/mello_chms_me_mar.pdf1eef4d7792d670a4d31647f6a46b6f25MD51TEXTTHUMBNAILmello_chms_me_mar.pdf.jpgmello_chms_me_mar.pdf.jpgIM Thumbnailimage/jpeg4426https://repositorio.unesp.br/bitstream/11449/88809/3/mello_chms_me_mar.pdf.jpg16944ceb873c2734ac6372effc8380d2MD5311449/888092022-05-06 10:58:29.511oai:repositorio.unesp.br:11449/88809Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462022-05-06T13:58:29Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.pt.fl_str_mv O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
title O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
spellingShingle O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
Mello, Cláudia Helena Mantelle Silva [UNESP]
Saude - São Paulo (Estado)
Promoção da saude
Cultura
Imaginario
title_short O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
title_full O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
title_fullStr O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
title_full_unstemmed O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
title_sort O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo
author Mello, Cláudia Helena Mantelle Silva [UNESP]
author_facet Mello, Cláudia Helena Mantelle Silva [UNESP]
author_role author
dc.contributor.institution.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Mello, Cláudia Helena Mantelle Silva [UNESP]
dc.contributor.authorID.fl_str_mv b718d07f-3d80-46f4-8db0-a86a018357e5
dc.contributor.advisor1ID.fl_str_mv 8e2dc997-737f-4f45-8ab0-af9e3112033e
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Rubim, Christina de Rezende [UNESP]
contributor_str_mv Rubim, Christina de Rezende [UNESP]
dc.subject.por.fl_str_mv Saude - São Paulo (Estado)
Promoção da saude
Cultura
Imaginario
topic Saude - São Paulo (Estado)
Promoção da saude
Cultura
Imaginario
description A Estratégia Saúde da Família (ESF) visa desenvolver as ações de promoção da saúde, prevenção de doenças, tratamento e reabilitação. O objetivo desta pesquisa foi compreender o imaginário social da comunidade atendida pela Unidade de Saúde da Família (USF) e equipe de saúde sobre o processo saúde-doença e as ações que têm por finalidade promover a saúde. Foi realizada pesquisa de campo, com coleta de depoimentos informais e gravados, com famílias de todas as micros áreas pertencentes a uma USF do município de Marília, região Centro-Oeste do Estado de São Paulo, assim como os profissionais que nela trabalham: médico, enfermeiros, dentista, auxiliar de saúde bucal, agentes comunitários de saúde, equipe de apoio e auxiliares de enfermagem. Os dados foram analisados com base na interpretação qualitativa da análise hermenêutico-dialética, e o referencial teórico da pesquisa partiu de Clifford Geertz e seu conceito de “cultura” como teias de significados. Não houve diferenças substanciais na constituição do imaginário da equipe de saúde e comunidade em relação à temática central. Pudemos compreender que as concepções sobre saúde-doença refletiram as condições de vida, relações e mitos que traduzem e estão presentes na sociedade, onde vivem os sujeitos de nossa pesquisa. As ações de promoção da saúde evidenciaram o desejo por melhores condições de atendimento, de trabalho e de vida
publishDate 2013
dc.date.issued.fl_str_mv 2013-02-01
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2014-06-11T19:23:37Z
dc.date.available.fl_str_mv 2014-06-11T19:23:37Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.citation.fl_str_mv MELLO, Cláudia Helena Mantelle Silva. O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo. 2013. 97 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2013.
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/11449/88809
dc.identifier.aleph.none.fl_str_mv 000718397
dc.identifier.file.none.fl_str_mv mello_chms_me_mar.pdf
dc.identifier.capes.none.fl_str_mv 33004110042P8
dc.identifier.lattes.none.fl_str_mv 4457813399876406
identifier_str_mv MELLO, Cláudia Helena Mantelle Silva. O imaginário social sobre o processo saúde-doença e as ações de promoção da saúde entre moradores e equipe de saúde em uma unidade de saúde da família do interior do estado de São Paulo. 2013. 97 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2013.
000718397
mello_chms_me_mar.pdf
33004110042P8
4457813399876406
url http://hdl.handle.net/11449/88809
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv 97 f.
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv Aleph
reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
bitstream.url.fl_str_mv https://repositorio.unesp.br/bitstream/11449/88809/1/mello_chms_me_mar.pdf
https://repositorio.unesp.br/bitstream/11449/88809/3/mello_chms_me_mar.pdf.jpg
bitstream.checksum.fl_str_mv 1eef4d7792d670a4d31647f6a46b6f25
16944ceb873c2734ac6372effc8380d2
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1748844061089857536