Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920

Detalhes bibliográficos
Autor(a) principal: Martins, Adelino [UNESP]
Data de Publicação: 2009
Tipo de documento: Dissertação
Idioma: por
Título da fonte: Repositório Institucional da UNESP
Texto Completo: http://hdl.handle.net/11449/93381
Resumo: Esta dissertação apresenta os resultados obtidos na pesquisa sobre a inserção econômica do Brasil na economia mundial nos anos 1920. O objetivo central é relacionar as restrições e oportunidades apresentadas pelo funcionamento do sistema econômico internacional com a estrutura da economia brasileira e as escolhas efetuadas pelos estadistas brasileiros em matéria de política econômica e política externa. O período de análise se estende de 1919 a 1929 em razão de o período estruturar-se em uma unidade, tanto do ponto de vista da economia mundial quanto da economia brasileira. As fontes primárias utilizadas são as Estatísticas publicadas pela Liga das Nações, as Séries Estatísticas Retrospectivas do IBGE e os discursos e textos produzidos por políticos da época, especialmente as mensagens anuais enviadas pelos presidentes da República ao congresso nacional. Para a análise dos dados empregou-se, além da bibliografia de apoio, a metodologia, derivada de J.-B. Duroselle, segundo a qual a dimensão econômica, entre outras, atua como força profunda que influencia as decisões dos Homens de Estado na formulação e na condução das políticas de Estado. Diante da documentação analisada defende-se que o Brasil ocupou posição intermediária na economia internacional, com avanços na substituição de importações. Porém, o país sofreu com alta vulnerabilidade externa, derivada, sobretudo, da ineficiência do arranjo fiscal na Primeira República a da política monetária praticada no governo Washington Luís
id UNSP_41c7d0edf40abebe422081f19046c693
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/93381
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str 2946
spelling Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920Política econômicaEcnomia mundialEsta dissertação apresenta os resultados obtidos na pesquisa sobre a inserção econômica do Brasil na economia mundial nos anos 1920. O objetivo central é relacionar as restrições e oportunidades apresentadas pelo funcionamento do sistema econômico internacional com a estrutura da economia brasileira e as escolhas efetuadas pelos estadistas brasileiros em matéria de política econômica e política externa. O período de análise se estende de 1919 a 1929 em razão de o período estruturar-se em uma unidade, tanto do ponto de vista da economia mundial quanto da economia brasileira. As fontes primárias utilizadas são as Estatísticas publicadas pela Liga das Nações, as Séries Estatísticas Retrospectivas do IBGE e os discursos e textos produzidos por políticos da época, especialmente as mensagens anuais enviadas pelos presidentes da República ao congresso nacional. Para a análise dos dados empregou-se, além da bibliografia de apoio, a metodologia, derivada de J.-B. Duroselle, segundo a qual a dimensão econômica, entre outras, atua como força profunda que influencia as decisões dos Homens de Estado na formulação e na condução das políticas de Estado. Diante da documentação analisada defende-se que o Brasil ocupou posição intermediária na economia internacional, com avanços na substituição de importações. Porém, o país sofreu com alta vulnerabilidade externa, derivada, sobretudo, da ineficiência do arranjo fiscal na Primeira República a da política monetária praticada no governo Washington LuísThis text presents the results obtained in the research about Brazil’s economic insertion in the world economy during the 1920s. The central goal is relate the constraints and opportunities supplied by the functioning of the international economic system with the structure of the Brazilian economy and with the choices made by Brazilian politicians concerning economic and foreign policies. The period of analysis come from 1919 to 1929 mainly because it forms a unit to the world economy as well as to Brazilian economy. The primary sources used are the statistics issued by the League of Nations, the Retrospective Statistical Series by IBGE, and the speech and texts performed by the contemporaries’ politicians, especially the annual messages sent by the presidents of the Republic to the National Congress. In order to analyze the affordable data we use a support bibliography and the methodology developed by J.-B Duroselle, which consider the economic dimension, along with other ones, a deep force that influence the decision taken by the politician when they formulate and carry on the State’s policies. Considering the data analyzed, we support the idea that Brazil occupied an intermediated position in world economy, presenting great advances in imports substitution. However, the country suffered under a high external vulnerability, derived, overall, from the First Republic inefficient tax system and from the Washington Luis’s monetary policyUniversidade Estadual Paulista (Unesp)Bueno, Clodoaldo [UNESP]Universidade Estadual Paulista (Unesp)Martins, Adelino [UNESP]2014-06-11T19:26:37Z2014-06-11T19:26:37Z2009-12-08info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis236 f. : il.application/pdfMARTINS, Adelino. Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920. 2009. 236 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2009.http://hdl.handle.net/11449/93381000606029martins_a_me_assis.pdf33004048018P57177570303844439Alephreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESPporinfo:eu-repo/semantics/openAccess2024-06-17T13:05:38Zoai:repositorio.unesp.br:11449/93381Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462024-06-17T13:05:38Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
title Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
spellingShingle Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
Martins, Adelino [UNESP]
Política econômica
Ecnomia mundial
title_short Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
title_full Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
title_fullStr Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
title_full_unstemmed Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
title_sort Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920
author Martins, Adelino [UNESP]
author_facet Martins, Adelino [UNESP]
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Bueno, Clodoaldo [UNESP]
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Martins, Adelino [UNESP]
dc.subject.por.fl_str_mv Política econômica
Ecnomia mundial
topic Política econômica
Ecnomia mundial
description Esta dissertação apresenta os resultados obtidos na pesquisa sobre a inserção econômica do Brasil na economia mundial nos anos 1920. O objetivo central é relacionar as restrições e oportunidades apresentadas pelo funcionamento do sistema econômico internacional com a estrutura da economia brasileira e as escolhas efetuadas pelos estadistas brasileiros em matéria de política econômica e política externa. O período de análise se estende de 1919 a 1929 em razão de o período estruturar-se em uma unidade, tanto do ponto de vista da economia mundial quanto da economia brasileira. As fontes primárias utilizadas são as Estatísticas publicadas pela Liga das Nações, as Séries Estatísticas Retrospectivas do IBGE e os discursos e textos produzidos por políticos da época, especialmente as mensagens anuais enviadas pelos presidentes da República ao congresso nacional. Para a análise dos dados empregou-se, além da bibliografia de apoio, a metodologia, derivada de J.-B. Duroselle, segundo a qual a dimensão econômica, entre outras, atua como força profunda que influencia as decisões dos Homens de Estado na formulação e na condução das políticas de Estado. Diante da documentação analisada defende-se que o Brasil ocupou posição intermediária na economia internacional, com avanços na substituição de importações. Porém, o país sofreu com alta vulnerabilidade externa, derivada, sobretudo, da ineficiência do arranjo fiscal na Primeira República a da política monetária praticada no governo Washington Luís
publishDate 2009
dc.date.none.fl_str_mv 2009-12-08
2014-06-11T19:26:37Z
2014-06-11T19:26:37Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv MARTINS, Adelino. Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920. 2009. 236 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2009.
http://hdl.handle.net/11449/93381
000606029
martins_a_me_assis.pdf
33004048018P5
7177570303844439
identifier_str_mv MARTINS, Adelino. Inserção econômica intermediária e vulnerabilidade externa no Brasil dos anos 1920. 2009. 236 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2009.
000606029
martins_a_me_assis.pdf
33004048018P5
7177570303844439
url http://hdl.handle.net/11449/93381
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv 236 f. : il.
application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv Aleph
reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1803649346848161792