Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética

Detalhes bibliográficos
Autor(a) principal: Leitão, Raquel B.
Data de Publicação: 2017
Outros Autores: Neves, Luísa
Tipo de documento: Artigo
Idioma: por
Título da fonte: Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos)
Texto Completo: http://hdl.handle.net/20.500.11960/2950
Resumo: Os fatores nutricionais e de atividade física são considerados os determinantes proximais mais importantes na génese da obesidade. No entanto, a compreensão da variabilidade interindividual no risco desta patologia, perante pressões obesogénicas idênticas, exige uma abordagem que vai para além do estilo de vida. No presente artigo de revisão analisa-se o corpo crescente de conhecimentos sobre a epigenética que, enquanto mecanismo de interação gene-ambiente, contribui para uma melhor compreensão da programação desenvolvimental e da predisposição para a obesidade. Destacam-se evidências que permitem reconhecer períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade ao longo do crescimento, sendo que, especificamente para o primeiro destes períodos, o perinatal, este risco está descrito quer para a exposição in utero a sobrenutrição, como a subnutrição. Assumindo-se a plasticidade do desenvolvimento, os efeitos do desequilíbrio energético gerado pela pressão ambiental serão distintos entre os períodos considerados e dependentes da suscetibilidade genética e epigenética de cada indivíduo. Daqui sobressai a complexidade etiológica da obesidade, bem como a necessidade de progressos na investigação que respondam a desafios como o do emergir desta patologia nos países em rápida transição nutricional. Seremos então capazes de ajudar pais e crianças a mudar certos comportamentos e “exposições” durante períodos críticos do desenvolvimento, e dessa forma alterar a predisposição (epi)genética individual?
id RCAP_ad85e69228d69e7a69c93acc9fc8f8b7
oai_identifier_str oai:repositorio.ipvc.pt:20.500.11960/2950
network_acronym_str RCAP
network_name_str Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos)
repository_id_str 7160
spelling Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenéticaPeríodo críticoDesenvolvimentoObesidadeEpigenéticaOs fatores nutricionais e de atividade física são considerados os determinantes proximais mais importantes na génese da obesidade. No entanto, a compreensão da variabilidade interindividual no risco desta patologia, perante pressões obesogénicas idênticas, exige uma abordagem que vai para além do estilo de vida. No presente artigo de revisão analisa-se o corpo crescente de conhecimentos sobre a epigenética que, enquanto mecanismo de interação gene-ambiente, contribui para uma melhor compreensão da programação desenvolvimental e da predisposição para a obesidade. Destacam-se evidências que permitem reconhecer períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade ao longo do crescimento, sendo que, especificamente para o primeiro destes períodos, o perinatal, este risco está descrito quer para a exposição in utero a sobrenutrição, como a subnutrição. Assumindo-se a plasticidade do desenvolvimento, os efeitos do desequilíbrio energético gerado pela pressão ambiental serão distintos entre os períodos considerados e dependentes da suscetibilidade genética e epigenética de cada indivíduo. Daqui sobressai a complexidade etiológica da obesidade, bem como a necessidade de progressos na investigação que respondam a desafios como o do emergir desta patologia nos países em rápida transição nutricional. Seremos então capazes de ajudar pais e crianças a mudar certos comportamentos e “exposições” durante períodos críticos do desenvolvimento, e dessa forma alterar a predisposição (epi)genética individual?2022-12-07T11:58:07Z2017-01-01T00:00:00Z20172022-10-14T15:41:02Zinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/articleapplication/pdfhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2950porLeitão, Raquel B.Neves, Luísainfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos)instname:Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC) - FCT - Sociedade da Informaçãoinstacron:RCAAP2023-03-21T14:42:10Zoai:repositorio.ipvc.pt:20.500.11960/2950Portal AgregadorONGhttps://www.rcaap.pt/oai/openaireopendoar:71602024-03-19T17:44:24.368299Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos) - Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC) - FCT - Sociedade da Informaçãofalse
dc.title.none.fl_str_mv Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
title Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
spellingShingle Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
Leitão, Raquel B.
Período crítico
Desenvolvimento
Obesidade
Epigenética
title_short Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
title_full Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
title_fullStr Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
title_full_unstemmed Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
title_sort Períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade: perspetivas da epigenética
author Leitão, Raquel B.
author_facet Leitão, Raquel B.
Neves, Luísa
author_role author
author2 Neves, Luísa
author2_role author
dc.contributor.author.fl_str_mv Leitão, Raquel B.
Neves, Luísa
dc.subject.por.fl_str_mv Período crítico
Desenvolvimento
Obesidade
Epigenética
topic Período crítico
Desenvolvimento
Obesidade
Epigenética
description Os fatores nutricionais e de atividade física são considerados os determinantes proximais mais importantes na génese da obesidade. No entanto, a compreensão da variabilidade interindividual no risco desta patologia, perante pressões obesogénicas idênticas, exige uma abordagem que vai para além do estilo de vida. No presente artigo de revisão analisa-se o corpo crescente de conhecimentos sobre a epigenética que, enquanto mecanismo de interação gene-ambiente, contribui para uma melhor compreensão da programação desenvolvimental e da predisposição para a obesidade. Destacam-se evidências que permitem reconhecer períodos críticos para o desenvolvimento da obesidade ao longo do crescimento, sendo que, especificamente para o primeiro destes períodos, o perinatal, este risco está descrito quer para a exposição in utero a sobrenutrição, como a subnutrição. Assumindo-se a plasticidade do desenvolvimento, os efeitos do desequilíbrio energético gerado pela pressão ambiental serão distintos entre os períodos considerados e dependentes da suscetibilidade genética e epigenética de cada indivíduo. Daqui sobressai a complexidade etiológica da obesidade, bem como a necessidade de progressos na investigação que respondam a desafios como o do emergir desta patologia nos países em rápida transição nutricional. Seremos então capazes de ajudar pais e crianças a mudar certos comportamentos e “exposições” durante períodos críticos do desenvolvimento, e dessa forma alterar a predisposição (epi)genética individual?
publishDate 2017
dc.date.none.fl_str_mv 2017-01-01T00:00:00Z
2017
2022-12-07T11:58:07Z
2022-10-14T15:41:02Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/article
format article
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/20.500.11960/2950
url http://hdl.handle.net/20.500.11960/2950
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos)
instname:Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC) - FCT - Sociedade da Informação
instacron:RCAAP
instname_str Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC) - FCT - Sociedade da Informação
instacron_str RCAAP
institution RCAAP
reponame_str Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos)
collection Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos)
repository.name.fl_str_mv Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (Repositórios Cientìficos) - Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC) - FCT - Sociedade da Informação
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1799131529107996672