Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento

Bibliographic Details
Main Author: Nonnenberg,Marcelo José Braga
Publication Date: 2005
Other Authors: Mendonça,Mário Jorge Cardoso de
Format: Article
Language: por
Source: Estudos Econômicos (São Paulo)
Download full: http://old.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612005000400002
Summary: Basicamente, os determinantes dos investimentos diretos externos (IDE) podem ser relativos às firmas e a características dos países de origem - push factors - ou a fatores locacionais - pull factors. A maior parte da literatura teórica relativa a empresas multinacionais nos últimos quarenta anos, justamente por focar sua atenção nas empresas, enfatizou os fatores relacionados a vantagens das firmas, dando pouca importância aos fatores macroeconômicos. O objetivo desse trabalho é estimar, com base em dados em painel para 33 países para o período 1975-2000, os principais determinantes dos IDEs em direção aos países em desenvolvimento. Fatores como o tamanho e o ritmo de crescimento do produto, a qualificação da mão de obra, a receptividade em relação ao capital externo, o risco do país e o desempenho das bolsas de valores estão entre os principais determinantes de IDE. Além disso, por meio da aplicação de uma teste de causalidade no contexto de dados em painel, foi possível mostrar que o investimento direto externo não tem efeito positivo sobre o PIB. Ao contrário, esse procedimento lidade mostrou que o PIB do país é que tem efeito sobre a entrada de IDE.
id USP-14_d5c5c158bddbde8120dc58f4874a11b3
oai_identifier_str oai:scielo:S0101-41612005000400002
network_acronym_str USP-14
network_name_str Estudos Econômicos (São Paulo)
repository_id_str
spelling Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimentoinvestimento direto externoempresas multinacionaisdados em painelBasicamente, os determinantes dos investimentos diretos externos (IDE) podem ser relativos às firmas e a características dos países de origem - push factors - ou a fatores locacionais - pull factors. A maior parte da literatura teórica relativa a empresas multinacionais nos últimos quarenta anos, justamente por focar sua atenção nas empresas, enfatizou os fatores relacionados a vantagens das firmas, dando pouca importância aos fatores macroeconômicos. O objetivo desse trabalho é estimar, com base em dados em painel para 33 países para o período 1975-2000, os principais determinantes dos IDEs em direção aos países em desenvolvimento. Fatores como o tamanho e o ritmo de crescimento do produto, a qualificação da mão de obra, a receptividade em relação ao capital externo, o risco do país e o desempenho das bolsas de valores estão entre os principais determinantes de IDE. Além disso, por meio da aplicação de uma teste de causalidade no contexto de dados em painel, foi possível mostrar que o investimento direto externo não tem efeito positivo sobre o PIB. Ao contrário, esse procedimento lidade mostrou que o PIB do país é que tem efeito sobre a entrada de IDE.Departamento de EconomiaFaculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP)2005-12-01info:eu-repo/semantics/articleinfo:eu-repo/semantics/publishedVersiontext/htmlhttp://old.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612005000400002Estudos Econômicos (São Paulo) v.35 n.4 2005reponame:Estudos Econômicos (São Paulo)instname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP10.1590/S0101-41612005000400002info:eu-repo/semantics/openAccessNonnenberg,Marcelo José BragaMendonça,Mário Jorge Cardoso depor2009-05-11T00:00:00Zoai:scielo:S0101-41612005000400002Revistahttps://www.revistas.usp.br/eePUBhttps://www.revistas.usp.br/ee/oaiestudoseconomicos@usp.br||aldrighi@usp.br1980-53570101-4161opendoar:2009-05-11T00:00Estudos Econômicos (São Paulo) - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.none.fl_str_mv Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
title Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
spellingShingle Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
Nonnenberg,Marcelo José Braga
investimento direto externo
empresas multinacionais
dados em painel
title_short Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
title_full Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
title_fullStr Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
title_full_unstemmed Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
title_sort Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento
author Nonnenberg,Marcelo José Braga
author_facet Nonnenberg,Marcelo José Braga
Mendonça,Mário Jorge Cardoso de
author_role author
author2 Mendonça,Mário Jorge Cardoso de
author2_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Nonnenberg,Marcelo José Braga
Mendonça,Mário Jorge Cardoso de
dc.subject.por.fl_str_mv investimento direto externo
empresas multinacionais
dados em painel
topic investimento direto externo
empresas multinacionais
dados em painel
description Basicamente, os determinantes dos investimentos diretos externos (IDE) podem ser relativos às firmas e a características dos países de origem - push factors - ou a fatores locacionais - pull factors. A maior parte da literatura teórica relativa a empresas multinacionais nos últimos quarenta anos, justamente por focar sua atenção nas empresas, enfatizou os fatores relacionados a vantagens das firmas, dando pouca importância aos fatores macroeconômicos. O objetivo desse trabalho é estimar, com base em dados em painel para 33 países para o período 1975-2000, os principais determinantes dos IDEs em direção aos países em desenvolvimento. Fatores como o tamanho e o ritmo de crescimento do produto, a qualificação da mão de obra, a receptividade em relação ao capital externo, o risco do país e o desempenho das bolsas de valores estão entre os principais determinantes de IDE. Além disso, por meio da aplicação de uma teste de causalidade no contexto de dados em painel, foi possível mostrar que o investimento direto externo não tem efeito positivo sobre o PIB. Ao contrário, esse procedimento lidade mostrou que o PIB do país é que tem efeito sobre a entrada de IDE.
publishDate 2005
dc.date.none.fl_str_mv 2005-12-01
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://old.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612005000400002
url http://old.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612005000400002
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.relation.none.fl_str_mv 10.1590/S0101-41612005000400002
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv text/html
dc.publisher.none.fl_str_mv Departamento de Economia
Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP)
publisher.none.fl_str_mv Departamento de Economia
Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP)
dc.source.none.fl_str_mv Estudos Econômicos (São Paulo) v.35 n.4 2005
reponame:Estudos Econômicos (São Paulo)
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Estudos Econômicos (São Paulo)
collection Estudos Econômicos (São Paulo)
repository.name.fl_str_mv Estudos Econômicos (São Paulo) - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv estudoseconomicos@usp.br||aldrighi@usp.br
_version_ 1748858408935620608